Os Vigaristas

Piadas de Amigos

Cuidado Com a Lei Seca

Duas noites atrás fui tomar uma cerveja e fumar erva com alguns amigos. Depois de algumas horas bebendo e fumando, tropecei sozinho e deixei o copo cheio cair no chão. Nesse momento tive a certeza que meu estado de sobriedade já havia desaparecido fazia tempo.

Sabendo da fiscalização da Lei Seca, decidi deixar meu carro lá mesmo e voltar pra casa de táxi. Pra minha sorte, umas duas quadras depois tinha uma operação de fiscalização, mas como era um táxi, eles só sinalizaram para seguir. Surpreendentemente cheguei em casa são e salvo.

Foi a primeira vez que eu dirigi um táxi, só não consigo lembrar até agora quando é que eu roubei aquele.

2.5
106 votos

Namorada Ofendida

Dois amigos se encontram no boteco:

— Por que você terminou seu namoro com a Sandrinha?

— Ela se ofendeu, porque eu falei que a meia dela estava toda amassada, amarrotada... — responde o sujeito, inconformado — Eu sou mesmo uma besta!

— Mas isso não é motivo para ela se ofender! — tenta consolar o amigo.

— É, sim! Ela estava sem meia.

Por WILSON(BERNADÃO)
3.5
68 votos

Indignado com a Desonestidade

Dois amigos estavam em um bar conversando sobre a vida. Até que um deles começou a se queixar:

— Ouça bem o que eu vou dizer, Pedro. Estou indignado com essa sociedade. Que lugar é esse em que vivemos? Onde esse mundo vai parar? Não se pode mais confiar em ninguém!

O amigo, percebendo que algo estava errado, perguntou:

— O que foi, cara? Por que tanta revolta ?

— Hoje de manhã me passaram uma nota falsa de 100 reais. Você acredita em uma coisa dessas?

— Sério, rapaz? E era idêntica à original mesmo? Deixa eu ver!

— Ficou maluco? Já passei prá frente!

Por WILSON (BERNADÃO)
2.5
37 votos

O Religioso e o Mentiroso

Dois amigos, um religioso e outro com fama de mentiroso se encontram depois de vários anos.

— E aí amigão? Há quanto tempo, hein? O que você tem feito da vida?

— Como sempre, ando me dedicando à vida de religioso, estudando muiito, incluvise, estive no Vaticano no mês passado.

— Vaticano, né? Ah, sim muito bom!

— Você conhece o Vaticano?

— Sim... claro, eu fui visitá-lo quando eu estive na Austrália.

— Austrália? Mas o Vaticano é um estado independente dentro a Itália.

— Pois é... ele fez tanto sucesso por lá, que fizeram um na Austrália também.

Por WILSON (BERNADÃO)
3
25 votos

Deslocamento de Órgão

Encontram-se dois amigos. Um diz pro outro:

— Você está com aspecto horrível! Você está doente?

— Sim, estive no médico e ele diagnosticou deslocamento de órgão.

— Deslocamento de órgão? Nunca escutei falar. O que é isso?

— Meu fígado foi pro caralho!

Dia Sem Sorte

Durante a festa de seu casamento, o jovem noivo nota que seu melhor amigo está muito triste. Sem entender o motivo, ele se aproxima dele com um copo de vinho na mão e diz:

— Beba isso. Dizem que o copo do noivo dá sorte!

O amigo levanta a cabeça e sorri de canto.

— Obrigado, mas a sorte não está do meu lado...

Sem saber o que dizer, o noivo tenta animar o amigo:

— Por falar nisso, você já beijou a noiva?

Triste, ele responde:

— Não, hoje não.

Eu Tinha Tudo

Dois amigos se encontram em um bar. Após algumas cervejas, um deles começa a chorar desesperadamente. Preocupado, o outro pergunta:

— O que aconteceu? Está tudo bem?

O sujeito tenta se acalmar e responde:

— Eu tinha tudo, sabe? Estava com dinheiro, uma casa bonita, um carro extraordinário, o amor de uma linda mulher... Era tão feliz! De um dia para o outro, tudo se acabou. Não tenho mais nada!

— Mas o que aconteceu? — pergunta o amigo.

— Minha mulher descobriu tudo e pediu o divórcio.

Mulherada Sempre Atrás

Dois colegas de trabalho estão comentando sobre seus relacionamentos.

— Eu ando muito sozinho, quero achar uma mulher legal...

— Pois é, João. A situação anda difícil prá todo mundo.

— As coisas eram mais fáceis antes, quando éramos jovens. Quando eu era mais novo, a mulherada vivia atrás de mim!

Surpreso, o sujeito pergunta:

— Sério? Você era o garanhão da escola? Não acredito! Explica isso direito...

Ele responde:

— Não é que eu era garanhão...

— Ah, deixa disso! Não seja humilde.

— A verdade é que eu era ladrão de bolsas.

Virei Escritor

Dois amigos de infância se encontram na fila do banco:

— Nicolau! Há quanto tempo!

— É mesmo cara... Desde o ginásio... Já faz uns dez anos que eu não te vejo!

— E aí, o que tem feito na via?

— Ah, eu virei escritor...

— Sério? Que legal! Lembro que você adorova as aulas de redação... E tirava boas notas!

— Exatamenete. Agora estou vivendo da escrita.

— E ai, já vendeu alguma coisa?

— Já... Até agora vendi a TV, o som, o telefone... Inclusive, quer comprar um Chevette 78?

Momento de Separação

Em um jantar com o seu melhor amigo, após algumas garrafas de cerveja, Antônio declara:

— Sabe, Neto? Descobri uns lances estranhos e acabei com tudo. Estou na fase de divisão dos bens. Separação é algo difícil.

Sem saber o que falar, Neto responde:

— Pô, que complicado, eu sinto muito...

— Agora, vou organizar minha vida sozinho e de forma diferente.

Vendo a decisão do amigo, Neto diz:

— Mas, Antônio, sabe de uma coisa? Foi bem melhor mesmo. Sua mulher estava traindo você com vários homens...

Irritado, Antônio interrompe:

— Neto, eu me separei do meu sócio!

Dica Para Dor de Cabeça

Um cara estava com dor de cabeça quando um amigo pergunta:

— O que aconteceu pra você estar com essa cara?

— Não, é que eu tô com uma dor de cabeça violenta...

— Rapaz, isso é fácil de resolver! Pega um copo d'água e coloca 5 colheres de açúcar.

— Isso resolve?

— Olha, se resolve eu não sei, mas a água fica dociiiiiiinha!

Por Lukinhas
3
13 votos

Quadros Realistas

Um amigo conta para o outro:

— Na minha casa tem um quadro de um cacho de uvas tão bem pintado, que os pássaros chegam a vir bicá-lo.

— Pois eu tenho um melhor, representa um cão tão perfeito, que as autoridades me obrigaram a vaciná-lo.

Por _JP_passos_
3
6 votos

Sem o Dente da Frente

Junim resolve acompanhar seu primo numa determinada festa. Chegando lá um amigo provoca:

— Qual é Junim vai ficar ai parado? Convida a moça pra dançar.

— Tô com vergonha.

— Vergonha de que rapaz?

— Tô sem o dente da frente.

— Faz o seguinte coloca o dedo bem na frente do dente que ta faltando e com a outra mão chame a pra dançar.

— Ok!

Junim chega pra moça com o dedo na frente do dente que falta e com a outra mão convida ela pra dançar:

— Vamos dançar?

E a moça também envergonhada ao sorrir colocou os cinco dedos na frente dos dentes e disse:

— Vamos!

Por eleniseas
3.5
7 votos

Eco da Caverna

Dois amigos conversam:

— Vamos ali ver uma caverna com eco, ela repete o que você diz perfeitamente.

E os dois amigos foram praa caverna. Chegando lá um deles experimentou:

— Mulher!

E a caverna ecoa:

— Mulher, mulher...

— Carro!

E a caverna ecoa:

— Carro, carro...

O segundo amigo então resolveu experimentar, e disse:

— Inconstitucionalissimamente!

E a caverna ecoa:

— Poderia repetir, poderia repetir...

Por c
4
11 votos

Nomes Complicados

Joseph Zlokowick e Joseph Ziemkieczy emigraram para o Brasil e resolveram abrir um escritório de importação. Registraram a firma como Zlokowick & Ziemkieczy. Os negócios começaram a prosperar, mas havia um pequeno inconveniente: os nomes da firma e dos donos eram muito difíceis de pronunciar. Cada vez que um cliente telefonava ou ia ao escritório era um problema e o cliente terminava procurando simplesmente pelo dono.

Um dia, os dois sócios resolveram mudar o nome da firma e Zlokowick sugeriu que usassem um nome comum no país, assim ficaria mais fácil para todo mundo. E decidiram pelo nome José & Ziemkieczy. Foram até a Junta Comercial e o nome da firma foi alterado. Mandaram pintar o novo nome na fachada do prédio e ficaram satisfeitos com a alteração.

A partir daí, todo cliente só procurava por José e o Ziemkieczy começou a sentir-se meio escanteado. Mais uma vez os dois sócios resolveram alterar a razão social de modo que o nome ficasse ainda mais fácil. Decidiram pelo nome José & José. Fizeram a alteração da razão social e mandaram pintar o novo nome da
fachada.

E chegou o primeiro cliente depois dessa última mudança de nome:

— O José está? — perguntou o cliente.

— Qual deles? — perguntaram em coro os sócios. — Zlokowick ou Ziemkieczy?

Quatro Programadores

Quatro programadores de informática se encontram em horário de almoço e um deles comenta:

— Pessoal, ontem eu vi uma morena... Vocês nem vão acreditar!

— Uau... — Animaram-se os amigos.

— Linda! Com uns pernões dessa grossura... Olhos azuis, seios lindos... Uma beleza!

— Uau! — Repetiram eles.

— Começamos a conversar... Papo vai, papo vem... Ela aceitou ir para o meu apartamento!

— Uau!

— Bebemos um pouco de vinho, nos beijamos e o clima começou a esquentar...

— Uau!

— E a parte mais incrível: Ela virou pra mim e disse "Quero te sentir dentro de mim agora!"

— Uauuuuuu!

— Então eu tirei a minha roupa e comecei a despir aquele mulherão! Primeiro a blusa, depois o sutiã, que eu joguei em cima do teclado do meu micro novo e depois...

— Opa! — Interrompeu um dos amigos — Você comprou um micro novo? Qual o processador?

Não Tinha Morrido

Um homem encontra um velho conhecido e diz-lhe:

— É estranho, disseram-me que tinhas morrido!.

O outro responde:

— Olha, como vês estou vivo e bem vivo.

Mas o primeiro argumenta:

— Desculpa lá, mas a pessoa que me contou que estavas morto é de muito mais confiança que tu!

Quantidade de Faltas

Após a confirmação da apresentação da banda para o final do mês, todos os músicos foram convocados para os ensaios diários. Logo nos primeiros dias, o líder do grupo começou a ficar preocupado com o grande índice de ausência dos músicos. O guitarrista não veio no primeiro dia. No dia seguinte, o baixista faltou. E assim, a cada dia faltava pelo menos um músico: o trompetista, depois o saxofonista e o líder ficava cada vez mais preocupado. Mas ele observou que o baterista não faltava uma só vez.

O ensaio geral foi na véspera do grande dia e o líder falou de sua preocupação em relação ao grande índice de faltas. Ele só via mesmo com senso de responsabilidade o baterista, que não havia faltado uma única vez e que agradecia a ele por sua presença constante.

— Era o mínimo que eu podia fazer — disse o baterista. — Afinal de contas, amanhã eu não vou poder vir tocar.

Gosto por Roupas Íntimas

Na mesa de um bar, um grupo de amigos bebem e conversam.

— Eu acho essa história de roupa íntima uma coisa muito séria — diz um deles.

— Eu, por exemplo, adoro as calcinhas que minha minha mulher usa. Elas são lindas e dão um tesão!

— É verdade — fala um dos amigos. — E aquela preta rendada então...

A Mulher do Amigo

Dois amigos num bar, depois de alguns copos, conversam:

— Se por exemplo, eu comesse a tua mulher, continuaríamos amigos?

— Não!

— Bem, mas ficaríamos companheiros, não?

— Não

— Hum... Ficaríamos inimigos?

— Não

— Deixaríamos de nos falar, é assim?

— Não!

— Pô, cacete! Então ficaríamos como?

— Quites! Ficaríamos quites!

Passeio no Iate

Paulo entra no barzinho e encontra Mauricinho sentado no balcão todo sorridente.

— Mauricinho, por que você está contente desse jeito?

— Tenho que te contar tudo, cara. Ontem estava na praia encerando meu iate, só dando um trato, quando chegou uma menina linda e me falou:

— Me leva pra passear no teu iate?

— Claro que sim!

— E quando estávamos em alto mar, desliguei o motor e falei pra ela: Pode escolhe: transar comigo ou nadar até a praia. E a menina não sabia nadar! Ela não sabia nadar!

No dia seguinte Paulo volta ao mesmo barzinho e lá está Mauricinho, com um sorriso ainda maior que o da noite anterior.

— E hoje, por que você está tão contente, Mauricinho?

— Paulo, você não vai acreditar! Hoje pela manhã estava no cais acabando de encerar meu iate, quando chegou uma linda morena e me falou:

— Você pode me leva pra passear no teu iate?

— Mas é claro!

— Chegando em alto mar, desliguei o motor e falei: Você pode escolher: transar comigo ou volta nadando! E ela não sabia nadar Paulo, não sabia nadar!

Alguns dias depois Paulo entra outra vez no barzinho, Mauricinho está no balcão praticamente chorando sobre um uísque.

— O que houve Mauricinho? Por que está acabado desse jeito?

— Vou te contar Paulo, não dá para esconder. Ontem estava na praia encerando o iate, aí, aparece uma loira fenomenal, alta, bem alta, linda, corpão, sensual, sexy, e... falou:

— Oi. Que tal se você me levar pra passear no teu iate?

— Meu amor, na hora que você quiser!

De novo, fomos para alto mar, desliguei o motor e, conforme de costume, falei: Querida, você escolhe: transa comigo ou vai ter que nadar até a praia!

— A loiraça tirou a parte de cima do biquíni. Paulo, ela tinha seios enormes! Perfeitos! Depois tirou pequena saia... depois tirou a calcinha do biquíni... E... Paulo... Paulo...

— Fala logo, Mauricinho!

— A loira era um cara! Paulo... Um homem grandão com um bilau enooorme, muito grande, Paulo!... E eu, Paulo... eu não sei nadar, Paulo! Não sei nadar!

Serviço de Emergências

Dois caçadores estão no bosque quando um deles desmaia. Não parece estar respirando e seus olhos estão vidrados. O outro homem pega o telefone e chama o serviço de emergências. Quando o operador atende, o caçador fala:

— Meu amigo está morto! o que posso fazer?

O operador, com um tom de voz calmo e suave, responde:

— Fique calmo, eu posso ajudar. Primeiro, vamos nos assegurar que ele está mesmo morto.

Fica um silêncio e logo se ouve um disparo.

De volta ao telefone, o caçador diz:

— E, agora, o que fazemos?