Piadas de Mulher

Ordernar por:

Fui ao supermercado, vi uma moça bonita e logo perguntei:

- Você vem sempre aqui?

Ela disse:

- Só às quartas e quando há rapazes bonitos.

Eu todo feliz, perguntei:

- Você está dizendo que sou bonito?

Ela respondeu:

- Não. Hoje é quarta...

81
-24
105

Um homem disca o número errado e uma garota atende. Depois de ouvir a voz, ele sente que ela é linda, então começa a conversar, perguntando de onde ela é, e sugere um encontro, já que ela vive perto dele.

- Onde você quer encontrar?

- Vamos nos encontrar naquela casa de sucos a poucos quarteirões daqui.

- Eu estou livre às 18:00. Mas como poderei te reconhecer?

- Eu vou estar segurando um copo de suco de manga. E como vou reconhecê-la?

- Ah, eu vou estar usando um vestido vermelho e vou levar um guarda-chuva azul.

O homem corre para o local suco poucos minutos antes das 18 e pede ao atendente um copo de suco de manga.

- Oh, sinto muito senhor, estamos hoje sem suco de manga.

- O quê? Você tem algum na cor laranja? Suco de laranja? Alguma coisa?

- Não, hoje apenas limonada.

Então, o homem segura a limonada e espera até às 18 na esperança de que ele vai reconhecer a garota. É 18:00 e agora a garota entra com o vestido vermelho e um guarda-chuva azul. No entanto, o homem percebe que ela é extremamente feia. Ele pensa consigo mesmo: "Graças a Deus eles não tem a merda do suco de manga."

A menina ainda caminha até ele.

- Você não é o homem com que eu vou me encontrar?

- Desculpe-me?

- Você é o cara do telefone.

- Me desculpe, eu não tenho nenhuma ideia do que você está falando.

- Não! Você é o cara! Eu reconheço a sua voz!

- Você deve estar me confundido com outra pessoa. Eu não sou esse cara.

- Sim, você é, eu disse que iria encontrá-lo aqui com um vestido vermelho e segurando um guarda-chuva azul.

- Por favor, pare, eu não sei sobre nada que você está dizendo.

- Olha, eu sei que é você! Por que você está dizendo que não é?

- Puta que pariu! Qual é o problema com você mulher! Isto se parece com suco de manga para você?

93
70
23

— Doutor, eu tenho um problema que me deixa muito constrangida e, por isso, desejo fazer uma operação plástica...

— O que é?

— Tenho os lábios vaginais muito grandes e morro de vergonha.

— Deixe-me examiná-la! Huuummm... bem... acho que, realmente, seria conveniente operar.

— Mas, por favor, Doutor, eu quero sigilo absoluto. Isto é muito constrangedor!

Depois da operação, a paciente acorda da anestesia e vê ao seu lado, na cama três bonitas rosas vermelhas. Furiosa, ela telefona para o cirurgião:

— Pô, Doutor! Eu lhe pedi sigilo absoluto! Ao acordar, já me deparo com três rosas... O senhor contou para alguém?!

— Não, senhora! A primeira rosa fui eu quem deu, em agradecimento por me escolher como cirurgião; a segunda rosa, quem a ofereceu foi a enfermeira que me acompanhou na operação e simpatizou muito com a senhora..

— E a terceira?...

— Foi de um rapaz que estava internado no Setor de Queimados, em agradecimento pelo par de orelhas novas que lhe foram implantadas!

59
24
35

Uma mulher foi levada às pressas para a UTI de um Hospital. Lá chegando, teve uma experiência de quase-morte. E, neste estado, encontrou-se com Deus: -

— O que é isso? — perguntou ao Criador. — Eu morri?

— Não, pelos meus cálculos, você morrerá daqui a 43 anos, 8 meses, 9 dias e 16 horas — respondeu o Eterno.

Ao voltar a si, sabendo quanto tempo ainda tinha de vida, resolveu fazer uma lipoaspiração, uma plástica de restauração dos seios, plástica no rosto, no nariz, na barriga, tirou todos os excessos, ficando linda, jovial, e teve alta uma semana depois.

No dia seguinte, ao atravessar uma rua, veio um veículo em alta velocidade e a atropelou, matando-a na hora. Ao encontrar-se de novo com Deus, ela perguntou:

— Puxa, Senhor Deus, eu achei que tinha mais 43 anos de vida. Por que morri logo depois de toda aquela despesa com cirurgias plásticas?

E Deus, aproximando-se dela e olhando-a diretamente nos olhos, respondeu:

— Juro que não te reconheci.

39
9
30

A Revendedora Avon foi entregar seus produtos a uma cliente. No elevador, entre um andar e outro, sentiu uma necessidade horrível de soltar um. Como estava sozinha, soltou o danado:

— Pfffffff... Que alívio!

Mal terminou, o elevador diminuiu a velocidade e parou num andar. Rapidamente, ela pegou na bolsa o spray "Avon Aroma de Pinho" e borrifou todo o elevador. A porta se abriu e entrou um sujeito, que fez uma cara feia e perguntou:

— Que diabo de cheiro é esse?

A mulher, com cara de inocência, disse:

— Não sei, senhor. Não sinto cheiro algum. Que cheiro o senhor está sentindo?

Ele:

— Não sei bem... É como se alguém tivesse cagado na floresta...

73
46
27

Minha vizinha maravilhosa bate na porta. Logo que abro ela me diz:

— Escuta, cheguei agora, estou com uma vontade louca de me divertir, de me embebedar, de trepar a noite toda… Você está ocupado esta noite?

Respondo rápido:

— Não!

E a vizinha estonteante como sempre:

— Então pode ficar com o meu cachorro?

61
45
16

Em um bairro de classe média de Pindamonhangaba, haviam três vizinhas que sempre penduravam as roupas no mesmo varal, nos fundos de suas casas: Sofia, Júlia e Cláudia. Todas as vezes que chovia, Sofia e Júlia tinham que correr para pegar as roupas e, mesmo assim, elas já estavam completamente ensopadas.

— Assim não dá! — resmungou Sofia para Júlia, certa vez — Como será que a Cláudia faz pra saber quando vai chover? Ela nunca põe as roupas pra secar quando chove!

— Eu estou ouvindo tudo! — advertiu Cláudia, saindo de sua casa — Vocês querem mesmo saber como faço pra saber quando vai chover? Pois eu vou contar! Eu e meu marido dormimos completamente nus e, assim que eu acordo, olho pro pênis dele. Se estiver pro lado esquerdo, não vai chover! Então eu estendo as roupas tranquilamente. Agora, se o danado estiver pro lado direito, é chuva na certa! Aí eu deixo pra estender as roupas no dia seguinte!

— Tá brincaaaaaando! — exclamou Sofia, de boca aberta — Mas pera um pouco! E se o pinto dele estiver pra cima?

— Ah, vocês acham que eu vou lavar roupa num dia desses?

25
18
7

Uma mulher mal-encarada, antipática e muito, muito feia entra nas Lojas Calombo com duas crianças. O gerente da loja, querendo ser gentil, pergunta-lhe:

— São gêmeos?

A mulher, fazendo uma careta, que faz com que fique ainda mais feia, diz:

— Não, paspalho! O mais velho tem 9 e o mais novo tem 7 anos. Por quê? Você, realmente, acha eles parecidos, seu idiota?

— Não... — diz o gerente — Eu só não pude acreditar que a senhora, feia desse jeito foi comida duas vezes!

45
35
10

A garota chega do colégio em petição de miséria
.
— Meu Deus! — exclamou a mãe. — O que houve com você, minha filha?

E a menina:

— Foi um tarado mãe... ele me pegou e me arrastou para o mato!

— Pobrezinha... e olha o seu vestidinho... todo rasgado!

— Pois é, mãe, nem deu tempo de eu tirar!

22
12
10

Uma repórter de um programa feminino de televisão entrevista a dona Manuela:

— A senhora pode contar aos nossos telespectadores quais são as atividades de uma típica dona de casa deste bairro?

— Sim... de manhã, levo os pequenos ao colégio. Depois, tenho três horas de sexualidade... Depois, meu marido e filhos chegam pro almoço... Ele volta pro trabalho e as crianças vão fazer os deveres... então, tenho mais algumas horas de sexualidade até à noite, quando jantamos e vamos todos pra cama!

— Minha nossa! Desculpe, mas a senhora pode explicar para nós em que consiste essa sexualidade?

— Ah... é fazer tudo que é foda: varrer, passar pano no chão, lavar e passar a roupa, arear as panelas, limpar os vidros!

23
11
12

Após a partida de futebol, os jogadores vão para o banheiro. Tem muita gente esperando pra tomar banho e é aquela confusão. Um dos jogadores está apressado e resolve ir tomar banho no banheiro das mulheres que parece estar desocupado. Chega lá, confirma que não tem nenhuma mulher e entra no boxe. Ele termina o banho e vai saindo do boxe se enxugando com a toalha sobre o rosto. Ele sai do jeito que estava tomando banho: nu. Enquanto ele está com a toalha sobre a cabeça, enxugando o cabelo e o rosto, quatro mulheres entram no banheiro e ele não percebe nada. As mulheres ficam surpresas com aquela intrusão e conversam bem baixinho:

— Quem é esse aí? — diz a primeira.

— Teu marido não é — diz a segunda.

— É verdade. — diz a terceira. — Nem o teu.

— Nem sócio do clube ele é! — diz a quarta.

14
-9
23

A mulher vai a um curandeiro, com um grave problema de hemorroidas.

— A senhora faz o seguinte — explica o curandeiro. — Pega um anel de ouro, esfrega numa lixa e passa o pozinho sobre as hemorroidas...

— Mas isso vai me curar? — pergunta ela, cética.

— Se vai curar eu não sei, mas o seu cu vai ficar uma joia!

11
0
11

Um empresário de sucesso chega para a sua esposa, que é psicóloga, e diz:

— Querida, recebi uma intimação da Receita Federal. Caí na malha fina!

Você acha que devo comparecer à audiência com o fiscal, de jeans para parecer mais simples e informal, ou de terno e gravata, para passar uma imagem de seriedade?

— Querido, vou dizer a mesma coisa que minha mãe me disse quando perguntei a ela se, na noite de núpcias, devia usar calcinha de renda ou de seda.

— E o que foi que sua mãe disse?

— Tanto faz! Ele vai te foder de qualquer jeito mesmo.

26
18
8

Um homem ia pela estrada em seu conversível importado quando uma morena deliciosa pediu carona. Conversa vai, conversa vem, pouco depois já estavam íntimos. Porém, numa curva, estoura um pneu, o carro se descontrola e sai da estrada. Chega a polícia rodoviária, um guarda se aproxima e encontra o homem chorando, desesperado, agarrado ao volante.

— Calma, amigo. Não precisa chorar assim. Não aconteceu nada à moça. Quando o carro saiu da estrada, ela foi jogada fora e caiu num monte de palha. Só desmaiou.

— Eu sei, eu sei — soluça o homem. — Mas você viu o que foi que ficou na mão dela?

20
9
11

Um dia, uma dona de casa buscava gravetos para o fogão a lenha para fazer o almoço para sua família.

Cortando o galho de uma árvore tombada, seu machado caiu no rio. A mulher suplicou a Deus que lhe ajudasse. Ele apareceu e perguntou:

— Por que você está chorando?

A mulher respondeu que seu machado havia caído no rio. E Deus entrou no rio, de onde tirou um machado com cabo de ouro, e perguntou:

— É este seu machado?

A nobre mulher respondeu:

— Não, Deus, não é esse.

Deus entrou novamente no rio e tirou um machado com cabo de prata:

— É este o seu?

— Também não, respondeu a dona de casa.

Deus voltou ao rio e tirou um machado com cabo de madeira, e perguntou:

— É este teu machado?

— Sim, respondeu a nobilíssima mulher.

Deus estava contente com a sinceridade da mulher, e mandou-a de volta para casa, dando-lhe os três machados de presente.

Um dia, a mulher e seu amantíssimo marido estavam passeando no campo quando ele tropeçou e caiu no rio. A infeliz mulher, então, suplicou a Deus por ajuda.

Ele apareceu e perguntou:

— Mulher, por que você está chorando?

A mulher respondeu que seu esposo caíra no rio. Imediatamente Deus mergulhou e tirou o Rodrigo Santoro, e perguntou:

— É este seu marido?

— Sim, sim, respondeu a mulher.

E Deus se enfureceu.

— Mulher mentirosa! — exclamou.

Mas a mulher rapidamente se explicou:

— Deus, perdoe, foi um mal-entendido. Se eu dissesse que não, então o Senhor tiraria o Gianecchini do rio; depois, se eu dissesse que não era ele, o Senhor tiraria meu marido; e quando eu dissesse que sim, era ele, o Senhor mandaria eu ficar com os três. Mas eu sou uma humilde mulher, e não poderia cometer poligamia... Só por isso eu disse "sim" para o primeiro deles.

E Deus achou justo, e lhe perdoou.

Moral da história: Às vezes a mulher mente de um jeito, que até Deus acredita...

20
9
11

Duas mulheres estavam jogando golfe numa manhã de sábado. Uma delas errou a tacada e atingiu um jogador próximo. Quando a bola atingiu o homem, ele imediatamente, juntou suas mãos entre as pernas e ajoelhou-se gemendo de dor. A mulher então correu até o local e pediu desculpas, explicando que era fisioterapeuta.

— Por favor, deixe-me ajudá-lo. Sou fisioterapeuta e sei como aliviar a dor que está sentindo! Posso fazê-lo sentir-se melhor se você deixar!

— Ummph... oooooh... não, não precisa, já vai passar. Ficarei bem em alguns minutos. — disse o cara, quase sem poder respirar, continuando em posição fetal, com as mãos entre as pernas.

Mas ela insistiu e ele finalmente permitiu que o ajudasse. Delicadamente, ela afastou as mãos do cara e deitou-o de lado, abrindo sua calça. Colocou a mão por dentro e iniciou uma massagem. Após alguns minutos, ela pergunta:

— Como está? Está gostoso?

Ele responde:

— Gostoso? Hummm. Está fantástico, e até meu dedo parou de doer.

42
38
4