Piadas de Padres

O padre estava pregando na praça, então chegou o Joãozinho e perguntou para ele:

- O que o senhor está fazendo?

E o padre:

- Estou pregando, meu filho!

- Então o senhor é um carpinteiro, né? Mas cadê os pregos?

- Você nunca viu um padre não, menino?

- De graça, não.

- Você está me achando com cara de palhaço?

- Não, mas só falta o nariz vermelho!

O padre então pegou o menino pelo braço e falou:

- Como você se chama?

E o Joãozinho respondeu:

- Eu não me chamo, os outros que me chamam de Joãozinho!

216
-45
261

O bêbado acaba de ter um filho e resolve batizá-lo. Chegando na igreja o padre pergunta:

- Em que posso ajudar?

- Senhor padre, quero que o senhor batize meu filho.

- E qual vai ser o nome dele?

- Mingal - responde o bêbado.

O padre fala:

- Mas por que esse nome nessa criança tão linda?

E o bêbado responde:

- Olha quem fala... O nome do seu chefe é Papa!

227
-48
275

Na missa estava na hora da entrega da hóstia. No altar o padre dizia.

- Corpo de Cristo?

- Amém - diziam o católico.

- Corpo de Cristo? - disse o padre.

- Amém - disse o católico

Quando de repente chega um mulher muito linda, elegante e cheirosa, disse o padre.

- Cristo, que corpo!

139
-197
336

Um bêbado entra na igreja na hora da missa e senta. O padre fica incomodado com ele e então fala para todos:

- A bebida é um vicio horrível, um bêbado jamais conseguira a salvação. Se algum de nos estiver bêbado, que fique de pé?

Então o bêbado se levanta, olha todos sentados, então ele fala:

- Então, seu padre, somos só nos dois mesmo!

416
306
110

Tarde da noite, o padre passa perto dum cemitério e leva o maior susto quando escuta:

- Hum, hum, hum!

O padre para, reza um Pai Nosso, faz o sinal da cruz, enche-se de coragem e pergunta:

- Do que é que essa pobre alma está precisando?

- Papel higiênico!

251
79
172

Numa cidade do interior, um casal estava esperando o nascimento do primeiro filho. No dia do parto, tudo ia conforme a rotina, chamaram a parteira, rompe-se a bolsa d'água, mas nada de bebê. Só vento!

E quando a noticia correu, nasceu foi o apelido para o infeliz: "O pai do vento" era o que mais se ouvia quando ele aparecia em algum lugar. O padre local, ao saber que o rapaz comprou uma arma e estava ameaçando os engraçadinhos, mandou chamá-lo e deu-lhe um sermão:

- Meu filho, o povo esquece, não faça uma loucura.

O sujeito concorda e promete guardar a arma. Mas logo depois dele deixar a igreja, o padre escuta dois tiros em frente a igreja. Ao abrir a porta, se depara com o rapaz, com o revolver na mão, e um sujeito caído, esvaindo-se em sangue, ao lado de um fusca, ainda com a porta aberta.

- O que houve, meu filho?

- Seu padre, me chamar de pai do vento, ainda vai. Agora, pedir para eu arriar as calças e encher os pneus do carro já é demais!

136
50
86

Em uma pequena cidade o padre já cansado de ouvir tanto casos de traição, decidiu criar um código para as mulheres, e quando elas dissessem que tinham "escorregado na calçada" ele já saberia que elas tinham traído os maridos. Esse código funcionou bem por vários anos e ficou conhecido por todos na cidade, porém um dia o padre da cidade foi substituído por um novo padre que não conhecia o código. Uma mulher que havia traído o marido vai então ao novo padre se confessar:

- Padre, dai-me a vossa benção, porque eu pequei. Ontem eu escorreguei na calçada.

O padre sem entender o código, disse:

- Minha filha, e quem te disse que escorregar na calçada é pecado? Vá com Deus e não se preocupe, porque isso não é pecado.

No mesmo dia aparece outra mulher e conta a mesma história:

- Me perdoe, padre, porque eu escorreguei na calçada.

O padre explica pra ela que aquilo não era pecado, mas a história continua a se repetir nos dias seguintes. Decidido a resolver o problema o padre chama o prefeito para uma conversa.

- Senhor prefeito, as calçadas dessa cidade precisam urgentemente de reformas. Várias mulheres dessa cidade já me contaram que escorregaram nas calçadas.

O prefeito da cidade que já conhecia o código começou a rir da história, mas foi interrompido pelo padre:

- O assunto não é motivo de risadas, senhor prefeito, a sua mulher por exemplo já escorregou duas vezes na última semana.

174
125
49

O bêbado entra na igreja, vai até o confessionário de diz:

- Seu pa... pa... padre, eu vim me confessar!

- Meu filho, uma pessoa bêbada não pode participar do sacramento da confissão - explica o padre.

E o bêbado responde:

- Seu pa... pa... padre, então o senhor vá pra casa, tome um banho frio, descanse, cure a sua ressaca e amanhã volte aqui, que eu vou me confessar.

127
-128
255

Um pai de família passando por sérias dificuldades, que morava numa casinha muito pequena e com muitos filhos, foi pedir ajuda ao pároco da sua cidade. Após escutar seu drama, o padre lhe deu um bode com a recomendação de que, durante uma semana, o homem mantivesse o mesmo na sua sala. Após este prazo, o pobre coitado deveria então retornar a igreja. Passada uma semana, o cidadão retornou.

O padre perguntou:

- E então? As coisas melhoraram?

- Não, seu padre. Não melhorou nada… O bode está nos atrapalhando bastante.

- Então, devolva o bode e volte daqui a uma semana. Disse o padre.

O sujeito devolveu o bode e uma semana depois retornou.

Novamente o padre perguntou:

- E então? As coisas melhoraram?

- Agora sim, seu padre, a minha vida nunca foi tão maravilhosa. Sem o bode a gente tem espaço na sala e não tem mais aquele mau cheiro.

E lá foi o feliz homem de volta à sua casa, agradecido a Deus pela vida que levava.

147
-35
182

Esta lá o padre italiano, ofertando a hóstia para os seus fieis. Cada um que recebe a hóstia, o padre diz:

- Corpo de Dio ... Corpo de Dio ... Corpo de Dio...

Até que passa uma mulher linda de morrer, gostosa pacas. O padre entrega a hóstia a ela e diz:

- Dio que corpo!

101
-54
155

O sujeito está no hospital à beira da morte, cheio de tubos para mantê-lo em vida o máximo possível. A família chama o padre para dar-lhe os ritos finais. Quando o padre senta à cabeceira do moribundo, o estado dele parece deteriorar rapidamente, e ele pede freneticamente com gestos algo para escrever. O padre lhe dá um bloquinho e uma caneta, e o doente escreve algo no bloco, e em seguida morre. O padre dá a extrema unção e guarda o bloquinho sem ler. No enterro, depois da cerimônia, o padre mexe no bolso e encontra o bloquinho, e se lembra de que o morto tinha escrito algo. Ele aproveita a presença de todos e diz:

- Nosso saudoso amigo ainda escreveu algo neste bloco antes de morrer. Suponho que todos gostariam de saber qual foi seu último pensamento.

E ele abre o bloco e lê em voz alta:

- Você está pisando no meu tubo de oxigênio!

477
312
165

Um pároco de uma igreja no interior de Minas tinha fama de ser bravo e de dar tiro se encontrasse ladroes roubando a igreja. Todo mundo temia o padre. Certo dia dois ladrõezinhos resolveram roubar o cofre da igreja, mesmo sabendo da fama do padre. Entraram bem devagarinho andando em ponta de pés e se enfiaram pelo altar, onde ficava o cofre. O padre, ouvindo barulho, foi ver o que estava acontecendo, já de espingarda na mão, pronto pra dar tiro.

- Quem está ai? Vou atirar, pode ir saindo de mãos pro alto.

- Não atira não, seu padre, que nóis e anjo, só visitando a igreja...

- Anjo? Deixa disso, pode ir saindo - se o seis são anjo, então avua!

- Nóis ainda num sabe avua, padre, nóis ainda e fiote.

256
-110
366