Piadas de Advogado

Na beira do cais, no Rio de Janeiro, estava uma maravilhosa loira gritando que iria se suicidar, até que apareceu um marinheiro que gritou:

— Moça, não faça isso com sua vida!

— Eu vou me jogar, a minha vida não presta — disse a loira, desesperada.

— Não! Você é linda e ainda tem muita vida pela frente! — dizia o marinheiro, tentando convencê-la — Olha, o meu navio está de partida para a Europa. Por que você não vem comigo, e depois pensa no que faz?

— Ah, não sei... — disse ela, indecisa, como toda boa loira.

— Se você chegar lá e ainda quiser se matar, pelo menos você conheceu a Europa!

— Ah, até que é uma boa ideia — disse ela, animando-se e acompanhando o marinheiro até um bote salva-vidas onde ela viajaria, clandestina.

O marinheiro ficou de trazer comida e água todas as noites pra ela. E assim foi durante mais de um mês. Ele trazia comida, água e como não resistia aos belos dotes da loira, aproveitava pra dar uma trepada.

Até que um dia o Capitão foi fazer uma inspeção nos botes e então se deparou com a linda loira, ficando boquiaberto:

— O que uma mulher como você faz por aqui?

E ela, sem outra saída, resolveu contar a verdade:

— Olha, eu estou aqui seguindo para a Europa porque um marinheiro me trouxe. Todas as noites ele me traz comida, água e nós damos uma trepada, e vai ser assim ate chegarmos à Europa. O senhor sabe se ainda falta muito?

— Olha moça, eu acho que ainda vai demorar um bocado — disse o Capitão — Esta é a barca que faz a travessia Rio-Niterói!

47
38
9

Antes que o senhor comece a contar o seu caso preciso que o senhor me pague, como sinal, a quantia de setecentos reais — diz o advogado para seu novo cliente.

O cara só tem trezentos reais, mas como está apavorado entrega o dinheiro.

— Por está importância, o senhor poderá fazer apenas duas perguntas. — diz o advogado.

— Cento e cinqüenta reais por pergunta? O senhor não acha que está me assaltando?

— Não, não acho não! Agora qual é a segunda pergunta?...

24
13
11

Um advogado estacionou seu BMW novo em folha na frente de seu escritório, pronto para mostrá-lo aos seus colegas. Logo que ele abriu a porta para sair, um caminhão passou raspando e arrancou completamente a porta. O advogado atordoado usou imediatamente o seu telefone celular, discou 190 e dentro de minutos um policial chegou. Antes que o policial tivesse uma oportunidade o advogado começou a gritar histericamente que o BMW, que ele tinha comprado no dia anterior, estava agora totalmente arruinado e nunca mais seria o mesmo. Por conta disso, iria processar o motorista, Deus e o mundo, fazer e acontecer. Afinal era doutor, etc…

Quando o advogado finalmente se acalmou, o policial agitou sua cabeça em desgosto e descrença e disse:

— Eu não posso acreditar no quão materialistas vocês advogados são. E disse mais:

— Vocês são tão focados em suas posses que não notam mais nada.

— Como você pode dizer tal coisa? O senhor tem noção do valor de um BMW? — pergunta o advogado.

O policial respondeu:

— O senhor não percebeu que perdeu seu braço esquerdo? Está faltando do cotovelo pra baixo. Ele deve ter sido arrancado quando o caminhão bateu no senhor.

— Puta que pariu! Cadê meu Rolex?

48
38
10

Viajavam descalços, na mesma fileira do avião, um advogado e dois engenheiros. O advogado, que viajava próximo ao corredor, levantou-se para ir ao banheiro, quando um dos engenheiros pediu que lhe trouxesse uma dose de whisky. Enquanto o advogado ia ao banheiro e a copa, o engenheiro cuspiu em seu sapato. Quando o advogado voltou, o segundo engenheiro também pediu que lhe trouxesse uma dose da bebida. Enquanto o advogado não voltava, o engenheiro cuspiu no outro pé do sapato.

Ao final da viagem, quando o advogado calçou seu sapato, os engenheiros começaram a rir, tendo o advogado dito:

— Já está na hora de pararmos com essa guerra entre profissões qual não leva a nada, com essas mesquinharias de cuspir no sapato, fazer xixi no whisky...

26
18
8

Um chefão da Máfia descobriu que seu contador havia desviado dez milhões de dólares do caixa. O contador era surdo-mudo. Por isto fora admitido, pois nada poderia ouvir e, em caso de um eventual processo, não poderia depor como testemunha.

Quando o chefão foi dar um arrocho nele sobre os 10 milhões, levou junto sua advogada, que sabia a linguagem de sinais dos surdos-mudos. O chefão perguntou ao contador:

— Onde estão os 10 milhões que você levou?

A advogada, usando a linguagem dos sinais, transmitiu a pergunta ao contador, que logo respondeu em sinais:

— Eu não sei do que vocês estão falando.

A advogada traduziu para o chefão:

— Ele disse não saber do que se trata.

O mafioso sacou uma pistola 45 e encostou-a na testa do contador, gritando:

— Pergunte a ele de novo.

A advogada, sinalizando, disse ao infeliz:

— Ele vai te matar se você não contar onde está o dinheiro.

O contador sinalizou em resposta:

— Ok, vocês venceram, o dinheiro está numa valise marrom de couro, que está enterrada no quintal da casa de meu primo Enzo, no número 400, da Rua 26, quadra 8, no bairro Santa Marta!

O mafioso perguntou para advogada:

— O que ele disse?

A advogada respondeu:

— Ele disse que não tem medo de viado e que você não é macho o bastante para puxar o gatilho...

86
76
10

No dia da audiência, o acusado faz uma proposta ao seu advogado:

— Vamos combinar o seguinte? Se eu pegar 5 anos, lhe pago mil reais, se eu pegar 3 anos lhe pago dois mil e se eu pegar somente um ano lhe dou cinco mil, topas?

— Combinado!

No dia seguinte o advogado vai visitar o seu cliente na prisão.

— Eu lhe consegui um ano, portanto você me deve cinco mil! E olhe que tivemos sorte, pois eles queriam absolvê-lo!

44
35
9

O coelhinho tropeça numa cobra e logo justifica:

— Desculpe! É que eu não te vi porque sou cego!

— Não tem problema! — ameniza a cobra. — Eu também não te vi. Também sou cega. Que tipo de animal é você?

— Não sei! Quer me apalpar pra ver se você descobre?

— Quero! Hummm, você é macio, fofinho, tem orelhas longas, focinho pequeno... já sei! Você deve ser um coelhinho!

— Que legal! E você, que bicho você é? — Legal! Hummm, você é grosso, frio, duro, escorregadio... Acho que você é um advogado!

28
19
9

O cliente liga para o escritório de seu advogado e diz:

— Eu gostaria de falar com o Doutor Roberto.

E a secretaria, pesarosa, informa:

— Sinto muito, não será possível, o Doutor Roberto morreu!

O cliente desliga e 10 minutos depois, em nova ligação, faz a mesma pergunta:

— Eu gostaria de falar com o Doutor Roberto.

A secretária informa novamente:

— Sinto muito, não será possível, o Doutor Roberto morreu!

Pouco depois, novamente, o mesmo cliente liga e fala:

— Eu gostaria de falar com o Doutor Roberto.

A secretária, irritada, diz:

— Meu amigo, o senhor já ligou três vezes e eu já lhe disse, seu advogado, o Doutor Roberto, morreu. Por que esta insistência?

— Aaaah! — exclama o cliente — me faz tão bem ouvir isso!

38
29
9

O cara não conseguia sair com nenhuma garota e perguntou pra um amigo conquistador como fazer para ser um também.

O amigo respondeu:

— É simples! Diga à garota que você é advogado.

Decidido a testar a dica, o sujeito abordou uma bela garota e a convidou para sair. Após ela dizer "não" ele disse que talvez fosse melhor assim, pois no dia seguinte cedo ele teria que estar no tribunal para defender a causa de um cliente.

Ela disse:

— Oh, você é advogado?

Ele confirmou. Ela imediatamente topou sair com ele e foram para seu apartamento. Quando estavam na cama o cara começou a rir.

Ela, irritada, perguntou qual era a graça ele respondeu:

— É que eu sou advogado há menos de meia-hora e já estou fodendo alguém!

52
27
25

Um advogado morreu, e foi pro céu. Chegando lá, ele não conseguiu entrar porque São Pedro o impediu, então ele disse:

— Ou você me deixa entrar ou eu faço o maior escândalo!

Então são pedro vai conversar com Deus:

— Deus, tem um advogado lá fora querendo entrar e disse que do contrário vai fazer o maior escândalo.

Então Deus disse:

— Só ele pode entrar isso vai ser uma exceção.

Então o advogado consegue entrar. Depois de 3 dias São Pedro vai falar com Deus novamente.

— Deus então diz:

— Eu não te vejo a 3 mil anos e agora te vejo na mesma semana?

Então São Pedro diz:

— Deus, faz 3 mil anos que eu trabalho pra você e nunca ganhei férias e nem 13º.

68
-10
78

O promotor de justiça chama sua primeira testemunha, uma velhinha de idade bem avançada. Para começar a construir uma linha de argumentação, o promotor pergunta para a velhinha:

— Dona Genoveva, a senhora me conhece, sabe quem eu sou e o que faço?

Responde a Testemunha:

— Claro que eu o conheço, Carlinhos! Eu o conheci ainda bebê. E, francamente, você me decepcionou. Você mente, você trai sua mulher, você manipula as pessoas, você espalha boatos e adora fofocas. Você acha que é influente e respeitado na cidade, quando na realidade você é apenas um coitado. Ah, se eu o conheço! Claro que conheço!

O promotor fica petrificado, incapaz de acreditar no que estava ouvindo. Ele fica mudo,olhando para o juiz e para os jurados. Sem saber o que fazer, ele aponta para o advogado de defesa e pergunta à velhinha:

— E o advogado de defesa, a senhora o conhece?

A velhinha responde imediatamente:

— O Robertinho? É claro que eu o conheço! Desde criancinha. Eu cuidava dele para a Marina, a mãe dele. E ele também me decepcionou. É preguiçoso, puritano, alcoólatra e sempre quer dar lição de moral nos outros sem ter nenhuma para ele. Ele não tem nenhum amigo e ainda conseguiu perder quase todos os processos em que atuou.

Neste momento, o juiz pede que a senhora fique em silêncio, chama o promotor e o advogado perto dele, se debruça na bancada e fala baixinho aos dois:

— Se um de vocês perguntar a esta velha filha da puta se ela me conhece, vai sair dessa sala preso! Fui claro?

83
54
29

Aquele advogado conseguiu provar a inocência de seu constituinte, acusado de roubo.

Liquidado o caso, diz o advogado ao cliente:

— Felicito-o, mas aqui entre nós, você roubou o dinheiro, não é verdade?

O outro balançou a cabeça, gravemente:

— Olhe, doutor, antes de ouvir a defesa que o senhor fez, eu estava certo que sim, mas agora, não tenho mais certeza não.

35
16
19

O Zeca, um sujeito que nunca fez nada de errado na vida, acabou sendo preso por desacato à autoridade.

Rapidamente a família dele contrata um advogado e pede que ele vá até a delegacia, para esclarecer o caso. Chegando lá, ele se apresenta e pergunta para o detido o que havia acontecido.

Muito chateado com a situação, ele começa a explicar:

— Bem, eu estava passando na rua e de repente vi um monte de gente! Todo mundo estava socorrendo uma prostituta que estava tendo um filho no meio da rua.

— Aí um guarda chegou perto de mim e perguntou o que estava acontecendo.

— E o que você disse? — perguntou o advogado.

— Ah, eu respondi: "É a puta, que pariu!"

70
51
19

Certa tarde, um bem sucedido advogado estava sendo conduzido em sua limusine para seu sítio, quando observou dois homens maltrapilhos comendo grama ao lado da estrada. Ele ordenou imediatamente ao motorista que parasse, saiu do veículo e perguntou:

— Por que vocês estão comendo grama?

— Porque nós não temos dinheiro para comprar comida - respondeu um dos homens.

— Bem, você pode vir comigo para o sítio disse o advogado.

— Senhor, eu tenho uma esposa e três filhos aqui.

— Traga-os também replicou o advogado.

— E quanto ao meu amigo?

O advogado virou-se para o outro homem e disse:

— Você pode vir conosco também.

— Mas, senhor eu também tenho esposa e seis filhos, disse o segundo homem.

— Eles podem nos acompanhar também, disse o advogado enquanto se dirigia de volta à limusine. Todos se acomodaram como puderam na limusine, e quando já estavam a caminho, um dos acompanhantes disse:

— O senhor é muito gentil. Obrigado por levar-nos a todos com o senhor.

O advogado respondeu:

— De nada! Vocês irão adorar meu sítio. A grama esta com quase um palmo de altura.

61
44
17

Um açougueiro entra no escritório de um advogado e pergunta:

— Se um cachorro solto na rua entra num açougue e rouba um pedaço de carne, o dono da loja tem direito a reclamar o pagamento do dono do cachorro?

— Sim, é claro! — responde o advogado.

— Então você me deve 8 reais. Seu cachorro estava solto e roubou um filé da minha loja.

Sem reclamar, o advogado preenche um cheque no valor de 8 reais e entrega ao açougueiro.

Alguns dias depois, o açougueiro recebe uma carta do advogado, cobrando 200 reais pela consulta.

38
25
13