Piadas de Amigos

12
6
6

Pintinho Nascendo

Dois meninos da cidade passavam as férias na fazenda.

— Cê viu, cara? — disse um, olhando para um pintinho nascendo — Olha que incrível como eles saem da casa deles!

— Não sei não — respondeu o amigo — Eu acho muito mais incrível como eles entram na casa sem quebrar ela!

28
24
4

Cinto de Castidade

De partida para a guerra, um soldado muito ciumento resolveu colocar um cinto de castidade na esposa, temendo ser traído.

— Não é justo, posso morrer na guerra e minha mulher é muito jovem. Já sei, darei a chave ao meu amigo de confiança, e se algo acontecer comigo, ele poderá soltá-la.

No dia da partida, mal tinha cavalgado 200 metros, ouviu a voz do amigo, que corria desesperadamente em seu encalço.

— Que aconteceu amigo, o que houve?

— Companheiro! — disse o outro, totalmente sem fôlego. — Você deixou a chave errada!

11
6
5

Discutindo no Cinema

No escurinho do cinema, no meio do novo filme do Schwarzennegger, um casal de meia idade insiste em discutir em voz alta.

— Eu nunca mais vou te trazer no cinema! — diz o marido, furioso.

— E quem disse eu eu quero a sua companhia? — desafia a mulher.

— Pois então, fique sabendo que...

— Escuta aqui, meu amigo! — interrompe o espectador da cadeira ao lado — Eu não estou conseguindo ouvir uma palavra!

— É mesmo? — exclama o sujeito, em tom irônico — E eu posso saber por que você quer ouvir a minha discussão?

23
17
6

Falência da Empresa

Dois amigos se encontram:

— Você viu que a Johnson & Johnson está falindo? — diz um.

— Não acredito! — diz o outro.

— Também pudera! Com os produtos que eles vendem... O O.B. está no buraco, o Modess está no vermelho, a Camisinha está no pau e as fraldas estão na merda!

17
14
3

Grito de Gol

Denis e Daralho eram dois amigos que sempre contaram vantagem de quem era mais comedor. Desde as namoradas da escola eles competiam, se gabavam e sempre tiveram um desempenho parecido.

Certa vez, quando os dois já tinham uns 25 anos, viajaram com suas respectivas namoradas e ficaram hospedados em um hotel, em quartos lado a lado.

— Vamos ver quem consegue transar mais vezes? — sugeriu Denis.

— Boa idéia! — comemorou Daralho — Hoje a gente vai ver quem é o mais comedor!

— Mas peraí! — interrompeu Denis — Como é que nós vamos acompanhar a contagem? Eu estou em um quarto e você em outro!

— Já sei! — disse Daralho — Cada vez que a gente acabar de dar uma a gente grita "Goooooool!". Assim o outro fica sabendo!

— Combinado! — comemorou Denis, correndo para o quarto.

Depois de uns 15 minutos, Denis já grita eufórico: "Goooooool" e, depois de mais meia hora, "Gooooooooool" novamente. No intervalo da segunda para a terceira ele fica pensativo. Daralho ainda não tinha gritado "Gol" nenhuma vez! Então ele vai ver o que aconteceu. Quando ele vai bater na porta do quarto do amigo, vê um bilhete pregado: "Jogo adiado. Campo encharcado. Neste momento estou fazendo embaixadinhas no vestiário."

19
14
5

Sapatos Apertados

O sujeito entra na sapataria e pede um dos modelos expostos na vitrina.

— Que número o senhor calça? — pergunta o vendedor, arriscando um palpite.

— 38!

O vendedor desaparece por uma porta e pouco depois volta com o sapato.

— Aqui está!

O cliente calça o sapato com enorme dificuldade, levanta-se com uma visível expressão de dor, dá algumas voltas pela loja e diz:

— Está ótimo, vou... ui... levar esse!

— O senhor não prefere experimentar um número maior? — pergunta o vendedor, apreensivo. — Parece que esse está lhe machucando.

— Não, não, vou levar... ai... esse mesmo!

— Mas...

— Olha, meu amigo! Fui demitido do meu emprego, a minha mulher fugiu com o meu melhor amigo, minha filha virou prostituta, meu filho está preso... de maneira que o único prazer que eu tenho na vida é chegar em casa e tirar esta bosta destes sapatos!

18
10
8

Bigode do Motoqueiro

Duas pulgas conversavam:

— Essa noite quase morri de frio, cara! — diz o primeiro.

— Você dormiu aonde? — perguntou o amigo.

— Dormi no bigode de um motoqueiro!

— Você é doido, cara? Os motoqueiros vivem zanzando por aí e quem sofre é você que fica com o vento batendo na cara!

— Pois é! Nem me fala...

— Quer um lugar legal pra você dormir? Procura uma mulher de saia, sobe na perna dela e vai reto toda vida! Você vai chegar numa floresta quentinha, aí é só se esconder e dormir, sossegado!

Empolgadíssimo, a pulga logo encontrou uma mulher de saia e seguiu as recomendações do amigo.

Uma semana depois eles se reencontram:

— E aí, cara? Fez o que eu te falei?

— Você tava me sacaneando, né? — esbravejou a pulga friorento, partindo pra cima do amigo.

— Calma, cara! O que aconteceu? Não achou a floresta quentinha?

— Achar eu achei! Mas eu tava dormindo sossegado e começou uma confusão danada! Fui tão chacoalhado que fiquei tonto e, quando dei por mim, tava de novo no bigode do motoqueiro!

12
6
6

Roupas Novas

As vésperas de um jantar com os amigos do marido, a esposa resmunga:

— Ai, bem... Você precisa comprar umas roupas novas pra mim! Se os seus amigos me virem assim, vão pensar que eu sou a cozinheira da casa!

— Não se preocupe, querida! — consola o cônjuge — Depois do jantar, eles vão mudar de opinião!

8
1
7

Justo a Boa

Distraído, o sujeito vai atravessar uma linha férrea no mesmo instante em que o trem estava passando. E como resultado ele teve uma das pernas bruscamente arrancada.

Ele senta-se na calçada e se debulha em lágrimas:

— Justo a boa! Justo a boa!

Um dos transeuntes que observara o acidente, abaixa-se para consolá-lo e percebe que a perna perdida era uma perna de pau.

— Meu amigo — diz ele. — Você tem de erguer as mãos para o céu. Você perdeu somente a sua perna de pau!

— Então — respondeu o homem, choramingando. — Justo a de peroba que me custou uma fortuna!

18
7
11

Fumando Muito

O bêbado inveterado vai ao médico, acompanhado de sua esposa.

— Qual o problema? — pergunta o médico.

— É que eu sinto náuseas, dores no corpo, estou sempre cansado...

— O senhor fuma?

— Três maços por dia!

— Aí está o problema, meu amigo! Pare de fumar imediatamente e logo voltará a ter uma saúde de ferro.

Feliz com o diagnóstico, despediu-se do médico e assim que pôs os pés na rua, a esposa perguntou-lhe:

— Que história é essa de fumar três maços por dia? Você nunca colocou um cigarro na boca!

— Eu sei, meu bem! Mas se eu dissesse que não fumava ele iria perguntar se eu bebia... aí me toca parar de beber!

35
28
7

Peido na Relação

O casal vai ao médico e o marido fala:

— Doutor, toda vez que eu estou fazendo amor com minha mulher ela fica peidando o tempo todo. Será que ela tem alguma doença?

Depois de algum tempo examinando-a, o médico conclui:

— A sua mulher está perfeita! Não tem nada não! Deixe-me examinar o senhor, tire a roupa por favor!

O sujeito fica nu e mostra uma jeba enorme, quase tocando o chão.

— Meu amigo, pode se vestir! Por peidar diante de um instrumento desses, a sua mulher pode se considerar uma heroína! Só de olhar eu já estou me cagando todo!

27
20
7

Amigo do Pão-Duro

O capiau, muito do pão-duro, recebe a visita de um amigo. A certa altura da conversa, o amigo pergunta:

— Se você tivesse seis fazendas, você me daria uma?

— Claro, uai! — respondeu o mineiro.

— Se você tivesse seis automóveis, você me daria um?

— Claro que sim!

— E se você tivesse seis camisas, você me daria uma?

— Não!

— Por que não?

— Porque eu tenho seis camisas!

25
4
21

Surpreendidos na Cama

O marido chega mais cedo do trabalho e surpreende a mulher com o seu melhor amigo, em pleno ato sexual, na sua própria cama.

— Cláudia, minha esposa querida, como você pode fazer isso comigo? Eu que durante todos esses anos, sempre fui um marido fiel, te amei como ninguém. Dediquei toda a minha vida para te fazer feliz. E você, Gustavo, a quem eu considerava como um irmão, a quem sempre amparei nos momentos difíceis, eu que sempre te admirei, você era um exemplo de... ei... vocês querem parar de trepar e prestar atenção no que eu estou dizendo?

18
12
6

Amigo Inocente

Juca liga desesperado para um amigo:

— Onofre! Vem correndo me ajudar! Tô preso aqui na delegacia, rapaz!

— Tá preso? — pergunta o amigo, surpreso — Mas o que você fez?

— Eu não fiz nada! — choraminga ele, no auge do desespero.

— Ah, então não vou não!

— Não vem? Pô, Onofre... Por que não?

— Ué... Se tão prendendo quem não faz nada, vão me prender também!

13
10
3

Terminando no Chão

Dois amigos conversam no bar:

— Quer dizer que você brigou de novo com a sua mulher?

— Foi... Mas dessa vez ela terminou no chão, de quatro!

— É mesmo? — pergunta o amigo, surpreso — Quem diria, hein! Pelo jeito as coisas mudaram... Mas conta aí essa história direito!

— Ah, eu falei umas verdades e ela veio correndo atrás de mim! Aí eu entrei no quarto, ela ficou de quatro e falou: "Saia já debaixo dessa cama, seu medroso!"

79
73
6

Volátil e Volúvel

A loira no confessionário:

— Padre, na semana passada eu cometi um pecado muito grave. Assim que saí da casa do meu noivo, encontrei um ex-colega de faculdade e depois de algum tempo conversando, acabamos na cama... Sabe, seu padre, eu sou tão volátil...

— Volúvel, minha filha.

— No dia seguinte, assim que saí da casa do meu noivo, encontrei um outro amigo, com quem havia trabalhado há alguns anos e depois de algum tempo conversando, acabamos na cama... É que eu sou tão volátil...

— Volúvel, minha filha, volúvel.

— E ontem, seu padre, eu ia saindo da casa do meu noivo, aí um cara bem bonitão me ofereceu carona, eu topei e depois de algum tempo conversando, ele acabou me levando para um motel. Eu sou tão vo... como é mesmo a palavra, seu padre?

— Puta, minha filha, puta!

9
6
3

Boa na Cozinha

De volta da lua de mel o camarada encontra um amigo.

— E aí, Fernando? — pergunta-lhe o amigo. — Como está a vida de casado?

— Maravilhosa! A Soninha é uma mulher divina! Carinhosa, bem humorada e um furacão na cama!

— É mesmo? Que legal! E na cozinha, como ela se sai?

— Ela é especialista em três tipos de comida: enlatada, congelada e queimada!

10
0
10

Coisa Ruim

Dois velhos amigos estão no restaurante e um deles sugere:

— Cara, me fala uma coisa que você acha muito ruim!

— Muito ruim? — pergunta o amigo, pensativo — A minha sogra!

— Não, seu burro! Eu tô falando coisas de comer!

— Ah, a minha mulher!

9
-12
21

Assistindo Xadrez

Um grupo de amigos está jogando xadrez, disputando um pequeno campeonato e um bêbado fica ao lado, da mesa só assistindo. As horas vão se passando. Uma, duas, três, quatro, cinco... E o bêbado continua lá. Até que um dos amigos resolve ver se ele quer jogar:

— Ei, amigo! Você está aí olhando a gente jogar há horas. Vem jogar também!

— O quê? — disse o bêbado, revoltado — Xadrez? Eu não tenho paciência pra esse negócio não!

8
3
5

Pulseira de Ouro

Duas amigas se encontram:

— Puxa, que linda pulseira de ouro você está usando — comenta a primeira.

— Obrigada, foi presente de aniversário do meu marido, mas não é de ouro!

— Você conhece bem os metais?

— Não, conheço bem o meu marido!

12
5
7

O Dia Inteiro

Eram dois amigos inseparáveis: Dirceu e Dirmeu.

Um dia, depois de uma longa discussão sobre reencarnação, céu e inferno, resolveram fazer um pacto: o primeiro que morresse, voltaria à Terra para contar ao outro o mistério da vida após a morte.

Os anos se lavaram, se passaram e se engomaram até que um belo dia Dirceu bate as botas.

Duas semanas depois, no meio da madrugada, Dirmeu vislumbra o vulto de Dirceu entrando no seu quarto.

— Oi, Dirmeu! Como tem passado? — pergunta o morto.

— Na mesma de sempre, e você?

— Nem te conto! Passo o dia inteiro fodendo!

— Tá brincando?

— Tô não! Logo de manhã, fodo umas duas ou três, descanso um pouco e pimba, dou mais umas quatro, tiro um cochilo e mando ver mais uma meia dúzia, como alguma coisa e às vezes dou mais umas duas.

— Caramba! — espantou-se Dirmeu. — Quer dizer, então, que lá no céu é uma maravilha?

— Céu? Quem te falou em céu, mermão! Eu reencarnei. Agora sou um touro reprodutor numa fazenda no Mato Grosso!

9
2
7

Contrato de Sociedade

Aqueles dois amigos conversavam sobre a possibilidade de abrir um restaurante em sociedade e estavam combinando as condições.

— Você entra com o capital de um milhão, nós compramos o ponto, fazemos um contrato de cinco anos, você arruma o fiador, nós contratamos as instalações, cozinha, freezer etc...

— E você entra com o quê? — indagou o amigo.

— Ah, eu entro com meu know-how, assumo a caixa, cuido da contabilidade, administro as contas bancárias, etc...

— Mas e se não der certo? — pergunta o primeiro, preocupado.

— Cada um fica com o que trouxe: eu com o meu know-how e você vende tudo e leva seu capital.

— Mas falta uma cláusula nesse seu contrato! — disse o dono do capital.

— Ué? Que cláusula?

— Falta um beijo!

— Beijo?

— É! Você já viu foda completa sem beijo?

8
0
8

Estradinha do Interior

Numa estradinha do interior, o carro importado para ao lado de um caipira:

— Ei, amigo! Qual é o caminho pra Itu?

— Sei não, sinhô...

— E a estrada pra São Roque, qual é?

— Tamém num sei não sinhô...

— E essa estrada aqui, onde é que vai dar?

— Tô sabendo não, dotô...

— Caramba! Mas você não sabe nada mesmo, hein!

— É... Mas acontece qui eu num tô perdido não!

115
80
35

Desejo Único

Três amigos encontram uma lâmpada com o gênio de Aladim, que lhes diz:

— Sou um gênio expresso, posso lhes conceder já um desejo, mas apenas um.

O primeiro pede:

— Eu quero ser muito rico.

— Muito bem, vá ao banco, peça seu saldo e verás.

O segundo pede:

— Eu quero parecer um galã de cinema.

— Pois bem, vá a tua casa e olhe-se no espelho.

O terceiro pede:

— Eu quero ser mais inteligente que qualquer homem.

O gênio lhe pergunta:

— Você não se importa de menstruar todo mês?

46
25
21

Teste de Matemática

Três loucos vão fazer o exame mensal para ver se já podem receber alta.

O médico pergunta ao primeiro deles:

— Quanto é dois mais dois?

— 72 — responde ele.

O doutor balança a cabeça como quem diz "Esse não tem mais jeito" e virando-se para o segundo, repete a pergunta:

— Quanto é dois mais dois?

— Terça-feira — responde o segundo.

Desanimado, o médico vira-se para o terceiro louco:

— Quanto é dois mais dois?

— É quatro, doutor! — responde ele, com firmeza.

— Parabéns, você acertou! Como você chegou a essa conclusão?

— Foi fácil! Me baseei nas respostas dos meus amigos: 72 menos terça-feira dá 4!

28
20
8

Gripe Aviária

A loira, com medo da gripe aviária, dizia para uma amiga que, daquele dia em diante, não comeria mais carne de frango.

A amiga alertou que o perigo só existia na Ásia.

A loira, indignada, respondeu:

— Mas essa é justamente a parte que eu gosto...