Piadas de Amigos

Açougueiro indignado com cachorro de advogado famoso, que todos os dias, pela manhã, vai em seu comércio e rouba 2kg de salsicha, resolve vingar-se, e, num belo dia, quando advogado adentra em seu comércio solicitando diversos cortes de carne, resolve indagá-lo:

— Caro amigo Doutor Alberto, gostaria de saber de sua pessoa, como advogado extremamente influente, quanto conseguiria ganhar de indenização de um dono de cachorro que todos os dias vem em meu estabelecimento comercial e rouba 2 Kg de linguiça, já perfazendo um total de 5 anos?

O advogado, sem saber que o açougueiro está falando de seu cachorro, responde-lhe:

— Conseguiríamos nos tribunais cerca de 5 mil reais!

O açougueiro, completamente contente com a resposta do advogado, e decidido a se vingar, assim rebate:

— Então esse é o valor que o senhor me deve, pois o cachorro em questão é de sua propriedade.

O açougueiro, achando ter se vingado efetivamente do advogado famoso, e esperando ser ressarcido dos danos sofridos, recebe a seguinte resposta do advogado famoso:

— Tendo em vista que o valor da indenização é de 5 mil reais, ressalto ao digno amigo que me é devedor da quantia de 2 mil reais, pois o valor da minha consulta é de 7 mil reais.

27
7
20

O camarada vai visitar um amigo.

— Oi, Otávio, tudo bem? Quanto tempo! Que bons ventos o trazem!

E o camarada, sem jeito.

— Sabe o que é... deu enchente na minha casa... perdi todos os móveis. Será que você poderia me emprestar um dinheiro para eu refazer minha vida?

— Quanto?

— Uns mil reais!

— Você sabe, Otávio, que eu te considero pra caramba! Você é realmente um grande amigo que eu tenho! E quando a gente coloca dinheiro no meio da amizade, estraga a amizade! Eu não ia querer estragar a nossa amizade só por causa de mil reais.

— Tá bom! Então dá pra emprestar cinco mil?

13
5
8

O sujeito está no bar tomando um drinque pra descontrair quando uma mulher fantástica vem em sua direção. Loira, alta, olhos azuis, seios fartos... Hoje realmente era a sua noite de sorte! Maravilhado com a situação, ele dá um sorriso sem-graça e pensa em algo inteligente pra dizer quando, para deixá-lo ainda mais surpreso, ela toma a iniciativa:

— Oi, Pedro!

— Er, eu conheço você? — Pergunta ele, espantado.

— Claro que sim, cara! Eu sou o Luís, seu amigo de infância!

— Luís!? Não é possível... O que aconteceu?

— Eu morei 5 anos em Londres e fiz uma operação de mudança de sexo! — diz ela, toda orgulhosa.

— Não acredito! Quem diria, hein?... Mas eu tenho que admitir que ficou bom! Você se transformou em uma mulher de verdade, cara...

— Pois é... Até agora ninguém percebeu... — gaba-se a loira.

— Mas, me diz uma coisa... Dói muito quando eles cortam o seu negócio fora?

— Olha, até que dói bastante... Mas pra mim, isso não foi a pior parte... Pra me transformar nessa loira fenomenal, os médicos tiraram de mim uma outra coisa que doeu muito, muito mais do que o pinto... Eles tiveram que tirar a metade do meu cérebro!

40
19
21

O diretor da Penitenciária reúne os presos no pátio e diz, com ajuda de um megafone:

— Atenção! Quero todo mundo varrendo e limpando as suas celas, porque amanhã o presidente vem aí!

Ao que um dos presos comenta com um amigo:

— Custou, mas botaram esse safado no xadrez!

21
12
9

O prefeito de uma cidadezinha do Rio Grande do Sul foi à Nova Iorque, a convite de alguns amigos influentes e, ao descer do avião, deparou-se com algumas faixas que diziam: "Welcome Alencar".

O prefeito não gostou da atitude dos americanos:

— Esses caras devem estar pensando que eu sou viado!

Então, para mostrar que eles estavam enganados, o prefeito convidou-os para vir até a sua cidade.

Lá chegando, eles encontraram faixas por todos os lados, com os seguintes dizeres: "Alencar come Wel".

9
-3
12

O sujeito era conhecido como o louco mais engraçado do hospício. Todos que estavam perto dele nunca paravam de rir. Certo dia, no pátio, os amigos dele o viram deitando no chão, rolando e quase se mijando de tanto gargalhar.

— Ei, amigo! — assiscou um dos colegas — Posso saber por que você está rindo tanto?

— É que eu acabei de me contar uma piada que eu ainda não conhecia!

80
55
25

Dois amigos estavam fumando maconha e foram pegos pela polícia. No dia do julgamento o juiz, que estava de bom-humor, disse:

— Vocês parecem ser boas pessoas, por isso lhes darei uma segunda chance!

— Ao invés de irem pra cadeia, vocês terão que mostrar para as pessoas os terríveis males das drogas e convencê-las a largá-las!

— Compareçam ao tribunal daqui uma semana, pois eu quero saber quantas pessoas vocês convenceram!

Na semana seguinte os dois voltaram e o juiz perguntou para o primeiro homem:

— Como foi sua semana, rapaz?

— Bem, meritíssimo, eu convenci 17 pessoas a pararem de consumir drogas para sempre!

— 17 pessoas? — disse o juiz, satisfeito — Que maravilha. O que você disse para elas?

— Eu usei um diagrama, meritíssimo. Desenhei 2 círculos, um pequeno e um grande. Aí apontei pro círculo maior e disse: "Este é o seu cérebro em tamanho normal... — e apontando pro menor — E este é o seu cérebro depois das drogas!"

— Muito bem! — aplaudiu o juiz, virando-se para o outro sujeito — E você? Como foi sua semana?

— Eu convenci 234 pessoas, meritíssimo!

— 234 pessoas? — exclamou o juiz, pulando da cadeira — Incrível! Como você conseguiu isso?

— Utilizei um método parecido com o do meu colega. Também desenhei 2 círculos, um pequeno e um grande. Mas eu apontei para o círculo menor e disse: "Este é seu cu antes da prisão..."

165
152
13

Duas amigas conversam:

— Sabe de uma coisa? Acho que vou me divorciar!

— Mas de novo? — surpreende-se a amiga — Esse já é o seu terceiro marido!

— Pois é... Mas eu me cansei dele!

— Será possível que você não gosta de nenhum homem?

— Sabe o que é? Parece que todos os homens têm uma coisa que me incomoda... E aquela coisa vai crescendo, crescendo...

— Ai, amiga? Vai dizer que você vai virar lésbica?

— Não é nada disso, boba! O problema é que eu não gosto de homem com chifres!

13
2
11

Jorge e sua mulher foram visitar a família de João. As mulheres foram para a cozinha preparar um lanche e os homens ficaram conversando. Jorge falou para João:

— Estou fazendo um curso para melhorar a memória. É uma beleza! Você não sabe como melhorei.

— É mesmo? Como é o nome do curso?

Jorge, atrapalhado, pergunta ao amigo:

— Como é o nome daquela flor bonita que tem espinhos?

— É a rosa!

Jorge grita, então, para a mulher na cozinha:

— Rosa, como é mesmo o nome do curso que estou fazendo?

13
9
4

O sujeito estava no boteco tomando umas cachaças, jogando uma partida de dominó com mais três amigos, quando vê um enterro passando pela rua.

Mais que depressa ele interrompe o jogo, levanta-se, vai até a porta, tira o chapéu e fica observando o cortejo, durante vários minutos, em silêncio, com semblante visivelmente entristecido.

Quando o féretro termina de passar, ele recoloca o chapéu na cabeça e volta a sentar-se.

— Esse foi o gesto mais comovente que eu já vi em toda a minha vida! — comenta um dos amigos. — Acho que todos deviam seguir o seu exemplo.

— Bem, depois de quinze anos de casado, acho que era o mínimo que eu poderia fazer!

8
3
5

Em uma segunda-feira como outra qualquer, a morena chega ao escritório desanimada e uma colega de trabalho loira pergunta:

— O que foi, amiga? Por que essa cara?

— Ah, é que sexta-feira o meu marido chegou em casa com um buquê de flores...

— Ué! — estranha a loira — E isso não é bom?

— Bom nada! Por causa desse maldito buquê eu tive que passar o fim de semana inteiro de pernas abertas!

— Sério? — pergunta a loira, assustada — Mas será possível que não tem nenhum vaso na sua casa?

6
-1
7