Piadas de Amigos

Marcelo encontra o amigo Paulo que não via há mais de um ano. Paulo acompanhado de uma loira espetacular, ambos em uma lanchonete. Aproveitando que o mulherão foi ao banheiro Marcelo começa o interrogatório.

- Cara! Que mulher é esta? A última vez que nos vimos você era casado com uma mulherzinha muito feia.

- Ah! Não dava mais meu amigo, ela não tinha nenhum estímulo na vida, foi desgastando. Trouxe a mãe dela pra morar com a gente. Quando ela foi trabalhar a noite eu tive que fazer companhia para minha sogra cheia de manias, não dormia sozinha, não ia à padaria de medo de se perder. Praticamente meu fim de semana era fazendo companhia para minha sogra...

- Isso é ultrajante! Ainda bem que você separou dela.

- Separei, mas a minha sogra ainda está morando lá em casa!

- Que coisa bizarra! E esta sua nova namorada maravilhosa sabe disto? - diz Marcelo apontando para a loira que retornara do banheiro.

- Namorada? Ah, esta aqui é a minha sogra!

243
-128
371

Numa cidadezinha do interior, um sujeito andava tranquilo pela rua. De repente, ele viu uma galinha e começou desesperadamente a correr, apavorado gritando socorro. Seus familiares estavam sem saber o que fazer, pois era uma coisa muito rara e absurda. Levaram o sujeito para um psiquiatra.

- Me diga, qual é o seu problema?

- Doutor, sou uma ervilha e se não me cuido posso ser devorado por uma galinha.

- Ah, sim, é claro. Mas veja bem, o senhor tem duas mãos, não é verdade?

- Sim, mas e dai?

- O senhor já viu uma ervilha com braços?

- Não...

- Duas pernas, como essa que o senhor usa para fugir das galinhas?

- Não... puxa, nunca pensei nisso...

- Veja outra coisa, uma ervilha nunca estaria aqui falando comigo!

- Puxa, doutor! O senhor mudou minha vida! Eu nunca tinha pensado nisso antes! Agora eu sei que não posso ser uma ervilha, é uma coisa absurda, impossível! E lá se foi nosso amigo, todo feliz com sua identidade re-descoberta.

Tranquilo, andando pela rua, ele olha outra galinha e sai correndo apavorado de novo... dessa vez um carro o atropela. Foi para o hospital todo arrebentado e entre as visitas médicas naturalmente chamaram o psiquiatra:

- Mas o que aconteceu? Você não me disse que agora você sabe de não ser uma ervilha?

- Saber eu sei, mas o senhor acha que a galinha já está sabendo?

519
251
268

Um garoto chega todo alegre perto do seu amiguinho e diz com as mãos para trás:

- Amiguinho, amiguinho, adivinhe o que eu tenho na mão!

O amigo observa e diz:

- Hum, é uma bala?

- Não, você errou!

- É uma moeda?

- Não!

- Então o que é?

O garoto responde mostrando a mão fechada:

- Paralisia infantil.

1192
-235
1427

A mãe pergunta a filhinha:

- Filha, como é que a galinha faz?

A filha responde:

- Pó pó pó!

A mãe pergunta:

- Filha, como é que o boi faz?

Ela responde:

- Muuuuuu!

A mãe pergunta:

- Filha, como é que a cobra faz?

A filha responde:

- Oi, amiga!

588
248
340

Dois rapazes estão almoçando e o tema "a experiência mais dolorosa de sua vida" vem à tona. O primeiro rapaz pensa por um momento e diz:

- Só pode ser a vez em que eu bati a porta do carro na minha mão.

O segundo rapaz pensa e diz:

- Eu sei que a segunda experiência mais dolorosa da minha vida foi quando eu fui cagar na floresta e agachei-me em uma armadilha de urso que estava escondida, a maldita prendeu meu pau e bolas e eu corri como nunca antes na vida.

O primeiro rapaz exclama:

- Meu Deus, se essa foi a segunda experiência mais dolorosa de sua vida, qual foi a primeira?

E seu amigo responde:

- Ah, a primeira veio uns 5 segundos mais tarde, quando a corrente da armadilha se esticou toda.

357
157
200

O sujeito está no hospital à beira da morte, cheio de tubos para mantê-lo em vida o máximo possível. A família chama o padre para dar-lhe os ritos finais. Quando o padre senta à cabeceira do moribundo, o estado dele parece deteriorar rapidamente, e ele pede freneticamente com gestos algo para escrever. O padre lhe dá um bloquinho e uma caneta, e o doente escreve algo no bloco, e em seguida morre. O padre dá a extrema unção e guarda o bloquinho sem ler. No enterro, depois da cerimônia, o padre mexe no bolso e encontra o bloquinho, e se lembra de que o morto tinha escrito algo. Ele aproveita a presença de todos e diz:

- Nosso saudoso amigo ainda escreveu algo neste bloco antes de morrer. Suponho que todos gostariam de saber qual foi seu último pensamento.

E ele abre o bloco e lê em voz alta:

- Você está pisando no meu tubo de oxigênio!

491
320
171

Nelson e Eusébio entraram em uma loja de chocolates. Como os funcionários estavam todos ocupados olhando ao redor, Eusébio roubou 3 barras de chocolate. Logo quando saíram da loja, Eusébio disse a Nelson:

- Eu sou o melhor ladrão, roubei 3 chocolates e ninguém me viu. Você não conseguiria fazer isso.

Nelson respondeu:

- Você quer ver eu fazer algo melhor? Vamos voltar na loja e eu vou lhe ensinar como roubar.

Então eles foram até o balcão e Nelson disse ao lojista:

- Senhor, você quer ver um pouco de mágica?

O lojista respondeu:

- Sim, claro.

Nelson disse:

- Me dê um chocolate. O lojista deu um, e ele comeu. Nelson pediu o segundo e também o comeu. Ele pediu o terceiro e também o comeu. O lojista perguntou:

- Mas onde está a mágica?

Nelson respondeu:

- Veja no bolso do meu amigo e você vai encontrar todas as três barras de chocolate.

879
679
200

Ao chegar mais cedo em casa o marido encontra a mulher nua, deitada na cama e respirando ofegantemente.

- O que houve, querida? Você está passando mal?

- Acho que estou tendo um ataque cardíaco.

O marido corre como um louco para pegar o telefone e chamar a ambulância. Enquanto tentava desesperadamente discar o filho diz:

- Pai, tem um fantasma no banheiro.

O marido vai até o banheiro, abre a porta e encontra uma pessoa coberta por um lençol. Ele puxa o pano e dá de cara com seu melhor amigo totalmente pelado. Indignado o marido diz:

- Pelo amor de Deus, Ricardo! Minha mulher tendo um infarto e você fica aí assustando as crianças.

871
674
197

Um amigo vai ao boteco tentar convencer o outro amigo a ir no enterro da sogra dele:

- Você tem que ir, sua mulher vai ficar chateada com você.

- Eu não vou, rapaz. Que ela descanse em paz.

- Mas vá lá cara, nem que seja pra dar uma cuspida no caixão dela.

- Eu não. Você acha que eu tenho paciência pra ficar em fila?

444
226
218

Um velho morre e seu melhor amigo vai ao velório. Para fazer bonito, o amigo resolve dizer algumas palavras, mas quando encerrava o discurso sua dentadura cai sobre o caixão. De improviso ele encerra dizendo:

- Vai amigo, leva contigo o meu último sorriso...

1003
755
248

O ceguinho estava há algum tempo sem dar uma e vivia pedindo a todo mundo:

- Arruma uma mulher para mim, por favor!

Um amigo seu, já de saco cheio, resolve dar-lhe uma força e lhe promete arranjar-lhe uma mulher. O ceguinho vai para casa e fica esperando. Logo, batem na sua porta.

- Quem é?

- É a Sueli. Vim resolver seu problema.

O ceguinho, todo entusiasmado, abre a porta. A mulher senta-se na cama e ele lhe pergunta:

- Como está vestida, hein?

- Botinha de couro, vestido justo, uma blusinha de seda e nada por baixo!

- Ah! - suspira o ceguinho - é hoje! Tira a botinha! Como está agora?

- Descalça, deitada na cama!

- Ai meu Deus, é hoje! Tira a blusinha! Como está agora?

- De seios nus, só de sainha!

- Tira a saia, pelo amor de Deus! E agora?

- Estou nua, deitada na cama, esperando por você, meu garanhão!

- Ai, não aguento mais, meu Deus! Sueli, já fez 69?

- Ainda não. Farei daqui a dois meses!

324
187
137

Um amigo conta para o outro:

- Poxa, cara, sonhei com você essa noite. E era um sonho meio estranho.

O amigo curioso pergunta:

- E como foi esse sonho?

E o outro amigo responde:

- Sonhei que você era um ônibus. Eu estava no ponto de ônibus, fiz sinal e você abriu sua traseira pra eu entrar.

288
-145
433

João morreu em um incêndio e seu corpo foi severamente queimado. O necrotério precisava de alguém para identificar o corpo, então eles chamaram seus dois melhores amigos de caça, José e Pedro. Os três homens sempre caçavam e eram membros antigos de um campo de caça. José chegou primeiro, e quando o agente funerário levantou o lençol, José disse:

- Nossa, o rosto dele está muito queimado. É melhor virá-lo.

O agente funerário virou o corpo e José disse:

- Não, não é o João.

O agente funerário acha isso um pouco estranho, então ele chama Pedro para confirmar a identidade do corpo. Pedro olhou para o corpo e disse:

- O rosto está totalmente queimado, é melhor você virá-lo.

O agente funerário virou novamente o corpo e Pedro disse:

- Não, não é o João.

O agente funerário questiona:

- Como você pode consegue saber se é ele?

Pedro disse:

- Bem, João tinha dois cus.

- O quê? Ele tinha dois cus? - perguntou o agente funerário.

- Tinha sim. Nós nunca vimos, mas todo lugar que a gente chegava eu escutava as pessoas dizendo: "Lá vem o João com os dois cuzões."

378
229
149