Piadas de Amigos

Duas noites atrás fui tomar uma cerveja e fumar erva com alguns amigos. Depois de algumas horas bebendo e fumando, tropecei sozinho e deixei o copo cheio cair no chão. Nesse momento tive a certeza que meu estado de sobriedade já havia desaparecido fazia tempo.

Sabendo da fiscalização da Lei Seca, decidi deixar meu carro lá mesmo e voltar pra casa de táxi. Pra minha sorte, umas duas quadras depois tinha uma operação de fiscalização, mas como era um táxi, eles só sinalizaram para seguir. Surpreendentemente cheguei em casa são e salvo.

Foi a primeira vez que eu dirigi um táxi, só não consigo lembrar até agora quando é que eu roubei aquele.

202
1
201

O cara entrou na loja de animais e pediu ao dono.

— Eu quero comprar um papagaio, mas quero um que não fale palavrão.

O dono da loja foi aos fundos, trouxe um e disse ao homem.

— Esse aqui é perfeito, ele é surdo, não vai aprender a dizer nenhum palavrão.

O cara levou o papagaio embora.

Passado uns dois meses, o cara voltou com o papagaio e disse ao dono.

— Eu trouxe seu papagaio de volta, você me enganou, você me disse que ele não falava palavrão porque ele é surdo, e agora toda vez que eu chego em casa, ele me chama de corno e filho da puta.

O dono olhou bem pra ele e respondeu:

— É, meu amigo, ele é surdo, mas ele enxerga muito bem.

394
127
267

No bar, o bêbado desabafa com o amigo:

— A minha mulher anda com uma mania esquisita, rapaz. Ela passa a noite inteira, em pé, debruçada na janela do quarto.

— Nossa! E o que é que ela fica fazendo este tempo todo?

— Esperando eu chegar!

228
56
172

Dois amigos se encontram no boteco:

— Por que você terminou seu namoro com a Sandrinha?

— Ela se ofendeu, porque eu falei que a meia dela estava toda amassada, amarrotada... — responde o sujeito, inconformado — Eu sou mesmo uma besta!

— Mas isso não é motivo para ela se ofender! — tenta consolar o amigo.

— É, sim! Ela estava sem meia.

117
-5
122

O cigarro, o chiclete e a ambulância discutiam sobre suas vidas.

O cigarro dizia:

— Minha vida é uma tristeza. Tocam fogo na minha cara, chupam minha bunda e depois me jogam no chão e pisam em cima.

— A minha vida é pior amigo. Rasgam minha roupa, me mastigam todo, me cospem no chão e pisam em mim também — diz o chiclete.

A ambulância diz então revoltada:

— Vocês estão reclamando do que? Minha vida que é sofrida. O povo abre minha bunda de meia em meia hora, colocam um negão de 2 metros de altura em cima de mim e ainda me fazem sair gritando que nem uma louca: UUUIIIUUUIIIUUUIIIUUUIII!

249
71
178

Dois caçadores caminham na floresta quando um deles, subitamente, cai no chão com os olhos revirados. Não parece estar respirando. O outro caçador pega o celular, liga para o serviço de emergência e diz:

— Meu amigo morreu! O que eu faço?

Com voz pausada, o atendente explica:

—Mantenha a calma. A primeira coisa a fazer é ter certeza de que ele está morto.

Vem um silêncio. Logo depois se ouve um tiro.

A voz do caçador volta à linha. Ele diz:

— Ok. E agora?

98
47
51

Haviam três amigas, uma loira, uma morena e uma ruiva, passeando de carro no deserto. De repente, o carro que elas estavam quebra, e a ruiva fala:

— Tive uma ideia, vamos cada uma pegar uma parte do carro que vamos usar. Eu vou levar os bancos, que se der canseira eu me sento.

— Eu vou levar a água, se me der sede eu bebo! — diz a morena.

— Eu vou levar o vidro! — diz a loira.

Não entendendo nada, a ruiva pergunta:

— Mas por que você vai levar o vidro?

— Dã! Porque nesse calor, eu posso abrir o vidro!

348
168
180

O pernetinha, depois de muito custo, consegue levar uma baranga pro motel, afim de dar uma aliviada em suas necessidades. Lá chegando, eles vão para a cama e a baranga:

— Queria uma água, pega pra mim?

E o pernetinha:

— Toc, toc, toc, toc. Vai lá e trás a água.

Quando vai recomeçar, la vem ela de novo:

— Ah, tá muito calor, liga o ar condicionado?

O pernetinha, já nervoso:

— Toc, toc, toc, toc,toc. Vai lá e liga o ar condicionado.

Na hora em que vai mandar ver, toca a campainha. Era outro cliente do motel estressado que diz:

— Escuta aqui meu amigo, eu estou aqui com a minha companheira no quarto debaixo e queria saber. O senhor veio aqui para transar ou pular amarelinha?

276
-221
497