Piadas de Amigos

Três amigos, um inglês, um alemão e um português esperam na fila do caixa da padaria. O inglês comentou:

— Quando fazemos sexo, a minha mulher grita tão alto que a minha sogra, que mora no andar de baixo, escuta!

E o alemão:

— Isso não é nada, a minha mulher grita tão alto, mas tão alto, que a minha sogra, que mora na casa ao lado, escuta!

O português, do outro lado do balcão, dá uma gargalhada e diz:

— Ora pois, isto não é nada, a minha mulher grita tão alto, tão alto, que eu escuto cá da padaria!

101
74
27

Junim resolve acompanhar seu primo numa determinada festa. Chegando lá um amigo provoca:

— Qual é Junim vai ficar ai parado? Convida a moça pra dançar.

— Tô com vergonha.

— Vergonha de que rapaz?

— Tô sem o dente da frente.

— Faz o seguinte coloca o dedo bem na frente do dente que ta faltando e com a outra mão chame a pra dançar.

— Ok!

Junim chega pra moça com o dedo na frente do dente que falta e com a outra mão convida ela pra dançar:

— Vamos dançar?

E a moça também envergonhada ao sorrir colocou os cinco dedos na frente dos dentes e disse:

— Vamos!

19
-8
27

Em um belo dia ensolarado, os diretores de um hospício decidiram liberar a piscina para os loucos nadarem, e ficaram do alto de um prédio apenas observando o comportamento.

Quando todos estavam se divertindo, um deles começou a se afogar. Do nada surge outro louco, que tira sua camisa e pula na piscina e salva seu amigo. No dia seguinte os diretores do hospício vão falar com o herói:

— Viemos te parabenizar por você ter salvo a vida do seu colega... mas infelizmente ele se matou enforcado no varal.

— Não se matou não. É que ele estava todo molhado, então coloquei ele pra secar no varal!

116
68
48

A mulher estava do outro lado da rua, fofocando com uma amiga e o marido em casa, conferindo a Mega-Sena. Quando viu que tinha acertado as seis dezenas, enlouqueceu e começou a gritar:

— Jurema, Jurema! Ganhei, ganhei a Mega-Sena!

A mulher atravessa a rua como louca, vem um ônibus e mata a coitada. O marido fala:

— Puta que pariu! Quando o cara tá com sorte, tá com sorte mesmo!

38
25
13

Numa grande empresa de navegação, com vários departamentos, trabalhava um funcionário que era muito gozador e desbocado. Certo dia, pensando que estava ligando para o ramal de um amigo, errou na digitação e acabou ligando para o ramal do presidente:

— Fala aí safado. E aí pilantra anda aprontando muito?

O presidente surpreendeu-se com a ligação e logo foi dizendo:

— Sabe com quem está falando?

O funcionário percebeu que tinha ligado errado e respondeu:

— Não!

— Aqui é o presidente da empresa.

O funcionário todo sem jeito, mas sem se intimidar diz:

— E você, sabe com quem está falando?

— Não! — responde o presidente já indignado.

— Graças a Deus — e desliga o telefone.

35
27
8

Dois amigos se encontram no bar. Um deles está com um olho roxo.

— O que foi que te aconteceu? — pergunta o outro.

— Eu levei um frango congelado na cara, só isso!

— Mas como foi que aconteceu isso?

— É que ontem minha mulher estava de mini-saia e ela abaixou no congelador para pegar alguma coisa. Eu estava atrás dela e não resisti, agarrei ela ali mesmo.

— Sério?

— Claro! E ela não queria, se remexia, e eu fiquei com mais tesão ainda, e mais ela gritava, mais eu continuava…

— Pô!

— E ela se debatia como uma louca, e eu cada vez com mais tesão…

— Só estou imaginando a cena! — diz o outro, excitado.

— E então, enquanto eu transava, ela conseguiu pegar um frango congelado e o jogou na minha cara!

— Mas que coisa! Tua mulher não gosta de transar?

— No Supermercado não!

36
28
8

Dois amigos caipiras estavam pescando à beira de uma estrada. Perto do lugar onde se situavam, eles fixaram uma placa com os dizeres: "O fim está próximo! Mude de rumo antes que seja tarde!"

Um motorista que estava passando no local gritou para os dois:

— Não me encham a paciência, seus malucos ! Você não sabem o que estão falando. Que bobagem é essa?

Pouco tempo depois, eles ouviram um barulho muito alto. Um dos amigos falou para o outro:

— Eu estava pensando...

— Diga.

— Você não acha que era melhor a gente só ter escrito na placa "Ponte quebrada à frente"?

108
62
46

Dois amigos conversam:

— Vamos ali ver uma caverna com eco, ela repete o que você diz perfeitamente.

E os dois amigos foram praa caverna. Chegando lá um deles experimentou:

— Mulher!

E a caverna ecoa:

— Mulher, mulher...

— Carro!

E a caverna ecoa:

— Carro, carro...

O segundo amigo então resolveu experimentar, e disse:

— Inconstitucionalissimamente!

E a caverna ecoa:

— Poderia repetir, poderia repetir...

32
16
16

Dois velhos, ambos já bem surdos, vão a um médico pois um deles não estava bem. O médico constata:

— O problema do senhor é sífilis e deve tomar elixir 914!

O velho doente após sair do consultório pergunta:

— O que foi mesmo que ele disse?

O amigo responde:

— Ele disse que sua doença é chifre. E é desde 1914!

20
11
9

Havia três homens no deserto que estavam perdidos há dois dias e quase morrendo de desidratação. De repente encontraram uma grande cabana que estava escrito o seguinte: "Água!" Os três olharam um para o outro e disseram:

— E agora o que vamos fazer? É muito bom para ser verdade, e se for uma armadilha?

— Bem temos que arriscar — disse o outro.

— Vamos morrer do mesmo jeito se não tentarmos — completou o terceiro.

Entraram os três e se depararam com uma mulher muito linda vestida como uma dançarina da dança do ventre. E eles perguntaram para a moça:

— Aqui se dá água?

E a mulher respondeu:

— Sim. É só me acompanhar até aquela pequena cabana.

Logo o primeiro foi para uma pequena cabana com a moça. De repente ouviu-se um grito:

— Aaaaaaaaaaiiiii!

Mas logo o homem parou de gritar e saiu para o deserto bebendo um cantil de água sem esperar pelos outros. Os outros dois que ficaram questionaram dizendo:

— O que foi aquele grito de nosso companheiro???

— Não sei. O que importa é que ele saiu vivo estava tomando sua água — disse o segundo.

Então o segundo foi e entrou na cabana. Mas aí se ouviu gritos enormes:

— Aiiiiiiiii! Aiiiiiiiiii! Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!

O último que ficou pensou em correr para ajudar seu amigo, mas logo o viu sair também com o seu cantil para o deserto. Então ele pensou em fugir, mas a mulher o chamou e disse:

— Você não vem?

— Sim, estou indo. — respondeu o homem. E foi para a cabana com muito medo.

Dentro da cabana o homem perguntou a mulher:

— Olha antes de você me dar água me responda uma coisa: por que o primeiro gritou pouco e o segundo gritou muito?

A mulher respondeu:

— Bem, aqui a tradição diz que se dá água, mas para isso se deve cortar o pênis do homem de acordo com a profissão. O primeiro era lenhador, então usou um machado e cortou seu pênis sem muita dificuldade. Já o segundo era encanador, aí eu tive que torcer até arrebentar.

O homem deu risadas e a mulher perguntou:

— De quê está rindo?

O homem então disse com um sorriso no rosto:

— Sou sorveteiro, então vai ter que chupar até acabar!

62
48
14

Dois compadres resolveram pagar uma promessa feita para "Nossa Senhora de Abadia" no Triângulo Mineiro. O milagre atendido pela santa foi tão grande que os dois resolveram colocar três feijões em cada botina e ir caminhando cerca de 80 quilômetros, e assim fizeram. Andaram mais ou menos 5 quilômetros e um dos compadres ficou um pouco para trás.

— Vamo, cumpade! Assim nóis num chêga a tempo pra missa.

— Ai sô! Num sei se essa ideia de colocá os fejão na butina foi boa não!

Andaram mais uns 5 km e o compadre já se arrastava e ficando cada vez mais para trás.

— Ô cumpade, num tô guentano mais os meus pé.

— Êita sô! Intão vamo arriá de baixo daquela árvore ali.

O que estava bem, sentou-se tirou a botina, estalou os dedos e deu um belo góle numa pinga. O outro se arrastando e reclamando, mal conseguiu tirar as botinas e nem quis saber da pinga.

Ao ver que os pés do amigo estavam à flor da pele, disse:

— Que que isso cumpade? Seus pé ta té pareceno que ocê tava andano discarço na braza!

— Pois é sô! Os fejão cabô com meus dedo tudo!

— Uai cumpade! Ocê num cuzinhô os fejão antes não?

52
21
31

Joãozinho ainda no auge dos seus 6 anos foi passar uns dias a casa da avó. Ele brincava na rua com alguns amigos e foi a casa tirar uma dúvida com a avó:

— Vovó, como se chama aquilo quando duas pessoas dormem no mesmo quarto e ficam uma em cima da outra?

A avó assustou-se com a pergunta, pensou e achou que seria melhor dizer a verdade:

— Bem, Joãozinho, a isso chama-se uma relação sexual...

Joãozinho ficou satisfeito com a resposta e voltou para a rua brincar. Passados alguns instantes entra em casa novamente, todo esbaforido, e diz:

— Vó, vó... aquilo que eu perguntei se chama é beliche... e a mãe do Zezinho agora quer falar com você!

113
88
25

Dois amigos conversando, quando um confidencia ao outro:

— Acho que minha mulher anda mentindo para mim.

— É mesmo? E o que aconteceu?

— Ah, ela passou a noite inteira fora e me disse que estava na casa da irmã dela.

— E por que você acha que ela estava mentindo?

— Ah, porque quem estava com a irmã dela era eu!

36
27
9