Piadas de Amor

196
108
88

Viagra Feminino

Cientista japonês descobre novo viagra feminino, o produto é conhecido pelos japoneses pelo nome de KATON. Um repórter foi entrevistar o japonês responsável pela descoberta e pergunta:

— Quando você dá o KATON para mulher, o que acontece?

— Mulher fica alegre, carinhosa, bondoóóósa, non? Te beija, abraça o dia inteiro e noite inteirinha. Não dá sossego, quer transar quantas vezes você aguentar. Te chama de "meu amor" e "minha vida" — afirma o japonês.

— Puxa, mas este produto é fantástico mesmo hein? Mas o nome é mesmo KATON?

— Sim, sim! KATON... KATON DE CRÉDITO.

97
48
49

Sabor da Camisinha

O namorado comprou um monte de camisinhas com sabores diferentes e sugeriu para a moçoila:

— Vou apagar a luz e colocar uma delas, vamos ver se você advinha o sabor.

A luz se apaga, ela espera uns instantes, abocanha o membro do rapaz e dispara:

— Gorgonzola!

— Calma, amor! Eu ainda nem coloquei!

85
43
42

Namorados na Moita

Ramon e Nilzecléia passeavam de mãos dadas pelo parque da cidade. Enquanto caminhavam, o rapaz sentia que algo fica cada vez mais quente no meio de suas pernas. E não era o joelho... O desejo de Ramon aumentava enquanto caminhavam entre as grandes e sombrias árvores. Ramon já não aguenta mais de tesão e começa a agarrar a namorada.

No meio do amasso, Nilzecléia o interrompe, dizendo:

— Ai, amor! Pára, que eu quero fazer xixi!

Mesmo contrariado com o pedido, Ramon concorda:

— Tudo bem, Nilzecléia. Então vai ali, atrás daqueles arbustos.

Mas o safadão já não conseguia se controlar... Ele, nervoso e possuído pelo desejo, escuta o som erótico da calcinha deslizando pelas coxas grossas de Nilzecléia.

Incapaz de se conter, Ramon segue seus instintos animais e estende o braço até tocar a perna de Nilzecléia. Suavemente, sobe as mãos mais e mais, até segurar algo grosso e quente, no meio das pernas dela!

Assustado, ele pergunta:

— Nilzecléia! Por Deus! Você mudou de sexo?

Ela responde, gemendo:

— Não! Mudei de ideia... Estou fazendo cocô!

70
31
39

Esmola pro Ceguinho

Um homem, na companhia de um cachorro, pede dinheiro na rua e carrega uma placa onde está escrita e seguinte frase:

"Dê esmola ao pobre ceguinho, pelo amor de Deus."

Um ladrão vê o mendigo e fica observando-o durante um bom tempo. Quando percebe que a caixinha do homem já está cheia de dinheiro, decide roubá-la. Sem medo de ser notado pelo cego, o malandro vai em direção a ele e, no momento em que vai pôr as mãos na grana, é surpreendido pelo sujeito, que começa a lhe dar uma tremenda surra.

O ladrão, então, grita indignado:

— Mas você não é cego?

— Não, cego é o cachorro!

134
95
39

Robô Escravo Sexual

— A mulher está na cama com um amigo e de repente ouve o barulho da chave na fechadura.

— Fica nervosa, principalmente, porque nos apartamentos modernos não há espaço debaixo da cama, estão a 20 andares de altura, não há armários... e, de repente, ela diz ao amante,

— Querido, fica tranquilo e faz tudo o que eu disser.

— Fica ali de pé, como se fosse um robô, sem pestanejar.

O marido entra:

— Olá amorzinho! Olha, anteciparam o voo e eu cheguei um dia antes... mas... quem é esse tipo e que merda está fazendo aqui nu, aí plantado?

A mulher sorri e responde:

— Como você tem me abandonado com essas viagens e reuniões, resolvi comprar este robô escravo sexual modelo ROTASEXY-2012. Venha, aproxime-se... toque-o... Tem pele de verdade; é arrefecido a água; gasta pouco, processador de 3 GHz, ligação 3G à Internet, atualizações automáticas, etc...

— Mas, amor... havia necessidade disso?

— E o que você queria? Que eu transasse com algum vizinho ou com o porteiro do prédio?

— Está bem, deixe de besteira e vamos para a cama — disse ele.

A mulher, que já estava cansada, responde:

— Ai, fofinho, é que... estou com dor de cabeça e além do mais, eu estou naqueles dias...

— Que saco! Então, porque não vai arranjar qualquer coisa para eu comer?

A mulher sai do quarto e vai para a cozinha. O marido, que ficou a sós com o suposto robô, olhando-o, diz:

— Se este invento é bom para a minha mulher, também vai servir para mim.

E então, puxa-o pelo braço, atira-o para cima da cama, coloca-o de quatro e, quando está a ponto de partir para os finalmente, o robô diz nervosamente e com a voz mais metálica e robótica que consegue:

— ERRO! ERRO DE SISTEMA, ENTRADA INCORRETA! ERRO! ERRO DE SISTEMA, ENTRADA INCORRETA.

O marido olha-o de alto a baixo, sobe as calças e diz:

— Que se lixe a merda do robô moderno. Vou atirá-lo agora mesmo pela janela...

O amante, assustado, ao lembrar dos 20 andares do prédio, grita com a mesma voz metálica:

— SISTEMA ATUALIZADO! DOWNLOAD DE SOFTWARE COMPLETO! POR FAVOR, TENTE NOVAMENTE!

72
46
26

Pequeno Pedido

— Oi, amor! Nossa, como você está cheiroso! — diz a mulher, toda dengosa, ao marido.

— O que foi, Valquíria?

— Nada! Não posso elogiar você, não?

— Fala logo, Valquíria.

— Ai, amor, que bobagem. Mas, sabe, eu queria mesmo pedir uma coisinha... Posso?

— O que é dessa vez?

— É uma coisinha bem pequena...

— Fala logo, Valquíria...

— Compra um rádio de presente para o seu docinho aqui?

— Ah, só um rádio! — responde ele, aliviado — E que tipo de radio você quer, querida?

— Ah... Pode ser um daqueles que tem um carro por fora!

83
29
54

Carinho Com a Esposa

O português recebeu uma visita inesperada em sua casa:

— Oi Manoel, como você está?

— Estou bem, Joaquim, e você?

Enquanto isso, chega a esposa de Joaquim na sala e ele pede para ela:

— Meu amorzinho, será que você pode pegar para a gente 2 copos de água?

Mais tarde ele pede novamente para a esposa:

— Meu docinho, será que você pode fechar a janela?

Alguns minutos depois ele pede:

— Amor da minha vida, será que você pode pegar uns petiscos?

E observando o carinho com que Joaquim se referia a sua mulher ele comenta:

— Mas que coisa bonita, Joaquim, 35 anos de casado e ainda fala com todo esse carinho com a sua esposa. Qual o segredo?

— Oras, não tem segredo nenhum, é que já faz 16 anos que esqueci o nome dessa filha da puta!

22
-28
50

Buraco Negro da Mulher

Paulinho chega a noite pra sua mulher todo animado para ter uma otima noite, ele deita na cama com ela e diz:

— Amor vamos tirar o atraso e dar um gratino?

Sua mulher quase que indignada responde:

— Paulinho, não é assim que se chega em uma mulher tem que ser educado.

— Tudo bem, amor.

Paulinho vai ao banheiro, passa um perfume, volta para cama e diz:

— Permita-me lhe fazer carinhos e depois entrar no buraco negro

Sua mulher responde:

— Nossa Paulinho, é isso que você acha do meu brinquedinho, poxa.

No outro dia Paulinho comentava com os amigos do trabalho que tinha percebido que sua mulher tinha ficado chateada. De tarde quando ele chega em casa, Paulinho vê algo inusitado, sua mulher está nua de pernas abertas com um espelho entre elas. Ele intrigado com aquilo pergunta:

— Amor, o que você está fazendo?

Ela tentando disfarçar responde:

— Tô fazendo exercícios, bem!

Ele percebendo a tentativa de fuga da situação da mulher diz:

— Pode continuar fazendo o exercício, mas cuidado para na cair nesse buraco aí, viu!

93
36
57

Diferença Entre Mãe e Sogra

Duas distintas senhoras encontram-se após um bom tempo sem se verem. Uma pergunta à outra:

— Como vão seus dois filhos... a Rosa e o Francisco?

— Ah! querida... a Rosa casou-se muito bem. Tem um marido maravilhoso. É ele que levanta de madrugada para trocar as fraldas do meu netinho, faz o café da manhã, arruma a casa, lava as louças, recolhe o lixo e faz a faxina. Só depois é que sai para trabalhar, em silêncio, para não acordar a minha filha. Um amor de genro! Benza-o, ó Deus!

— Que bom, heim amiga! E o seu filho, o Francisco? Casou também?

— Casou sim, querida. Mas tadinho dele, deu azar demais. Casou-se muito mal... Imagina que ele tem que levantar de madrugada para trocar as fraldas do meu netinho, fazer o café da manhã, arrumar a casa, lavar a louça, recolher o lixo e ainda tem que fazer a faxina! E depois de tudo isso ainda sai para trabalhar em silêncio, para sustentar a preguiçosa, da minha nora.

56
39
17

Pedido da Velhinha

Eu estava fazendo compras em um supermercado e uma velhinha me seguia pelas gôndolas empurrando seu carrinho e sempre sorrindo. Eu parava para pegar algum produto, ela parava e sorria: uma graça a velhinha! Já na fila do caixa, ela estava na minha frente com seu carrinho abarrotado, sorrindo:

— Espero não tê-lo incomodado, mas você se parece muito com meu falecido filho...

Com um nó na garganta, respondi não haver problema, tudo estava bem.

— Posso lhe pedir algo incomum? disse-me a senhora idosa.

— Sim. Se eu puder lhe ajudar...

— Você pode se despedir de mim dizendo "Tchau, mamãe, nos vemos depois"? Assim dizia meu filho querido... ficarei muito feliz!

— Claro senhora, não há nenhum problema, disse eu para alegria da velhinha.

A velhinha passou suas compras pela caixa registradora, empurrou o carrinho cheio com certa dificuldade, se voltou sorrindo e, agitando sua mão, disse:

— Tchau meu filho...

Cheio de amor e ternura, lhe respondi efusivamente:

— Tchau mamãe, nos vemos depois?

— Sim... nos vemos depois querido!

Contente e satisfeito com o pouco de alegria dado à velhinha, passei minhas compras.

— R$ 688,00, disse a moça do caixa.

— Tá louca? Um sabonete, duas pilhas e um desodorante ?

— Mas as compras da sua mãe...ela disse que você pagaria!

— Velhinha filha da puta!

57
37
20

Romantismo Masculino

Uma mulher apaixonada envia uma mensagem de texto, com muito amor, ao celular de seu amado dizendo:

Meu amor,
Se você está dormindo, me envie teus sonhos!
Se você está rindo, me envie teu sorriso!
Se você está chorando, me envie tuas lágrimas!
Eu te amo!

E o homem responde ao seu amor:

Meu amor,
Eu estou cagando...
Quer que te envie alguma coisa?

36
10
26

Escolhendo o Jantar

Ontem à noite eu estava sentado no sofá, vendo TV, quando ouvi a voz da minha mulher vindo da cozinha:

— O que você vai querer para o jantar, meu amor? Peixe, frango, bife ou pernil?

Eu disse:

— Vou querer carne querida, obrigado.

Ela respondeu:

— Você vai é tomar sopa! Eu estava falando com o cachorro!

31
-26
57

Eu Tinha Tudo

Dois amigos se encontram em um bar. Após algumas cervejas, um deles começa a chorar desesperadamente. Preocupado, o outro pergunta:

— O que aconteceu? Está tudo bem?

O sujeito tenta se acalmar e responde:

— Eu tinha tudo, sabe? Estava com dinheiro, uma casa bonita, um carro extraordinário, o amor de uma linda mulher... Era tão feliz! De um dia para o outro, tudo se acabou. Não tenho mais nada!

— Mas o que aconteceu? — pergunta o amigo.

— Minha mulher descobriu tudo e pediu o divórcio.

272
35
237

Jesus no Bar

Estavam um carioca, um paulista e um baiano no boteco do Mercado Modelo, quando o carioca diz aos outros:

— Mermão, esse cara que entrou aí é igual a Jesus Cristo.

— Tás brincando! – dizem os outros.

— Tô te falando! A barba, a túnica, o olhar...

O carioca levanta-se, dirige-se ao homem e pergunta:

— Mermão, digo, Senhor, tu é Jesus Cristo, não é verdade?

— Eu? Que idéia!

— Eu acho que sim. Aí, tu é Jesus Cristo!

— Já disse que não! Mas fale mais baixo.

— Pô, eu sei que tu é Jesus Cristo.

E tanto insiste, que o homem lhe diz baixinho:

— Sou efetivamente Jesus Cristo, mas fale baixo e não diga a ninguém, senão isto aqui vira um pandemônio.

— Mas eu tenho uma lesão no joelho desde pequeno. Me cura aí, brother, digo, Senhor!

— Milagres não, pelo amor de Papai. Tu vais contar aos teus amigos, e eu passo a tarde fazendo milagres.

O carioca tanto insiste, que Jesus Cristo põe a mão sobre o joelho dele e o cura.

— Valeu, viu! Ficarei eternamente grato!

— Sim, sim, mas não grite! Vá embora e não conte a ninguém.

Logo em seguida chega o paulista.

— Aí, ô meu! O meu amigo disse-me que és Jesus Cristo, e que o curaste. Tenho um olho de vidro, cura-me também!

— Não sou Jesus Cristo! Mas fale baixo.

O paulista tanto insistiu, que Jesus Cristo passou-lhe a mão pelos olhos e curou-o.

— Ô lôco, meu! Obrigado mesmo!

— Agora vá embora e não conte a ninguém.

Mas Jesus Cristo bem o viu contando a história aos outros dois, e ficou à espera de ver o baiano ir ter com ele. O tempo foi passando, e nada. Mordido pela curiosidade, dirigiu-se à mesa dos três amigos, e pondo a mão sobre o ombro do baiano, perguntou:

— E tu, não queres que...

O baiano levanta-se de um salto, afastando-se dele:

— Aê, meu rei! Tira as mãozinhas de mim, que eu ainda tenho seis meses de licença médica!

29
-27
56

Limpeza da Casa

Um homem e uma mulher, que haviam acabado de se casar, não davam muita atenção à limpeza da casa. Desde que começaram a morar juntos, nunca haviam feito uma faxina, isso não incomodava nenhum dos dois, até o momento em que o marido gritou do corredor:

— Amor, o que houve aqui no quarto?

— Como assim?

— Você andou limpando a casa?

— Sim, por quê?

O marido falou, desapontado:

— O que você fez com a poeira que estava em cima do criado-mudo? Eu tinha anotado um número de telefone importante nela.

241
187
54

Posso Ter Filhos

Joãozinho pergunta para a professora:

— Fêssora, um menino como eu pode ter filhos?

— Claro que não Joãozinho, você só tem 10 anos!

— E uma menina como a Mariazinha pode ter filhos?

— Também não meu amor, ela só tem 9 aninhos!

Joãozinho se vira para Mariazinha e diz:

— Eu num disse que num tinha perigo!

217
167
50

Dois Coroas no Puteiro

Dois coroas, depois de encherem a cara no bar, decidem ir a uma casa de baixo meretrício. A dona do bordel olha bem para os dois e chama a sua gerente:

— Vá aos dois primeiros quartos e coloque uma boneca de inflar em cada cama. Esses dois estão tão velhos e bêbados que não vão notar a diferença. Não vou gastar minhas meninas com esses dois.

A gerente cumpre as ordens e os dois coroas vão para os seus respectivos quartos e "fazem os seus deveres de casa"...

No caminho de volta para casa, um dos coroas diz:

— Acho que a mulher que estava comigo estava morta!

— Morta?... Diz o outro. Porque você acha isso?...

— É que ela não se moveu e não falou nada enquanto eu fazia amor com ela.

— Podia ter sido pior, diz o outro.

— Antes transar com uma mulher morta do que transar com uma bruxa...

— Uma bruxa?. Por que cargas d'água você acha isso?

— Bem, é que eu estava nas preliminares maior delícia, eu tava fazendo tudo que queria, dei uma mordida na bunda dela. Aí ela peidou na minha cara, saiu voando pela janela e ainda por cima levou a minha dentadura!

88
68
20

Uma Onda Gigante

O marido da Maria chega em casa todo estressado, e Maria pergunta:

— O que foi Manoel?

Ele responde:

— Ah... nessa cidade só tem corno, queria que viesse uma onda e levasse todos os cornos embora daqui!

Maria quase chorando fala:

— Aí amor, nem brinca com isso, eu ia morrer de saudades de você!

33
14
19

Pinto Crescendo Muito

Quando João percebeu que seu pinto estava crescendo a cada dia, ficou muito contente, bem como sua esposa. Mas algumas semanas depois seu pinto havia crescido quase meio metro. Preocupado, o casal
procurou um urologista.

Após um pré-exame, o médico explicou que, embora raro, o problema de João poderia ser curado com uma pequena cirurgia corretiva.

— Por quanto tempo meu amor ficar de muletas, doutor? — perguntou a mulher ansiosamente.

— Muletas? Por que ele iria precisar de muletas? — perguntou surpreso o médico.

— Ora, disse a mulher, o senhor vai aumentar as pernas dele, não vai?

31
16
15

Pássaro Destruidor

Uma mulher era casada com homem muito grosso, toda vez que ele chegava do trabalho já ia dizendo:

— Ô sua puta! Cade a porra do almoço? Eu trabalho pra caralho e quando chego em casa ainda tenho que aturar você, sua vaca!

Certo dia ela resolve comprar um bichinho de estimação, para aplacar sua solidão. Chegando na loja de animais:

— Pois não, minha senhora?

— Eu vim comprar um bichinho de estimação pra me fazer companhia.

— Pois veio ao lugar certo! Que tal este cachorrinho lindo.

Tem Pedigree, é mansinho e muito brincalhão.

— Não, cachorro acho que não vai da certo. Eu moro em apartamento e esta cachorro iria destruir tudo, fazer barulho. Não, não quero.

— Então, que tal este peixinho dourado de raça nobre, seu pai ganhou 3 prêmios de beleza, e sua mãe é um reprodutora excepcional.

— Não, ele só fica ali no aquário parado, fazendo glub-glub-glub. Não, eu quero um companheiro!

— Então acho que tenho exatamente o que você está procurando...

E foi buscar no depósito da loja uma gaiola com um pano cobrindo. E fazendo aquele suspense.

— Prepare-se, minha senhora, pois está prestes a conhecer seu fiel companheiro. Apresento-lhe, Destruidor.

Lá estava um pássaro dentro da gaiola, quietinho, com se empalhado parecido com um pica-pau, mas num tamanho 3 vezes maior...

A mulher espantada pergunta:

— Ele é lindo, mas por que é chamado de Destruidor?

— Observe... Destruidor, a cadeira!

Foi então, que o pássaro saindo daquele estado quase de morte voou em direção a uma cadeira velha que havia no deposito e simplesmente deixou ela em pedaços.

— Puxa! Ele não deixou um pedaço inteiro. . .

— A senhora não viu nada. . . Destruidor o armário.

E era uma vez uma armário.

— Pode colocar na gaiola que vou levá-lo imediatamente.

Quando a mulher chega em casa já é muito tarde e não há mais tempo para preparar o almoço... Neste momento que chega o marido mal educado:

— Ô sua vagabunda, cadê a porra do meu almoço?

— Beim, não deu pra fazer. Eu fui numa loja comprar um animalzinho de estimação pra me fazer companhia.

— Você é louca, mulher? Sua puta, eu tô com uma fome da porra e tu vem me dizer que não fez o almoço!

— Amor, quero que você conheça meu animalzinho, este aqui é o Destruidor!

— Destruidor o caralho!

E lá foi o pássaro...

115
47
68

Uma Pergunta Pessoal

O professor estava aplicando uma prova numa turma de ensino médio. Já perto de terminar o horário Joãozinho diz:

— Fessor, posso fazer uma pergunta?

— Se for sobre a prova, pode.

— Ah Fessor, não é sobre a prova não.

— Então, não pode.

— Ah Fessor, deixe aí vai...

Ele insistiu tanto que o professor concordou:

— Tá bom, Joãozinho, pergunte.

— Fessor, quando você faz amor, o senhor beija na boca?

Ele sem entender nada, repreendeu o aluno:

— Isso não é coisa que se fale, Joãozinho.

— Fessor, responda ai. É importante pra mim.

Percebendo que a turma toda estava atenta a conversa, ele resolveu responder a pergunta.

— Sim, Joãozinho. Quando eu faço amor eu beijo na boca.

— Fessor, me beije na boca!

E o professor ficou completamente encabulado:

— Que é isso, Joãozinho? Por que eu beijaria você?

— Ah Fessor, é que sua prova me fudeu todinho!

78
70
8

Empregada Muito Atraente

João convidou sua mãe para o jantar. Durante a refeição, sua mãe não pôde deixar de notar o quanto a empregada era atraente e sensual. Após o jantar, ela começou a imaginar se havia mais alguma coisa entre seu filho e a empregada. Lendo os pensamentos da mãe, João disse:

— Eu sei o que você deve estar pensando mãe, mas te asseguro que meu relacionamento com a empregada é duramente profissional.

Uma semana depois, a empregada disse para o João:

— Desde que sua mãe veio para jantar, a concha de sopa de prata sumiu.

— Você não acha que ela levou, acha?

João disse:

— Bem, eu duvido, mas mesmo assim vou escrever um e-mail para ela, só para ter certeza.

Então ele sentou-se e escreveu:

— Querida mamãe, eu não estou querendo dizer que você pegou a concha de sopa da minha casa, e não estou querendo dizer que você não pegou a concha de sopa. Mas o fato é que ela sumiu desde o dia que você esteve aqui para o jantar.

No dia seguinte, João recebeu a resposta do e-mail onde sua mãe dizia:

— Querido filho, eu não estou querendo dizer que você dorme com a empregada, e não estou querendo dizer que você não dorme com a empregada, mas, o fato é que, se ela estivesse dormindo na própria cama dela, já teria achado a concha de sopa que eu coloquei lá. Com amor, sua mãe.

33
22
11

Banheiro no Bar

O padre está dirigindo o seu carro, voltando de um casamento quando de repente fica com uma vontade incontrolável de tirar água do joelho. Rapidamente ele para o carro e, como padres não podem mijar nas ruas, entra no primeiro bar que vê. No bar as mulheres de mini-saia, os punks, clubbers e roqueiros param de dançar, olham assustados para o padre e ele pergunta:

— Pelo amor de Deus, onde fica o toalete?

O barman cochicha para o sacerdote:

— Desculpe, seu Padre... Acho que é melhor o senhor não usar o nosso banheiro! Lá há uma estátua de uma mulher pelada com apenas uma folha de parreira cobrindo o sexo. Isso com certeza não vai agradar o senhor...

— O que é isso! — diz o padre, aflito — Eu posso muito bem suportar este tipo de objeto pagão!

E então o padre se dirige até o banheiro e todos do bar ficam muito intrigados.
Quando ele volta todos estão dançando novamente e o cumprimentam, abraçam e chamam para dançar.

— O que significa isso? — perguntou o padre, abismado.

— Agora você é um dos nossos! — gritou um jovem, com uma garrafa na mão.

— Por quê? — perguntou o padre — Só porque eu fui no banheiro?

— Não exatamente! — intervém o barman — É que toda vez que alguém vai ao toalete e levanta a folha de parreira, todas as lâmpadas do bar se apagam e se acendem!

31
7
24

Duas Baratas no Lixo

Duas baratas estavam remexendo numa lata de lixo.

— Eu estive naquele restaurante novo do outro lado da rua. Você não acredita! É muito arrumado e a cozinha é tão limpa, que o chão até brilha.

— Por favor, agora não, pelo amor de Deus! Eu estou comendo!

27
-31
58

Ressaca de Manhã

Foi uma bela festa de casamento naquela cidade da Galiléia. Vinho, não faltou: foi servido o melhor da melhor safra. No dia seguinte, José acordou com muita dor de cabeça, uma puta de uma ressaca, a boca ressequida. Nem pôde se levantar da cama. Chamou a mulher e pediu:

— Maria! Me traz um copo d'água, ó Maria.

— Ó filho, leva essa água ali pro teu pai — disse Maria.

— Pelo amor-de-meu-Pai, não deixa o menino tocar nessa água, Maria — implorou José.

31
17
14

Passeio no Iate

Paulo entra no barzinho e encontra Mauricinho sentado no balcão todo sorridente.

— Mauricinho, por que você está contente desse jeito?

— Tenho que te contar tudo, cara. Ontem estava na praia encerando meu iate, só dando um trato, quando chegou uma menina linda e me falou:

— Me leva pra passear no teu iate?

— Claro que sim!

— E quando estávamos em alto mar, desliguei o motor e falei pra ela: Pode escolhe: transar comigo ou nadar até a praia. E a menina não sabia nadar! Ela não sabia nadar!

No dia seguinte Paulo volta ao mesmo barzinho e lá está Mauricinho, com um sorriso ainda maior que o da noite anterior.

— E hoje, por que você está tão contente, Mauricinho?

— Paulo, você não vai acreditar! Hoje pela manhã estava no cais acabando de encerar meu iate, quando chegou uma linda morena e me falou:

— Você pode me leva pra passear no teu iate?

— Mas é claro!

— Chegando em alto mar, desliguei o motor e falei: Você pode escolher: transar comigo ou volta nadando! E ela não sabia nadar Paulo, não sabia nadar!

Alguns dias depois Paulo entra outra vez no barzinho, Mauricinho está no balcão praticamente chorando sobre um uísque.

— O que houve Mauricinho? Por que está acabado desse jeito?

— Vou te contar Paulo, não dá para esconder. Ontem estava na praia encerando o iate, aí, aparece uma loira fenomenal, alta, bem alta, linda, corpão, sensual, sexy, e... falou:

— Oi. Que tal se você me levar pra passear no teu iate?

— Meu amor, na hora que você quiser!

De novo, fomos para alto mar, desliguei o motor e, conforme de costume, falei: Querida, você escolhe: transa comigo ou vai ter que nadar até a praia!

— A loiraça tirou a parte de cima do biquíni. Paulo, ela tinha seios enormes! Perfeitos! Depois tirou pequena saia... depois tirou a calcinha do biquíni... E... Paulo... Paulo...

— Fala logo, Mauricinho!

— A loira era um cara! Paulo... Um homem grandão com um bilau enooorme, muito grande, Paulo!... E eu, Paulo... eu não sei nadar, Paulo! Não sei nadar!

110
66
44

Fingindo Ser Virgem

Uma mulher ia se casar, mas seu noivo não sabia que ela não era mais virgem. Então, para não decepcioná-lo na lua de mel, resolve perguntar para uma amiga o que deveria fazer. E a amiga lhe dá uma sugestão:

— Antes de transar, você vai ao banheiro, com a desculpa de que vai se arrumar para ele, e nessa hora você coloca uma pequena bexiga no local do hímen.

Aceitando a sugestão, na lua de mel, na hora H, ela foi ao banheiro e fez o planejado. Voltou ao quarto e, lépida, se entregou ao marido. Rolou aquele aquecimento básico e o cara, já bem animado, partiu para cima. No momento do bem-bom ouve-se um pequeno estouro. Ele se assusta, interrompe o ato, olha para o pênis e fica parado de boca aberta. Ela mais do que depressa pergunta:

— O que houve meu amor? Nunca viu um hímen?

O marido responde:

— Já, mas em nenhum estava escrito "Feliz Aniversário"!

197
115
82

Parar ou Diminuir

Um advogado dirigia distraído quando, num sinal PARE, passa sem parar, mesmo em frente a uma viatura da polícia.

Ao ser mandado parar, toma uma atitude de espertalhão...

— Boa tarde. Documento do carro e habilitação.

— Mas por quê, policial?

— Não parou no sinal de PARE ali atrás.

— Eu diminuí, e como não vinha ninguém...

— Exato. Documentos do carro e habilitação.

— Você sabe qual é a diferença jurídica entre diminuir e parar?

— A diferença é que a lei diz que num sinal de PARE deve parar completamente. Documento e habilitação.

— Ouça policial, eu sou advogado e sei de suas limitações na interpretação de texto de lei, proponho-lhe o seguinte: se você conseguir me explicar a diferença legal entre diminuir e parar eu lhe dou os documentos e você pode me multar. Senão, vou embora sem multa.

— Muito bem, aceito. Pode fazer o favor de sair do veículo, senhor advogado?

O advogado desce e é então que os policiais baixam o cacete, é porrada pra tudo quanto é lado, tapa, botinada, cassetete, cotovelada, etc.

O advogado grita por socorro, e pede para pararem pelo amor de Deus. Então o policial pergunta:

— Quer que a gente PARE ou só DIMINUA?