Os Vigaristas

Anãozinho e o Beco

105
52
53

E ia o anãozinho pro trabalho quando ao passar perto de um beco é surpreendido por um negão de quase dois metros de altura:

— Ei, nanico, você até que é jeitosinho, hein?

E CRAU no anãozinho!!

— Ô baixinho, não esquenta a cabeça: se perguntarem pode falar que foi você quem me traçou, certo?

No dia seguinte o nanico foi mais esperto e tomou outro caminho. E não é que ele encontrou o mesmo "cavalheiro" do dia anterior?

— Opa, olha só quem vem lá... já estava com saudades!

E CRAU de novo no anão.

— Ô, baixote, como eu já te falei, se você quiser, pode falar pra todo mundo que foi você quem me traçou!

No dia seguinte, mais prevenido, o baixinho chamou um amigo seu, também anão, pra acompanhá-lo. No meio do caminho avistam do outro lado da rua, o negão e então ele comenta com o amigo:

— Tá vendo aquele negão ali? Sabia que eu já tracei ele?

— Eu também. Vamos correr!