Piadas de Animais

46
30
16

Galo Garanhão

Aquele famoso fazendeiro era dono do maior galinheiro da região.

Certo dia, conversando com um amigo, ele comenta:

— É Zé, tô cum problemão que ocê nem imagina...

— É memo, uai? Que pobrema?

— Num consigo encontrar um galo pra cruzar todas minhas galinhas!

— Ora, mais isso é fácir de arresorvê! Tenho um galo aqui que parece um garanhão. Pode levá procê!

Alguns dias depois:

— Ô Zé, aquele galo num guentô o baque! Depois de cobrir metade das galinhas o bichinho caiu mortinho no chão.

— Êta, diacho! Os galos de hoje em dia só são bão de garganta! Mais num perca as isperança, meu amigo, você leva o Dão Ruão, tenho certeza de que ele vai arresorvê o seu pobrema.

E vai se embora o fazendeiro, com o Dão Ruão debaixo do braço.

Naquela noite, era tanto o barulho do cacarejar da galinhada que ele nem conseguiu dormir direito.

No dia seguinte, logo ao acordar, todas as galinhas estavam com um sorriso estampado nos bicos, mas, para sua decepção, o Dão Ruão estava estirado no chão, imóvel, rodeado de urubus.

— Puta que pariu! — lamentou. E foi buscar uma pá para enterrá-lo.

Contudo, quando se aproximou do bichinho, este levantou um pouquinho a cabeça, abriu um dos olhos e sussurrou:

— Psiu... Não faz barulho que eu quero ver se pego uma dessas moreninhas!

16
4
12

Diferenças do Intelectual

Duas grandes amigas, não se viam há muito tempo:

— Puxa vida! Quanto tempo, hein!

— É verdade! E aí, alguma fofoca nova?

— Nem te conto, menina... Saí ontem com um intelectual!

— É mesmo? Me diz, como é que foi?

— Ah... Com intelectual é tudo diferente. Já começa que intelectual não tem pau!

— Não?

— Não... Intelectual tem pênis!

— É? E como é que é?

— É igualzinho a pau, só que é mole!

30
25
5

Observações dos Animais

Rolando a maior festa na selva, quando o elefante, já meio mamado pergunta pro camelo:

— Fala aí, camelo! Me diz uma coisa, por que é que você tem as mamas nas suas costas?

O camelo não deixou barato, e respondeu:

— Sabe que essa é uma pergunta bem estranha... Afinal, ela vem de alguém que tem o pinto na testa...

19
13
6

Fila no Bar

No meio da selva estava um calor terrível e o único bar existente tinha uma fila de quilômetros...

Então, o coelho começa a passar correndo ao lado da fila, mas quando chega ao lado do leão, leva uma patada e ouve do rei das selvas:

— Vai para o fim da fila, malandro.

O coelho passa ao lado do leão e continua. O tigre dá-lhe outra tremenda patada e manda o coitado para o fim da fila.

Mais uma vez, ele começa a correr e, de repente, leva uma patada do crocodilo. Com o saco cheio de levar patadas e ser mandado para o fim da fila, o coelho grita:

— Cacete! Hoje não vou conseguir abrir essa porcaria de bar!

20
-3
23

Cavalo Esperto

Viajando pelo interior de Minas, o sujeito sente seu carro falhar e, sem alternativas, pára no acostamento.

Ele não entende nada de mecânica, mas como não há nada para se fazer, ele abre o capô, mexe de lá, mexe de cá e não chega a nenhuma conclusão, até que ele ouve uma voz misteriosa:

— Foi o cabo da vela que se soltou!

Ele olha para todos os lados, mas não vê ninguém e a voz insiste:

— Veja o cabo da vela. Deve estar solto!

Novamente ele não vê ninguém, além de um cavalo que estava junto à cerca. Então ele examina o cabo da vela e confirma: alí estava o defeito. Aliviado, ele liga o carro e segue o seu caminho. Logo adiante ele pára em um boteco, na beira da estrada para tomar um café e resolve contar o acontecido. Um dos presentes pergunta:

— De que cor era o cavalo que estava junto à cerca?

— Preto! — responde ele.

— Você deu foi sorte... — emenda outro caipira — Porque o cavalo branco não entende nada de mecânica!

16
0
16

Buraco do Tatu

Dois caçadores estavam tentando tirar um tatu de um buraco, quando um deles, que estava segurando o bicho pelo rabo, cansado de tanto fazer força, gritou para o companheiro:

— Enfia o dedo no cu dele que ele sai!

O sujeito enterrou o dedo no cu do tatu que saiu rapidinho, botou as mãos na cintura e esbravejou:

— Porra! Vocês vieram aqui pra caçar ou pra me foder?

16
-5
21

Tartaruga Estuprada

A tartaruga chegou à delegacia desolada depois de ser estuprada e assaltada por uma gangue de lesmas. O delegado pediu:

— Será que a senhorita poderia me explicar com detalhes o acontecido?

— Ai, seu delegado! — disse a tartaruga, confusa — Tudo aconteceu tão depressa!

29
25
4

Bicho-preguiça

A bicharada resolveu fazer uma super festa no céu e assim que o baile ia começar, descobriram que estava faltando a guitarra.

Imediatamente o Leão, que era o responsável pelas músicas, virou-se para o bicho-preguiça e ordenou:

— Bicho-preguiça! Vá buscar a guitarra lá na terra!

Uma semana se passou e nada do bicho voltar com a guitarra. Putos da vida, os animais se reuniram e foram reclamar com o Leão:

— Isso já é demais! Que falta de consideração! — dizia um.

— O bicho-preguiça é um vagabundo! — rosnava outro.

— Ele não tem caráter — afirmava um terceiro.

E estavam nessa discussão quando, de repente, a porta se abre e surge o bicho-preguiça, com um semblante entristecido:

— Se vocês continuarem me esculhambando eu não vou mais!

16
7
9

O Ratinho e a Elefanta

O ratinho casa-se com a elefanta e, em plena Lua de Mel, quando começa delicadamente a sua tão sonhada tarefa de desvirginá-la, eis que uma abelha dá uma ferroada na orelha do paquiderme.

— Uaaaaaaauuu! — grita a elefanta.

— Desculpe, meu amor — intervém o ratinho todo orgulhoso. — Não tinha a intenção de ser brusco... mas é que você me deixa maluco!

14
0
14

Jegue Excitado

Um bando de macacos resolveu viajar e, dada a distância, eles pegaram uma carona com um jegue.

Quando já estavam mais ou menos na metade do caminho, o pobre jeguinho se excitou e parou, então um dos macacos resolveu descer e ver o que havia acontecido.

Ao olhar debaixo do animal, gritou:

— Desce todo mundo que o eixo quebrou!

22
12
10

Duas Lagartixas

Um lagartixo e uma lagartixa iam de mãos dadas atravessar a rua. Ele era alto, moreno, de olhos azuis, lindo como qualquer príncipe. Ela também era alta, loira, olhos verdes, linda como uma princesa, só que tinha um rabo enorme.

Quando estavam quase chegando no outro lado da rua, o lagartixo nota que a roda de uma bicicleta vem na direção do rabo da namorada e, num desespero de amor, ele empurra-a para cima da calçada e ela se salva.

Mas, por uma ironia do destino, a roda da bicicleta passa bem por cima da sua cabeça e ele morre.

Moral da história: por causa de um bom rabo muitas vezes se perde a cabeça.

16
3
13

Espirro e Orgasmo

Duas amigas se encontram:

— Você não imagina o que está acontecendo comigo — diz a primeira.

— O que é? — pergunta a outra, curiosa.

— De umas duas semanas pra cá, toda vez que eu espirro eu tenho um orgasmo!

— Nossa! E você está tomando alguma coisa pra isso?

— Rapé!

18
-20
38

Elefante e a Formiga

Um elefante e uma formiga andavam pelo deserto.

— O elefante: bum, bum, bum...

— A formiguinha: pim, pim, pim...

— O elefante: bum, bum, bum...

— A formiguinha: pim, pim, pim...

Uma certa hora, a formiga dá uma olhada para trás, depois vira-se para o companheiro e diz:

— Elefante!

— O quê?

— Dá uma olhada na poeira que nós estamos levantando!

15
-1
16

Atraso da Centopéia

A formiga, a cigarra e a centopeia combinaram de se encontrar na casa da formiga. A cigarra chegou na hora marcada, mas a centopeia só chegou depois de uma hora e a formiga perguntou:

— Por que você demorou tanto?

— É porque na porta tem um aviso, escrito assim: "Por favor, limpe os pés."

22
11
11

Tartaruguinha na Árvore

A tartaruguinha faz um grande esforço e começa a subir numa árvore. Depois de horas de muito esforço, ela consegue alcançar um galho bem baixo, mas escorrega e despenca no chão. Mas ela não desiste. Depois de se recuperar, se arrasta até a árvore e faz mais uma tentativa. E depois de subir uns três centímetros, pá! Cai no chão, onde fica agitando as patinhas, desesperada.

Enquanto isso, no topo da árvore um casal de pombos conversa:

— Querido — diz a fêmea, com os olhos cheios de lágrimas — Será que não está na hora de contarmos que ela é adotada?

18
10
8

Bigode do Motoqueiro

Duas pulgas conversavam:

— Essa noite quase morri de frio, cara! — diz o primeiro.

— Você dormiu aonde? — perguntou o amigo.

— Dormi no bigode de um motoqueiro!

— Você é doido, cara? Os motoqueiros vivem zanzando por aí e quem sofre é você que fica com o vento batendo na cara!

— Pois é! Nem me fala...

— Quer um lugar legal pra você dormir? Procura uma mulher de saia, sobe na perna dela e vai reto toda vida! Você vai chegar numa floresta quentinha, aí é só se esconder e dormir, sossegado!

Empolgadíssimo, a pulga logo encontrou uma mulher de saia e seguiu as recomendações do amigo.

Uma semana depois eles se reencontram:

— E aí, cara? Fez o que eu te falei?

— Você tava me sacaneando, né? — esbravejou a pulga friorento, partindo pra cima do amigo.

— Calma, cara! O que aconteceu? Não achou a floresta quentinha?

— Achar eu achei! Mas eu tava dormindo sossegado e começou uma confusão danada! Fui tão chacoalhado que fiquei tonto e, quando dei por mim, tava de novo no bigode do motoqueiro!

42
37
5

Comendo de Tudo

O sujeito entra no bar com um macaquinho no ombro, vai até o balcão e pede uma bebida. O macaquinho, muito esperto, fica pulando de mesa em mesa. Primeiro, ele pega umas azeitonas, examina bem de perto e engole. Depois, pega umas fatias de limão e come também. De repente, pula na mesa de sinuca, fica analisando as bolas coloridas e, pra surpresa de todos, engole também! O dono do bar se assusta:

— Você viu o que o seu macaco fez? Ele engoliu a bola de sinuca inteira!

O dono do macaquinho não se assustou.

— Ah, não liga, não. Ele come tudo que vê. Não se preocupe que eu pago.

Duas semanas depois, lá vem o mesmo homem com o mesmo macaquinho no ombro. E mais uma vez, o macaquinho, muito esperto, sai pulando de mesa em mesa, mexendo em tudo que encontra. De repente, ele vê algumas cerejas, pensa um pouco, pega uma delas, enfia no rabo, pega de volta e come! O dono do bar não se conforma:

— Mas o que é isso? Você viu o que o seu macaco fez agora?

— Não. O que foi? — pergunta o dono do macaquinho.

— Ele enfiou uma cereja no rabo, tirou e depois comeu!

O homem explicou:

— Ah, não liga, não. Desde que ele engoliu aquela bola de sinuca, ele mede tudo antes de comer!

22
11
11

Latidos de Cachorro

Um rato corre desesperadamente pela casa, com um gato em seu encalço. Para sua sorte, o pequeno roedor encontra uma buraco no rodapé da sala e se acomoda lá dentro. Depois de algum tempo de silêncio absoluto, o rato ouve latidos do lado de fora e pensa:

"Deve ter aparecido um cachorro, que espantou o gato. Como cachorro não liga para rato, estou salvo". E sai do buraco. Imediatamente, é apanhado pelo gato. Assustado, o rato pergunta:

— Mas como você pode estar aqui ainda, se eu ouvi uns latidos de cachorro?

— Ah, meu caro, hoje em dia, quem não falar dois idiomas morre de fome!

10
1
9

Cão Motorista

O guarda de trânsito para um carro onde o motorista é um cachorro e o passageiro, um homem.

— Você é louco? — pergunta o guarda ao homem, nervoso — Como é que deixa um cachorro dirigir um automóvel?

— Não tenho nada com isso — responde o homem — Ele só tá dando uma carona pra mim!

12
5
7

Surpresa na Fazenda

Um jovem da cidade grande foi visitar os avós na fazenda. Certo dia ele se oferece pra tirar leite da vaca. Acorda cedo, pega o balde, vai até o curral e fala no ouvido do bicho:

— Tenho uma surpresa pra você! Hoje quem vai tirar o seu leite sou eu!

E o animal fala:

— Também tenho uma surpresa pra você! Eu sou boi!

18
13
5

Ovo de Meio Quilo

No interior de Minas, uma galinha pôs um ovo de meio quilo. A historia correu e todo mundo queira saber detalhes. Jornais, televisão, repórteres... todos atrás da galinha.

— Como conseguiu esta façanha, Senhora Galinha?

— Isto é segredo de família.

— E seus planos para o futuro?

— Pôr um ovo de um quilo!

Todos vão entrevistar o galo, para obter mais detalhes.

— Como conseguiram tal façanha, Senhor Galo?

— Isto é segredo de família.

— E os planos para o futuro?

— Encher o avestruz de porrada!

11
3
8

Vaca Mecânica

Um cara dirigia numa estrada quando, de repente, o seu carro pifa de vez. Ele encosta e começa a mexer para tentar saber o que aconteceu. Uma vaca chega de mansinho, enfia a cabeça debaixo do capô e comenta:

— Pra mim, o problema é no motor.

O dono do carro leva o maior susto e fala ao proprietário da vaca:

— Amigo, é incrível! A sua vaca falou e disse que o problema do meu carro é no motor.

— Esquece. Essa aí só entende de motor a diesel.

11
7
4

Cão Morto

Um avião vinha do Nordeste para o Rio de Janeiro, então os funcionários do setor de desembarque de cargas perceberam que um cachorrinho chegou morto.

Desesperados, eles atrasaram o desembarque da bagagem dando uma desculpa qualquer, como sempre...

Depois de muita confusão, os funcionários concluíram que o comandante se esqueceu de aquecer o porão de cargas, o que matou o coitado do totó. Com medo de perder o emprego, um funcionário foi até um canil próximo e achou um cachorro idêntico ao falecido.

Liberaram as bagagens e entregaram o cachorro para a dona. Mas, apesar do esforço, a mulher insistia que aquele não era seu cachorro.

E os funcionários insistiam no contrário.

Por fim, um funcionário disse que ela não estava reconhecendo o cachorrinho era por causa da pressurização que afeta as pessoas.

Aí, a dona respondeu:

— Esta pressurização deve ser boa mesmo, pois meu cão embarcou morto no Nordeste para ser enterrado aqui no Rio.

25
14
11

Coelho Branquinho

Um urso e um coelho estavam defecando atrás de uma moita.

Aí o urso vira-se para o coelho e comenta:

— Puxa, que pêlo bonito você tem, tão branquinho. Você não se importa de sujar ele de merda?

— Não, por quê?

Então o urso pegou o coelho e se limpou com ele!