Armário

54
42
12

Uma certa vez, um cara, desconfiado que estava sendo traído pela mulher, chegou em casa mais cedo e encontrou a mulher deitada na cama. O malandro viu os lençóis todos amarrotados e a mulher pelada. Correu logo para a janela do prédio, e vê em baixo, um cara saindo do prédio ajeitando a gravata. Enfurecido, o marido nem pensou, jogou o armário em cima do coitado. Dias depois ele ficou sabendo que o homem era inocente. Entrou em desespero e se matou.

La na porta do céu, o anjo encarregado do portão perguntou:

— Meu filho, o que houve com você, que lhe trouxe aqui?

— Olha, seu anjo, eu não sei não. Eu estava apenas saindo atrasado de casa para o trabalho, mas estava tão atrasado que não deu tempo nem de me arrumar direito e quando saia do prédio em direção ao ponto de ônibus, ainda ajeitando a gravata, caiu um guarda roupas na minha cabeça e eu vim parar aqui.

O anjo, nem pensou e disse :

— Pode entrar meu filho!

Daqui a pouco chega outro cara, e o anjo pergunta:

— E então, meu filho, o que você fez pra parar aqui?

O cara respondeu :

— Poxa, seu anjo, achei que estava sendo traído e joguei um armário num sujeito.

Fiquei arrependido e me matei.

O anjo botou a mão no queixo, coçou a cabeça e respondeu :

— Pode entrar meu filho!

Dali a pouco chega outro cara e o anjo pergunta:

— E então meu filho, o que você fez que o trouxe aqui?

O cara respondeu :

— Sei lá seu anjo, eu estava dentro de um armário, quando de repente vim parar aqui!