Os Vigaristas

Auxílio da Vidente

62
45
17

Aquela mulher feia, coitada, tão desengonçada que nunca tinha conseguido ter um namorado, vai pedir auxílio a uma vidente.

— Minha filha! Nessa vida, você não vai ser muito feliz no amor — prediz a mulher.

— Mas na próxima encarnação você será uma mulher lindíssima, muito cobiçada e todos os homens se arrastarão aos seus pés.

A mulher saiu dali muito feliz e ao passar por um viaduto, pensou: "Quando mais cedo eu morrer, mais cedo começa a minha outra vida!" e atirou-se lá de cima.

Mas, por essas incríveis coincidências que só acontecem em sites de humor, ela não morreu porque caiu de costas em cima de um camião carregado de bananas e perdeu os sentidos.

Assim que se recuperou, ainda atordoada e sem saber onde estava, começou a apalpar em volta de si e quando sentiu a protuberância das bananas, murmurou com um sorriso nos lábios:

— Um de cada vez... por favor! Um de cada vez!