Azar no Pôquer

42
23
19

O sujeito chega em casa murcho, com o rabo entre as pernas.

— O que foi que aconteceu? — pergunta a mulher.

— Perdi todo o meu salário no pôquer!

A mulher fica uma fera:

— Também, pudera! Você é um imbecil! Não sabe que dá azar jogar em plena sexta-feira santa?

— E o sujeito que me rapelou? Por acaso tava jogando num sábado de aleluia?