Barbearia Cheia

15
10
5

Tinha um sujeito que todos os dias passava na porta de uma barbearia, por volta das 18 horas, e perguntava ao barbeiro português:

— Por favor, quantos tem ainda na minha frente?

— 4 pessoas.

— Xiii! Vai demorar. Volto outro dia.

E dia após dia, era a mesma coisa. Sempre ele deixava para cortar o cabelo outro dia...

Desconfiado de que sujeito trabalhava para a concorrência, o barbeiro contratou um menino para segui-lo, assim que ele saísse dali no dia seguinte.

No dia seguinte, lá pelas 18 horas, lá vem ele de novo:

— Por favor, quantos tem ainda na minha frente?

— Xiii! Hoje está concorrido. Tem ainda 9 pessoas.

— Hum... Vai demorar muito. Volto outro dia... — E foi-se embora.

Imediatamente, o menino o seguiu.

Na manha seguinte, o barbeiro chega ansioso para o menino e pergunta:

— E então? Para qual concorrente ele está trabalhando?

— Não deu para descobrir não! Ele entrou na casa 23 da Rua das Amoras e não saiu mais... Esperei umas 2 horas e cansado, fui embora.

— Raios! Ora pois! Essa é a minha casa!