Piadas de Bêbados

Na calma e pacata estação de Metrô, um bêbado e uma freira vinham em direções opostas. O bêbado todo vomitado, cambaleante, e a freira calmíssima com seu limpíssimo, hábito preto e branco...

O bêbado já havia percebido que a freira vinha ao seu encontro e cambaleava na direção dela... No momento que se cruzaram o bêbado agarrou a cabeça da freira e deu uma "testada".

A freira curvou-se para trás com o impacto, mas o bêbado segurou o hábito da freira e a jogou contra a parede. Com maestria e habilidade de um verdadeiro ninja, o bebum socou-lhe o estômago, agarrou-lhe a cabeça e a bateu contra a parede. "vassourada" jogou a coitada no chão e pisou em cima dela.

Após o término de tamanha barbaridade, o bêbado esfregou as mãos e disse com ar de superioridade:

— Esperava mais de você, Batman!

82
60
22

Uma procissão estava passando pela rua, e no meio dela estavam várias pessoas carregando uma santa, que estava bem no auto. Na mesma rua que estava passando a procissão, havia um bêbado do lado de fora. Ele vendo aquele movimento, várias pessoas juntas. Ele olha pro auto e vê a santa toda de verde e rosa. De repente ela dá um grito:

— Olha a mangueira aííí gente!!!

Todos olham pra ele, uns até com muita raiva, chega um fiel ao seu lado e fala.

— Isso é uma procissão e não um desfile de carnaval!

Ele dá outro grito:

— Olha a mangueira aííí gente!!!

Todos novamente olham pra ele, irritados. Até que a santa bate em uma mangueira e cai aos pedaços.

— Eu disse, mas ninguém me ouviu!

25
19
6

O bêbado acompanhava o pastor em sua oração:

— Se vocês orarem com fé, Jesus entra em suas vidas e permanecerá dentro de suas almas. Deixe que Jesus entre!

Nesse momento, o bêbado que estava ajoelhado orando, tão concentrado, nem percebeu um cachorro lambendo o seu traseiro. Ele então exclama:

— Por aí não, Senhor! Por aí, não!

103
23
80

Um padre estava fazendo a ceia quando chega um bêbado na porta da igreja e diz:

— Eu também quero um copo de vinho e um pedaço de pão!

O padre nem se importa com o bêbado e o bêbado diz novamente:

— Cadê meu pão e meu vinho?

O padre furioso pega um pão e coloca Bombril dentro, dá ao bêbado e diz:

— Toma aqui o seu pão!

Quando o bêbado da a primeira mordida sente aquele monte de fiozinhos na boca então ele diz:

— Ô seu padre, existem tantas partes do corpo e o senhor tinha que me dar logo os cabelos do saco!

23
15
8

O bêbado entra no bar e se aproxima de uma mesa onde estão sentados dois rapazes idênticos:

— Será que estou vendo demais?

— De jeito nenhum! — responde um deles — Nós somos gêmeos.

Incrédulo o bêbado retruca:

— Os quatro?

20
6
14

Uma moça, que saiu de casa sem roupas de baixo, estava passando pela frente de um bar e teve o azar de tropeçar numa pedra estatelando-se no chão.

Com muita agilidade ela no mesmo instante já estava em pé e com um sorriso meio sem graça disse:

— Vocês viram minha ligeireza?

E um bêbado que estava no bar:

— Vimos sim, só que eu conhecia isto por outro nome...

20
13
7

O bêbado foi ao médico, e após terminar a consulta ele diz:

— E aí, doutor?

— Você está mal, companheiro! Eu não sei porque vocês bebem tanto.

— A gente bebe porque é líquido!

— É um absurdo... Você sabia que o Brasil é o segundo colocado no consumo de bebida alcoólica em todo o mundo?

— Isso é culpa dos crentes!

— Como assim? Culpa dos crentes?

— É, doutor... Se eles bebessem um pouquinho, nós seríamos os primeiros!

30
23
7

No meio da madrugada um homem chegou em sua casa completamente bêbado e encontrou a porta trancada. Ele então começa a gritar a sua mulher:

— Mulher! Abre essa porta mulher!

— Não abro, você esta bêbado! — reponde a ela.

— Oh, abre a porta que estou com flores para a mulher mais bonita do mundo!

Na mesma hora a mulher abriu a porta, e então perguntou:

— Onde estão as flores?

E o bêbado respondeu:

— E onde está a mulher mais bonita do mundo?

67
49
18

No fim do expediente de um bar, um bêbado bate na porta e pede para entrar. Já irritado com tanta insistência, o garçom manda-o entrar.

— O que você quer? — Pergunta o garçom sem dar muita atenção.

— Quero um metro de pinga!

O garçom dá um pequeno sorriso e pensa:

— Vou sacanear esse bêbado enjoado.

O garçom pega a garrafa de pinga e derrama sobre o balcão e diz:

— Aí está a sua pinga.

O bêbado, apoiado no balcão para não cair, fala:

— Agora embrulha que eu vou levar!

49
14
35

Um bêbado está andando na rua quando passa em frente a um templo evangélico.

De repente ele escuta pessoas gritando, chorando, berrando... E resolve perguntar pro cara que estava na porta:

— Hic... Meu senhor, você podia me informar o que tá acontecendo aí dentro?

— Jesus está operando, irmão!

— Nossa! E esse cara não usa anestesia, não?

53
29
24

O bêbado estava parado diante de um poste, com a chave de casa na mão, tentando enfiar a chave numa fechadura imaginária. Nisso um sujeito que ia passando, ironiza:

— Acho que não tem ninguém em casa!

E o bêbado, com voz pastosa:

— Claro que tem... Tem uma luz acesa no andar de cima!

52
31
21

Um bêbado chega num bar e pede para o balconista:

— Me dá uma cerveja e dois croquetes e o balconista responde:

— Meu senhor não temos croquetes

— Não tem? Tudo bem!

— Então me dá um copo de leite e dois croquetes.

— Meu senhor já disse não temos croquetes.

— Tudo bem!

— Então me dá uma coca e dois croquetes.

— Meu senhor já disse não temos croquetes!

— Então o que é aquilo ali?

— Ah é merda, é merda.

— Então me dá uma merda e dois croquetes.

55
27
28

O sujeito vai ao médico, reclamando de dores em tudo quanto é lugar.

— O único problema seu — sentencia o médico. — é a bebida. O senhor anda bebendo demais.

— Mas doutor, eu só bebo um traguinho por dia.

— Um traguinho? O senhor é um alcoólatra!

— Não, senhor! Eu só bebo um traguinho. Acontece que depois que eu bebo um traguinho, me transformo em outro homem. Este sim é um pinguço!

12
4
8

Eram dois amigos bêbados que foram beber num bar. Depois de tanto eles beberem, foram para casa.

Um disse para o outro:

— Vá com Deus meu amigo!

— Você também !

Os dois seguiram o seus caminhos separados. Quando um dos bêbados tropeça numa pedra e diz:

— Ô Deus. Eu vou contigo, mas não precisa empurrar!

73
47
26