Piadas de Bêbados

Estavam no bar três amigos conversando quando chegou no bar um bêbado dizendo à um deles?

— Sua mãe é uma piranha.

o rapaz tranqüilo nem deu assunto, o bêbado não contente voltou a dizer:

— Sua mãe é uma safada!

o rapaz olhou para ele tentou se levantar mas foi contido pelos amigos, mas o bêbado queria humilha-lo dizendo "eu transo com sua mãe todo dia", foi aí que o rapaz se levantou e foi em Direção ao bêbado e disse:

Pai vai embora que você tá bêbado!

110
66
44

O sujeito entra no bar, vai até o balcão, pede uma dose de uísque e fala bem alto para todo mundo ouvir:

- Hoje é por minha conta. Todo mundo bebe por minha conta.

Vira-se para o barman e fala:

- Você também. É por minha conta.

Todos bebem bastante, até mesmo o barman depois de relutar um pouco. Lá pelas tantas, o sujeito diz "Boa noite" e vai saindo sem pagar a conta. O barman se irrita, pula o balcão, dá o maior pau no sujeito e o põe para fora do bar.

No dia seguinte, entra o mesmo sujeito, vai até o balcão, pede uma dose de uísque e diz:

- Hoje é por minha conta. Todos bebem por minha conta.

Vira-se para o barman e fala:

- Você, não. Você fica muito agressivo quando bebe.

62
44
18

Um playboy muito do beberrão estava num cruzeiro pelo mundo quando o barco afundou. Depois de nadar muito(e estar com muita sede) chegou numa ilhazinha deserta. Logo encontrou uma garrafinha, a qual abriu ávido, mas ao invés de uísque encontrou um gênio.

— Tens direito a três desejos, meu amo.

— Quero uma garrafa do melhor uísque, que nunca esvazie! — disse o cara sem pestanejar.

— Apareceu a garrafa. Só que o cara não acreditava em gênios, e começou a beber para ver se era verdade. Só que por mais que bebesse a garrafa continuava cheia.

— Poxa, não acredito. É verdade mesmo.

Depois de muito provar, disse:

— Bão é que é verdade, funciona mesmo.

O gênio já cansado de esperar, diz zangado:

— Faca logo seus outros dois desejos, para que eu possa ser livre!

— Então me vê mais duas dessas, que é da boa!

34
-2
36

Na noite passada, fui convidado para uma reunião com a galera e disse ao meu pai que estaria de volta cedo. Prometi! Mas as horas passaram rápido: o assunto rendendo, o som legal e as bebidas rolando soltas.

Por volta das 3 da manhã, bêbado feito um gambá, nem sei como fui pra casa. Mal entrei e fechei a porta, o cuco no hall disparou e cantou 3 vezes. Rapidamente, percebendo que meu pai poderia acordar, eu fiz cuco mais 9 vezes. Fiquei realmente orgulhoso de mim mesmo por ter uma idéia tão brilhante e rápida para evitar um possível conflito com ele.

Na manhã seguinte, meu pai perguntou a que horas eu tinha chegado e eu disse a ele meia-noite. Ele não pareceu nem um pouquinho desconfiado.

— Ufa! Daquela eu tinha escapado!

Então, ele disse:

— Nós precisamos de um novo cuco.

Quando eu perguntei porque, ele respondeu:

— Bom, esta noite nosso relógio fez "cuco" 3 vezes, então disse "Caralho!", fez "cuco" mais 4 vezes, riu , cantou mais 3 vezes, riu de novo, cantou mais 2 vezes. Tropeçou no gato, chutou a mesinha da sala, arrotou forte e vomitou no tapete.

73
58
15

O dono do bar já estava de saco cheio com o bêbado, que todo dia vinha ali encher a cara. Numa daquelas, quando o bêbado pediu Bota mais uma, ele despejou ácido no copo. O bêbado tomou, fez uma careta, disse:

— Esta é forte, hein?

E saiu, cambaleando. Passaram-se vários dias e o bêbado não apareceu mais. O dono do bar ate ficou preocupado, pensando que tinha matado o infeliz.

Uma noite, o bêbado reaparece, já trocando as pernas, e pede uma pinga. O dono do bar serve a cachaça, o bêbado toma, faz careta, e diz:

— Esta não, eu quero é aquela que quando a gente faz xixi, enche a calçada de buraquinho.

23
7
16

Uma mulher passava as compras no caixa de supermercado percebeu que um

bêbado examinava detalhadamente seus itens de compra:

* 2 caixas de leite integral

* 1 dúzia de ovos

* 1 litro de suco de laranja

* 1 alface americana

* 1 kg de café; e

* 1 pacote de bacon fatiado.

Enquanto o caixa registrava, o bêbado dirigiu-se a ela e disse:

— Você deve ser solteira.

A mulher ficou um pouco espantada com a declaração, e intrigada com a intuição do bêbado, já que, de fato, era solteira. Ela olhou os seis itens sobre a esteira e nada viu de particular, em sua seleção, que pudesse sugerir ao bêbado seu estado civil.

Com a curiosidade aguçada, ela disse:

— O senhor está absolutamente correto. Mas como o senhor conseguiu descobrir isso?

E o bêbado respondeu:

— É porque você é feia pra caramba!

49
39
10

O tonto entrou no bar pela décima vez no dia e pediu uma cachaça. O dono, português, já não agüentando mais, porem não podendo perder a freguesia, pegou o primeiro copo que viu (sujo, certamente) e foi servir ao bebum. Assim que começou a despejar a caninha, percebeu que no copo tinha uma barata. Não se importou e mandou ver (talvez o tonto desse sossego pra ele depois desta).

O sujeito pegou o copo e tomou a bebida de uma vez. Quando ainda estava descendo pela goela, percebeu alguma coisa diferente na boca. Deu uma parada, uma mordida, sentiu o gostinho meio amargo e engoliu tudo de vez.

Depois que fez a cara feia, virou pro português e gritou:

— Bota outra aí! E capricha na ameixa, viu!

34
17
17

O bêbado entra no bar ao lado do campo de várzea e já vai pedindo:

— Zé, me dá logo duas branquinhas.

O Zé coloca as duas no balcão. Depois de mais umas três, ele vai ao banheiro. Nesse tempo chega um grupo de anões pedindo para se trocar no bar para fazer o jogo anual deles. O Zé diz:

O banheiro tá ocupado. Se troquem atrás do balcão.

De repente o bebum sai do banheiro e vê um monte de anões correndo. Metade vestido de azul e metade de vermelho. No desespero ele grita:

— Zé. Fecha a porta do bar rápido que seu pebolim tá fugindo!

96
2
94

As três horas da manhã, a mulher acorda o marido:

— Benhê, estão batendo à porta. Vai ver o que é...

O sujeito vai atender e ao abrir a porta, dá de cara com um bêbado:

— Será que dá para você dar uma empurradinha? — diz o bêbado com voz pastosa.

O sujeito reclama, revoltado:

— Você acha que eu vou sair uma hora dessas para ajudá-lo a empurrar o carro? Nem morto!

E bate a porta na cara do bêbado. Voltando para a cama, a mulher pergunta quem era:

— Só um bêbado querendo que eu o ajude a empurrar o carro.

— E por que você não ajudou? — indaga a esposa.

— Ah... ele está bêbado... — balbucia o sujeito.

Pouco depois, a consciência começa a pesar e ele muda de ideia. Ao abrir a porta, ele não consegue ver nada além da escuridão e grita:

— Ei, você ainda quer a minha ajuda?

— Quero sim! — responde o bêbado.

— Mas onde é que você está?

— Estou aqui... no balanço!

47
38
9

A mulher tem um filho pequeno que mija na cama. Uma vizinha lhe ensina uma simpatia:

— Coloque uma medalhinha na piroca do menino que é tiro e queda, nunca mais ele mija na cama.

A mulher mais do que ligeiro, achou uma medalhinha e fez a simpatia e pronto o menino não mijou mais na cama.

Um dia, o marido chega tarde, podre de bêbado e da uma mijada na cama. A esposa, louca da vida, lembra da simpatia e procura uma medalhinha para usar no bebum, não encontrando pega uma medalha que ele havia ganho no futebol.

Pela manha, o bebum acorda, e fica olhando intrigado para o pescoço, quando sua mulher chega muito louca e pergunta:

— Seu canalha, onde você andou a noite toda? Safado!

E ele, olhando para aquela medalha pendurada, responde:

— Olha mulher, onde eu andei eu não sei. Só sei que eu tirei o 1º lugar!

27
11
16

Dois bêbados estavam no bar a mais de três horas enchendo a cara, até que um pergunta pro outro:

— Onde é que você mora?

— Eu moro aqui na rua do lado...

— Poxa! Eu também... Mas nunca te vi por aqui.

— Minha casa é a da esquina.

— Poxa! A minha também é na esquina.

— A minha é aquela amarela, número treze.

— Pera lá! Mas essa é minha casa, porra!

— Não senhor! É muito minha!

Então resolveram solucionar este mistério e foram, os dois na direção da tal casa:

— É aqui que eu moro!

— Impossível! Quem mora aqui sou eu!

— Macacos que o partam! Seu eu estou falando que moro aqui, é porque moro!

— De jeito nenhum! Tá me chamando de mentiroso?

— Tô sim, essa casa é minha!

— Não! É a minha!

— Minha!

— É, minha!

E ficaram os dois naquele papo furado ate que a porta se abriu e uma senhora aparece louca da vida, e diz:

— Assim não é possível! — brada ela, nervosa. — Pai e filho, bêbados, discutindo de novo!

48
41
7

Toda sexta, as 20 horas um cara chegava em um bar, e pedia 3 cervejas para o garçom, as 3 ao mesmo tempo. Tomava uma, a outra, a terceira, pagava a

conta, levantava e ia embora. Uma bela sexta o garçom, já intrigado com aquilo, perguntou para o homem:

— Desculpe minha curiosidade, mas porque o senhor toma 3 cervejas toda sexta no mesmo horário?

E o homem respondeu:

— Porque tenho 2 irmãos, e cada um de nos mora longe. Assim, toda sexta, as 20 horas, cada um de nos entra em um bar e pede 3 cervejas. Tomamos uma por cada um de nós. E o nosso modo de manter contato e pensarmos um nos outros.

Uma bela sexta, o homem entra no bar e o garçom pergunta:

— Três cervejas, como sempre?

E o homem diz:

— Não. Apenas duas.

O garçom gela. Um dos irmãos dele morreu, pensa. Meio sem jeito, traz duas cervejas e pergunta para o homem:

— Desculpe-me amigo, mas é que sempre são 3 cervejas. Aconteceu alguma coisa com algum irmão seu?

E o homem:

— Não, estão todos bem. É que eu parei de beber!

60
48
12

Um bêbado entra em um ônibus e encontra uma freirinha. Ele embebido em álcool não se contém e começa a fazer elogios ao corpo escultural da freira.

— Freira gostosa, cheirosa, vou te fazer mulher, esquecer a religião.

A freira se manteve indiferente durante toda a viajem.

Quando a freira desceu, o trocador, que observara aquela situação, dirigindo-se ao bêbado, lhe disse:

— Ficou interessado na freira? Mulherão né? Eu também já fiquei apaixonado. Se quiser alguma coisa, ela desce aqui todos os dias, às 19:00 e vai para frente do cemitério esperar que Jesus se revele a ela.

O bêbado no dia seguinte não pensou duas vezes.

Se vestiu a caráter e foi para a frente do cemitério, às 19:00. Chegando lá, a freirinha já estava esperando Jesus.

O bêbado se aproximou e se identificou:

— Freirinha, seus dias de espera terminaram. Estou aqui para purificar de seus pecados.

— Não acredito. Depois de tanto tempo me resguardando para você, finalmente me aparece. Mas como vou saber que é você mesmo?

O bêbado, maliciosamente responde:

— Você se lembra daquele bêbado que ontem lhe importunava? Pois é, foi eu quem evitou que ele lhe fizesse mal.

A freirinha não conteve de emoção. Declarou seu amor ao Jesus e se entregou.

O bêbado, cheio de si, fez a festa. Se entrelaçaram por duas horas. Quando terminou não se agüentava de rir.

— Freirinha burra. Você é muito inocente. Você se lembra do bêbado de ontem à noite? Pois é. Sou eu. Fiquei te esperando vestido de Jesus e você acreditou.

A freirinha emendando a risada do bêbado respondeu:

— Burro é tu. Eu não sou freira. Eu sou o trocador.

60
53
7

O bêbado ia subindo uma ladeira, firmemente agarrado à sua inseparável garrafa de cachaça, quando tropeça e leva o maior tombo.

Refeito do susto, sente algo molhado debaixo da camisa:

— Ai, meu Deus! — lamenta-se. — Tomara que seja sangue!

17
3
14

Um sujeito, cambaleando pelo estacionamento, estava cutucando a porta de cada carro com uma chave.

Veio o guarda e lhe perguntou:

— Qual é o problema, meu amigo?

E o sujeito responde:

— Perdi meu carro...

O guarda diz:

— Aonde foi que você viu o carro pela ultima vez?

— Foi aqui mesmo, na pontinha desta chave...

17
8
9