Piadas de Bichas

1066
353
713

Profissão de Gay

O filho já pensando no futuro conta para o pai:

- Pai, quando eu crescer quero ser maquiador.

O pai diz:

- Maquiador você não vai ser, pois isso é profissão de gay.

Durante um mês o filho então pensa muito e então diz para o pai:

- Pai, quero ser cabeleireiro.

- Não, filho, isso é profissão de gay.

Seis meses depois ele novamente conta para o pai:

- Pai, decidi que quero ser bailarino.

- Não, meu filho, isso é profissão de gay.

Moral: Eu agora estou com 30 anos, sou gay e não sei fazer merda nenhuma.

373
-125
498

Morte da Bicha

Morreu uma bicha chamada Odete, e foram 150 bichinhas no enterro.

— Ai que tragédia, morreu Odete, puta que pariu, o melhor cu da praça...

— Morreu Odete o melhor cu da praça...

As bichas desmaiando... uma confusão tremenda,uma comendo a outra.

Cinco anos depois foram tirar os ossos da bicha.

Começaram a tirar a terra, mas quando abriram o caixão, os bichos tinham comido tudo, menos a bunda da bicha, que estava inteirinha.

Uma bicha olha pra outra e diz:

— Ta vendo? Eu não te falei? O que é do homem o bicho não come.

283
75
208

O Cigarro, o Chiclete e a Ambulância

O cigarro, o chiclete e a ambulância discutiam sobre suas vidas.

O cigarro dizia:

— Minha vida é uma tristeza. Tocam fogo na minha cara, chupam minha bunda e depois me jogam no chão e pisam em cima.

— A minha vida é pior amigo. Rasgam minha roupa, me mastigam todo, me cospem no chão e pisam em mim também — diz o chiclete.

A ambulância diz então revoltada:

— Vocês estão reclamando do que? Minha vida que é sofrida. O povo abre minha bunda de meia em meia hora, colocam um negão de 2 metros de altura em cima de mim e ainda me fazem sair gritando que nem uma louca: UUUIIIUUUIIIUUUIIIUUUIII!

218
8
210

Trocando as Boas

A bicha vai ao médico e reclama:

— Ai.... Doutor! O senhor tem de me ajudar! Não consigo mais sentir prazer no sexo! Eu estou toda arrombada!

O médico a examina cuidadosamente e depois dá o veredito:

— É... Realmente o seu orifício anal está num estado deplorável. Sua única salvação é um transplante!

Depois de alguns meses na fila, a bicha já está desesperada quando certa tarde toca o telefone. É o médico:

— Achei um doador com um ânus em ótimo estado de conservação. Venha já para o meu consultório para fazermos o transplante.

Horas depois a bicha já recebia alta:

— Agora, vê se toma mais cuidado, hein? — aconselhou o médico, na despedida.

— Mais cuidado? Euzinha? Mas, nem morta! Antes que o cu era meu eu já não ligava, agora que é dos outros, vou ar-ra-sar!

419
193
226

Salame pro Viado

Um viado foi comprar um salame no açougue. Chegando lá ele pede:

— Me vê um salame.

Logo pergunta o açougueiro:

— Quer que eu fatie para o senhor?

O viado responde:

— Tá achando o quê? Que meu cu é cofrinho?

154
-31
185

Mudança de Vida das Bichas

Depois de vários anos, as duas bichas se encontram numa estação de metrô.

— Clotilde! Quanto tempo! Você sumiu, querida? Onde você esteve este tempo todo?

— Você nem imagina, menina! Mudei de vida completamente, até me casei!

— Não diga!

— Digo sim! Sabe aquela loira magrinha e peituda que morava no apartamento em frente ao nosso?

— A Marcinha?

— Esta mesma! Pois me casei com ela e estou muito feliz! E você? O que tem feito da vida?

— Eu também me casei!

— É mesmo? Com quem?

— Sabe aquela morena que trabalhava na padaria e tinha uma bundona enorme?

— Aquela de olhos verdes?

— Esta mesma! Pois me casei com o irmão dela!

136
-28
164

Com Parafuso Solto

A bicha chega no consultório e fala para o médico:

— Ai, Doutor! Eu não sei o que tá acontecendo comigo! Eu tô cheia de problemas, confusa, atrapalhada... Tô ficando louca!

— E o que você quer que eu faça? — pergunta o médico, com desprezo.

— Ai, Doutor! Eu quero que o senhor me examine! Eu acho que eu tô com algum parafuso solto!

Mal acabou de falar, a bicha tirou a roupa e deitou na maca. Como era pago pra isso, o médico foi examinar a bicha. Olhou aqui, olhou ali e concluiu:

— Olha, meu amigo... Você não tem nenhum parafuso solto não! O seu único defeito é a rosca espanada!

253
85
168

Filho do Casal Gay

Um casal gay adotou uma criança logo após o reconhecimento da união gay pelo STF.

Durante o banho o ingênuo garoto fala pro pai:

— Puxa papi! Que pipi grande que o senhor tem!

O pai com um brilho nos olhos, comenta:

— É que você não viu o da mamãe!

313
191
122

Bichas na Delegacia

Cidadezinha do interior. Duas bichas estão brigando na rua, fazendo o maior escândalo. A polícia leva as duas pra delegacia. E o delegado interroga:

— Então vocês dois são veados?

— Nóis semo, seu delegado!

E o delegado falando grosso:

— Nós somos!

E a bichinha:

— Desculpa, seu delegado... É que nóis não sabia que o senhor era também.

335
206
129

O Policial e a Bicha

Um policial pegou a bichinha mijando na rua e deu uma surra nela com o cassetete.Depois ele disse:

—É melhor você sumir daqui e não fazer mais isso, se não vou enfiar esse cassetete na sua bunda.

A bicha diz:

— Aaahh.. bate e depois vem agradando né?

147
3
144

Mudança para Copacabana

Tinha uma bicha campineira, que cansou de dar o rabo e foi até um médico amigo dela para pedir uma ajuda.

— Doutor, não quero mais ser bicha, como faço para parar de dar a bundinha?.

— Faça o seguinte, mude para o Rio de Janeiro, na praia de Copacabana e todas as manhãs você vai até o calçadão e fique olhando aquelas cariocas praticando cooper, mas só fique olhando para as mulheres, fique notando aquele bumbum arrebitado, aquele corpinho violão, e esquece homem, e se caso você tiver uma recaída ou algo parecido, eu tenho um amigo médico que mora lá e eu lhe dou o endereço — anotando o endereço num pedaço de papel.

Dito isto, lá foi a bicha morar no Rio de Janeiro, levantava todo dia cedo, ia até o calçadão e ficava vendo aquelas gostosas praticando cooper e assim foi esquecendo dos homens. Um certo dia ao acordar, notou que estava com uma dor terrível no saco, mais como o seu médico tinha recomendado um amigo dele, foi até o consultório e explicou que estava com uma puta dor no saco.

O médico como um primeiro diagnóstico:

— Você deve ter alguma coisa na próstata, vamos fazer um exame.

— Abaixe a calça — disse o médico, colocando aquela luvas de borracha na mão.

Ele abaixou as calças, sentiu um friozinho no cu e arrebitou a bundinha. O médico vai com o "pai de todos" e vai introduzindo devagarinho. Aí a bichinha

— Aaaaiiiii!

O médico vira o dedo lá dentro e a bicha:

— Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaiiiiiiiiii!

— Está doendo? — diz o médico.

— Nãããooooo... — diz a bicha.

Aí o médico tira o dedo, põe de novo, um pouco mais fundo e a bicha:

— Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiii que puta saudade de Campinas!

112
-28
140

Salvando o Bebê

Ao avistar um bebê caindo de um prédio, a bichinha que andava calmamente pela rua desperta do seu torpor e corre para socorrer a criança.

Ainda ofegante, com o nenê entre os braços ela vê bem à sua frente um rapaz alto, forte e musculoso.

— Puxa, estou emocionado — diz o rapaz. — Parabéns! Que reflexo!

Ela joga o bebê no chão e diz, passando as mãos nos cabelos:

— Gostou? É Wellaton!

73
-69
142

Em Um Biquíni Pequeno

Duas bichinhas vão andando de mãos dadas pela praia quando veem passar uma linda garota vestindo um sumário biquíni. Uma bicha cutuca a outra e fala no ouvido dela:

— São mulheres que nem essa aí que me fazem desejar que eu tivesse nascido lésbica.

92
52
40

Número com Leões

O atlético domador apresentava seu mais novo número com os leões. O domador punha os órgãos sexuais dele na boca do leão enquanto lhe aplicava fortes chicotadas. Grande sucesso. Todo mundo aplaudiu. Terminado o número, ele desafiou a plateia:

— Alguém aí tem coragem de fazer a mesma coisa?

Um breve silêncio e ouviu-se uma voz:

— Eu vou, eu vou. Mas não bata com muita força não, viu seu domador.

154
96
58

Tropa de Pára-quedistas

Um jovem alistou-se no exército e optou pela tropa de pára-quedistas. Fez o treinamento básico, fez os saltos de treinamento a partir de plataformas cada vez mais altas, e finalmente foi fazer seu salto de um avião. No dia seguinte, telefonou para o pai, para dar as notícias.

— E aí, você pulou? — pergunta o pai.

— Bom, deixa eu explicar o que aconteceu. Subimos no avião, e o sargento abriu a porta e pediu voluntários. Aí uns doze colegas se levantaram e pularam da porta aberta do avião!

— Foi aí que você pulou? — pergunta o pai.

— Bem, ainda não. Aí o sargento começou a agarrar os demais colegas, um por vez, e a jogá-los pela porta aberta.

— Então, aí você pulou? — pergunta o pai.

— Estou chegando lá. Todo mundo tinha pulado, e eu era o último soldado que restava no avião. Eu disse ao sargento que eu tinha muito medo para pular. Aí ele me disse que se eu não pulasse do avião ele me chutaria o rabo!

— Aí você pulou!

— Ainda não. Ele tentou me empurrar pela porta, mas eu segurei firme nela e não deixei ele me empurrar. Aí ele chamou o Sargento Instrutor. O Sargento Instrutor é um armário tamanho 4 x 4, e pesa 150 quilos. Ele me perguntou: "Rapaz, você vai pular, ou não?". E eu respondi que eu não pularia porque tinha muito medo.

Nisso o Sargento Instrutor abaixou o zíper da calça e... eu vi... o tamanho... Rapaz, juro que aí ele disse:

— Rapaz, ou você pula fora deste avião agora, ou eu vou usar este negocinho em você!

— Aí você pulou, não é? — perguntou o pai.

— Bem pai, no começo eu pulei um pouquinho...

298
267
31

Orgulho dos Filhos

Quatro amigos encontraram-se em uma festa, após 30 anos sem se verem... Alguns drinks aqui, bate papo de lá e de cá e um deles resolve ir ao banheiro. Os que ficaram resolveram falar sobre os filhos. O primeiro falou:

— Meu filho é meu orgulho. Ele começou a trabalhar como office-boy em uma empresa, estudou, se formou em administração de empresas, foi promovido a gerente da empresa e hoje ele é o presidente. Ele ficou tão rico, tão rico, que no aniversário de um amigão dele, ele deu um carro de presente.

O outro disse:

— Nossa que beleza! Mas o meu filho também é um grande orgulho para mim. Ele começou trabalhando como entregador de passagens. Estudou e formou-se piloto. Foi trabalhar em uma grande empresa aérea. Resolveu entrar de sociedade na empresa e hoje ele é o dono. Ele ficou tão rico, que no aniversário de um grande amigo dele, ele deu um avião de presente.

O terceiro falou:

— Nossa, parabéns! Mas o meu filho também ficou muito rico. Ele estudou e formou-se em engenharia. Abriu uma construtora e deu tão certo que para um amigo que fez aniversário, ele deu um apartamento.

O amigo que havia ido até o banheiro chegou e perguntou:

— Qual é o assunto?

— Estamos falando do grande orgulho que temos de nossos filhos. E o seu? O que faz?

— Meu filho não é propriamente um grande orgulho... Ele é vagabundo, anda com tudo quanto é viado, trabalha como michê, mas devo admitir que é um grande sortudo e muito esperto. Sabe, ele fez aniversário outro dia e ganhou das bichas que ele anda comendo, um apartamento, um avião e um carro!

109
77
32

Voltando Como Animais

Três amigos estavam em um ônibus aí eles conversando até que o ônibus bate em um poste, quando eles chegam no céu o céu tava lotado então São Pedro chega e fala pros três:

— Olha aqui está lotado, então vocês vão voltar pra Terra mas irão voltar como animais!

Os três se olham e respondem:

— Tudo bem para nós.

Então o primeiro se aproxima de São Pedro então São Pedro diz:

— Você vai ser uma águia, vai voar pelos céus e ser temido pelas outras aves.

Então ele diz:

— Ok!

Então quando pulou das nuvens já virou uma águia e saiu voando aí foi o segundo:

— Você vai ser uma pantera negra, vai ser veloz e sagaz e vai um dos felinos mais importantes.

Então ele responde:

— Tudo bem!

Quando pulou já virou uma pantera negra aí foi o terceiro, então São Pedro olha novamente o livro de opções de animais e diz:

— Tem um probleminha você vai até voltar mas vai voltar como um veado.

Então ele diz com voz feminina:

— Ah não, de novo não!

96
60
36

Fusca Rosa

Uma bichinha comprou um fusquinha e ficou toda serelepe, mandou pintar o fusca de rosa e trocar a buzina. A buzina agora fazia "wuuuwuuuu". Logo ela foi chamar a Karlinha — outra bichinha — para passear de fusca, e a cada bofe que passava elas buzinavam.

Se divertiam até que um caminhoneiro, daqueles bem parrudos, veio em alta velocidade e bateu na traseira do fusquinha, provocando um grande estrago. As bichinhas saíram loucas:

— Ah não! Meus deuses! Meu fusquinha novinho... — e virando-se para o caminhoneiro — Escuta aqui, bruto, você vai ter que pagar o estrago.

— Que pagar nada! Fica na sua! — respondeu áspero o caminhoneiro.

— Ai, vai pagar sim senhorrrrrr. Você bateu por trás e está erradíssimo. Vai ter que pagar.

Karlinha ajudava:

— Isso mesmo. Eu sou testemunha. Vai pagar, seu grosso!

O caminhoneiro era irredutível:

— Não vou pagar e pronto! Saia da frente!

A bichinha motorista não se conteve e mandou que Karlinha chamasse a polícia. E enquanto a outra ia chamar a polícia, a motorista insistia:

— Quero ver se você não vai pagar. Você vai pagar sim senhor!

O caminhoneiro engrossou:

— Vou pagar o cacete!

A bichinha voltou-se para Karlinha, já longe, e gritou:

— Karlinhaaaaaa. Volta, volta que ele quer negociar...

237
172
65

Bicha no Céu

Uma bicha morre e vai para o céu. Chegando lá, São Pedro, olha... olha... e fala:

— Você não está pronta para entrar no céu, tome esse comprimido e depois volte aqui.

A bicha foi pra "sala de espera" tomou o comprimido e sentiu uma forte vontade de cagar... foi ao banheiro e lá ficou durante 40 minutos... Foi a pior caganeira de sua vida.

Ela voltou suando e falou:

— Pronto... Posso entrar agora?

São Pedro olhou... e falou:

— Você ainda não está pronto.... tome esse comprimido e volte mais tarde.

A bicha tomou... e a cena se repetiu... sentiu uma forte vontade de cagar e foi para o banheiro... essa foi muito pior que a outra... ela cagou durante 2 horas... cagou até o que não tinha.

Voltou novamente e falou:

— E agora? Posso entrar?

São Pedro olhou... e falou:

— Você ainda não está pronto. Tome esse comprimido e volte mais tarde.

E assim foi, a bicha tomou o comprimido e ficou no banheiro por incríveis 12 horas... cagou sangue, água, as tripas... voltou chorando para São Pedro:

— E agora? Posso entrar?

São Pedro olhou... e falou:

— Pode! Mas entendeu agora, para que serve o cu?

190
84
106

Suicídio da Bicha

Em um apartamento em Lisboa, moravam duas bichas que viviam brigando.

Um dia, uma delas se suicidou! No meio do interrogatório, na delegacia, o delegado perguntou à bicha que ainda estava viva:

— Quer dizer que você chega, vê a sua amiga com a cabeça dentro do forno e não faz nada?

— Claro que não! — respondeu ela — Eu pensei que ela estava secando o cabelo!

112
55
57

Presa no Poço

Duas bichinhas estavam passeando, quando uma delas, ao assustar-se com uma borboleta, caiu num poço. Na queda, ela quebrou as duas pernas e os dois braços. Ficou lá em baixo, imóvel, berrando por socorro. A outra, mais que solícita, saiu correndo para pegar uma corda.

Ela chegou e rapidamente jogou a corda para a amiga em apuros.

— Vai, pega essa corda, Mona!

— Mas como? Se estou toda quebrada... — retrucou a bicha em perigo.

— Gruda os dentes na corda, boba!

E lá se foi a bicha a cravar os dentes e a subir.

Quando finalmente a bicha estava quase chegando à boca do poço, a amiga diz:

— Amiga, que dentes mais lindos! Tô passada!

E a outra:

— Obrigaaaaaaaaaaaaa...

116
58
58

Barraco e Saco de Dormir

Duas bichinhas resolveram pescar às margens do rio. Quando a noite chegou, resolveram dormir por lá mesmo. A bichinha prevenida tinha levado um saco de dormir que tinha comprado exclusivamente para o camping, a outra bichinha levou uma barraca. Começaram as provocações:

— Bom, eu que sou uma mulher inteligente! Vou apreciar a luz das estrelas e ficar aqui fora mesmo... às margens do rio.

— Euzinha que não sou uma bichinha burra. Vou dormir aqui no aconchego de minha barraquinha. Boa noite!

— Boa noite, Mona!

A bichinha dormia às margens do rio até que um imenso jacaré, literalmente a comeu.

Quando o sol nasceu, a outra bichinha saiu feliz e falante de dentro da barraca.

— Bom dia flores, bom dia sol, bom dia natureza, bom dia peixinhos... peixinhos?

Nessa hora ela viu nadando pelo rio o imenso jacaré, só com a cabeça da bicha pra fora da boca. Então gritou:

— Bicha, Bicha... tô passada! Esse seu saco de dormir da Lacoste é um escândalo!

73
25
48

Cenas de Faroeste

No velho oeste, aquele bandido com cara de mau, barba por fazer, cicatriz no rosto, revólver prateado pendendo da cintura, esporas reluzentes, entra pisando duro no Saloon.

Silêncio total.

Ele encosta no balcão, o atendente tremendo lhe serve um uísque duplo, ele toma de um só gole, depois vira-se para alguém sentado numa mesa próxima.

— Você aí! Levante-se! — ordena ele, com voz de trovão. — Tira as calças.

O sujeito obedece. Ele abre a braguilha, tira o pau pra fora e mete a vara no coitado.

— Eu sou o famoso pica de aço! — diz depois de completado o serviço.

No dia seguinte, na mesma hora, o sujeito volta ao bar, bebe o uísque, aponta para um outro sujeito, pede para ele tirar as calças, passa-lhe a vara e no fim diz:

— Eu sou o famoso pica de aço!

No outro dia, na mesma hora, ele volta ao bar, toma o uísque, aponta para uma bichinha, pede para ela tirar as calças, mete-lhe a vara e...

— Aaaaaaaiiiiiiiii...

E a bicha:

— E eu sou o famoso cu de alicate!

141
107
34

Bichas no Avião

As duas bichas estão voltando da Europa de avião quando, no meio da noite, uma delas convida:

— Querido, que tal se a gente desse uma trepadinha, agora?

— Você está maluca! Aqui tá cheio de gente...

— Mas está todo mundo dormindo...

— É... mas tem as aeromoças...

— Elas também estão dormindo, quer ver? — e grita: — Aeromoça... Aeromoça... me traz um uísque!

Silêncio total. Então a bicha abaixou as calças e sentou no colo da outra.

Algumas horas depois, o dia já estava amanhecendo e a aeromoça nota um dos passageiros tiritando de frio.

— Nossa, o senhor está gelado. Por que não pediu um cobertor?

— Eu não sou besta! O sujeito ali atrás pediu um uísque e acabou levando no cu a noite toda!

52
3
49

Ator dos Sonhos

A moça ia passando perto de um teatro, quando vê o ator de seus sonhos saindo pela porta.

Depois de abordá-lo e pedir um autógrafo, ela arrisca:

— Puxa! Eu adoraria você pra meu marido!

E ele, desmunhecando:

— Eu também! Eu também! Onde ele está?

79
22
57

Entrada no Ônibus

Duas bichinhas paulistas estavam passeando nas praias do Nordeste, quando a certa altura resolveram tomar um ônibus para ir para o hotel.

Assim que o ônibus parou elas iam subindo pela porta da frente, quando o motorista alertou:

— Vão tomar lá atrás, por favor!

Ao que uma delas comentou:

— Nooossa, como o povo daqui é simpático! Adorei!

45
15
30

Três Filhos

Dois compadres se casaram no mesmo dia e, depois de muitos anos, se encontraram numa cidade do interior.

— E aí, compadre, quanto tempo! Como é que está a vida?

— Pois é, compadre, eu tive dois filhos. Um se formou em Medicina e o outro em Direito. E você, compadre?

— Bom, compadre, eu tive três. O primeiro virou veado e está dando que não é brincadeira.

— É mesmo, compadre? E o segundo?

— Nem te falo, compadre. Por influência do primeiro, também tá dando mais que chuchu na serra.

— E o terceiro?

— Esse sim, compadre. Esse foi o melhor. Só dá quando bebe.

— E ele bebe muito?

— Nossa! Como aquele menino tá bebendo, compadre...

43
1
42

Banqueiro de Sucesso

Duas bichas conversam:

— Ai, Rodriguinho! Eu estou com planos ma-ra-vi-lho-sos pro futuro!

— Não me diga, santa! Desembucha, que planos são esses?

— Eu vou ser um banqueiro de sucesso! Vou abrir um banco com o meu nome: Banco Bentinho!

— Banco Bentiiiiiinho? — pergunta a bicha, surpresa — Que idéia maluca é essa, amiga?

— Ai, eu só estou pensando no slogan: "Aplique no Bentinho! Deposite no Bentinho! Coloque tudo no Bentinho!" Ai, ai...