Casaco de Pele

15
9
6

Joaquim economiza e junta o dinheiro necessário para comprar um casaco de peles para dar de presente à Maria, sua querida esposa. No dia do aniversário dela, à noite, a grande surpresa: Joaquim entrega o valioso presente. Maria o recebe, encosta o casaco ao pescoço e fica a alisá-lo com grande contentamento.

— Não é incrível? Uma coisa destas, tão linda, tão maravilhosa vir de um animal tão desajeitado, pequeno, feio e insignificante.

— Escuta aqui ó Maria: se não queres o presente mo devolvas, mas não fiques aí a insultar-me.