Piadas de Casal

17
13
4

Seguindo o Marido

O detetive presta contas à cliente:

— Ontem eu segui o seu marido e ele foi primeiro a um restaurante, depois entrou numa loja, passou num salão de beleza, depois foi a um Shopping, em seguida foi numa casa de Chá, depois foi numa Casa de Jogo de Bingo, foi numa boate e depois para um motel.

— Mais que cafajeste! — protesta a mulher. — Eu mato esse desgraçado! Me diga em detalhes o que ele fez em cada um destes lugares...

— Bem... não fez nada! Acho que só estava seguindo a senhora!

27
21
6

Últimas Horas

Um sujeito, incrivelmente otimista, volta do médico com a notícia de que só lhe restam doze horas de vida.
Depois de dar a notícia para a mulher, ele acrescenta, entusiasmado:

— Não fique triste, querida. Porque hoje vamos aproveitar, essa noite vamos jantar no melhor restaurante, depois vamos beber e dançar a noite toda...

E a mulher, com ar aborrecido:

— Pra você é fácil. Você não vai ter que acordar cedo amanhã!

23
19
4

Como Prostituta

Duas amigas se encontram.

— Nossa, como você está abatida! — observa a primeira. — O que está acontecendo?

— É o meu marido...

— O que tem ele?

— Ele me trata como seu eu fosse uma prostituta!

E começa a chorar. A outra, vendo o desespero da amiga, tenta lhe consolar:

— Se eu fosse você, resolveria facilmente esse problema!

— O que você faria?

— Começaria a cobrá-lo!

30
21
9

Homem Magro

João ia se casar, mas tinha vergonha de ficar pelado na frente da mulher, pois era muito, mas muito magro. Até que um amigo muito próximo sugeriu:

— Cara, faz assim: antes de vocês começarem a transar, você apaga a luz do quarto, faz um charminho e vai pro banheiro. Depois você volta peladão e cai em cima dela!

Na noite de núpcias João seguiu o conselho do amigo. Começou a acariciar a mulher e, quando a coisa começou a esquentar, apagou a luz e disse que ia ao banheiro e já voltava.

A mulher ficou aguardando ansiosa, no escuro, esperando por alguma surpresa até que João chegou correndo e deu um pulo em cima da mulher.

— Ai, meu Deus! — gritou ela assustada — Me ajuda, João! Caiu um crucifixo em cima de mim!

18
9
9

Descoberta da Amante

A mulher, extremamente ciumenta, vai a uma cartomante:

— Tenho duas notícias ruins, minha senhora — diz a cartomante. — O seu marido tem uma amante e a senhora vai ficar viúva muito em breve!

— Então, vê aí se eu vou ser absolvida!

17
8
9

Mesma Vida

O sujeito vai pedir a mão da namorada em casamento.

— Você acha que tem condições de dar a ela a mesma vida que ela tem aqui em casa? — pergunta o pai, em tom preocupado.

— Acho que sim! Eu também sou muito chato!

7
-4
11

Viagem para Paris

A mulher voltando de uma viagem de Paris com o marido, comenta com uma amiga.

— Finalmente depois de muitos anos consegui conhecer Paris!

— E o que achou? — pergunta a amiga curiosa.

— Maravilhoso! Só lamento não ter ido há vinte anos!

— Quando Paris ainda era Paris?

— Não! Quando o Paulo ainda era o Paulo!

19
6
13

Fuga do Marido

Duas mulheres conversam no ônibus:

— Ai, a gente nunca pode confiar nos homens! — desabafava a morena — Imagina que o meu marido um dia saiu pra comprar uma caixa de fósforos e nunca mais voltou! E isso já faz 8 anos!

— Ah, isso eu tenho certeza que nunca vai acontecer comigo! — respondeu a loira.

— Mas como é que você pode ter tanta certeza assim? Os homens são imprevisíveis!

— É, mas o meu marido usa isqueiro!

8
2
6

Só Amassos

Depois de três meses de namoro com aquela loira irresistível e cansado de ficar só nos amassos, o sujeito resolve que daquela noite não passa.

Durante o passeio, ao avistar dois cachorrinhos fazendo sexo, o moço arrisca:

— Que tal a gente fazer igual esses dois cachorrinhos?

E a loira:

— Por mim, tudo bem, mas vamos procurar uma outra rua, porque nessa daqui eu sou muito conhecida.

31
25
6

Homem Sensível

Depois de conhecer um cara num bar, a morenaça de olhos verdes vai parar no apartamento dele.

Entrando no quarto do moço ela vê três prateleiras, com centenas de ursinhos de pelúcia.

Na prateleira de baixo estão os menores, na do meio, os de tamanho médio e, na lá em cima, os ursos grandes.

A garota imaginou: "Uau! Que cara sensível, cheio de ursos no quarto! Que lindo! Esse é um cara especial..." — mas não disse nada a ele.

Depois de uma noite inteira de sexo intenso e selvagem, ela perguntou a ele:

— E aí, foi bom pra você?

O cara ficou pensativo, olhou para as prateleiras dos ursos e falou:

— Hum... Pegue um prêmio na prateleira do meio!

65
61
4

Fazendo Compras

Um grupo de homens está na sauna quando o celular começa a tocar:

— Alô!

— Querido?

— Sim, querida.

— Está na sauna?

— Estou.

— Sabe o que é? Estou em frente a uma loja de roupas com um casaco de vison magnífico, lindo! Posso comprá-lo?

— Quanto custa o vison?

— Só custa 3000 reais.

— Bom, está bem. Compre.

— Ah, que ótimo! Outra coisa. Acabei de passar na concessionária Mercedes e vi o último modelo que eles lançaram. É fantástico! Falei com o vendedor e ele disse que pode fazer um preço camarada...

— Quanto é o preço camarada?

— Meu amor, são só 60.000 reais!

— Bom, estamos com dinheiro nesse momento, então ok. Mas por esse preço quero com todos os opcionais.

— Pode deixar! Olha, antes de desligar só mais uma coisa.

— O quê?

— Hoje de manhã, passei em frente a imobiliária e reparei que aquela casa que vimos no ano passado está à venda. Lembra? Aquela com piscina, jardim e churrasqueira, completamente isolada, em frente àquela praia magnífica?

— E quanto é que ela custa?

— Meu querido, só custa 450.000 reais!

— Bom, pode comprar, mas pague, no máximo, 420.000 reais.

— Está bem, meu amor. Obrigada. Então até logo.

— Até logo.

Ele desliga o telefone e pergunta aos outros:

— Alguém sabe de quem é este celular?

29
24
5

Rapaz Envergonhado

Um jovem foi passear de mãos dadas com a sua nova namorada e quando eles passaram por uma obra ouviram uns empregados gritarem:

— Ô babaca, não vai passear não! Leva a menina prum lugar escuro e come!

O rapaz, muito envergonhado, segue o seu caminho com a namorada e passam por uma praça onde estão vários aposentados jogando dominó. Um deles comenta:

— De mãozinha dada com a gatinha, hein? Você devia e leva-la para um motel, isso sim!

E os outros velhos caem na risada. Então o rapaz, cada vez mais envergonhado, decidiu levar a namorada para casa. No portão, se despediu dela:

— Então até amanhã, meu amor!

E ela responde:

— Até amanhã, seu surdo!

16
7
9

Produto Errado

O sujeito, furioso, liga para a farmácia e grita:

— Posso saber quem foi que atendeu a minha mulher nessa porcaria?

— Calma, senhor... — diz o farmacêutico — Quem é a sua mulher?

— É a Claudinha! — grita ele, histérico — Quero saber quem foi o filho da...

— Caaaalma, senhor... Claudinha é aquela loira, com os seios avantajados, cabelos bem longos, pernas grossas, que estava usando um vestidinho vermelho?

— É ela mesma! Agora me fala, quem foi? Quem foi?

— Foi a nossa nova atendente, senhor! O que aconteceu? Ela errou no troco?

— Não! Só que ela vendeu o medicamento errado pra minha mulher!

— Perdão, senhor... Mas a sua mulher pode vir aqui que a gente troca!

— Não dá! — grita ele, cada vez mais furioso — A minha mulher tá presa no meu colo!

— Presa no seu colo? Como assim, senhor?

— Ela foi aí pra comprar vaselina e a vaca da sua atendente vendeu Super-Bonder!

31
24
7

Leito de Morte

O marido estava em seu leito de morte e chamou a esposa. Com voz rouca e já bem fraca, diz à mulher:

— Meu bem, chegue mais perto. Eu quero lhe fazer uma confissão!

— Não, não — respondeu a mulher. — Sossegue e fique quietinho aí, porque você não pode fazer esforço.

— Mas mulher — insistiu o marido. — Eu preciso morrer em paz! Eu quero confessar uma coisa que está me atormentando!

— Está bem, está bem! Pode falar!

— É o seguinte. Eu transei com a sua irmã, com a sua mãe e com a sua melhor amiga!

— Eu sei, eu sei — disse a mulher. — Foi por isso que eu te envenenei, seu filho da p...

19
15
4

Depois da Noite

Depois de passar a noite toda no Motel com o namorado, a garota levanta-se, vai até a bolsa, pega um comprimido e engole-o.

— O que você está tomando? — pergunta o namorado. — A pílula?

— Não, é um tranqüilizante. É que eu esqueci de tomar a pílula!

15
11
4

Revelação Mediúnica

Depois da morte do marido a esposa não consegue esquecê-lo. Desesperada, resolve recorrer às forças mediúnicas para falar com seu amado. Ela vai a um centro espírita, onde providenciam a comunicação. Quando o marido se manifesta, durante a sessão, ela pergunta:

— Querido, é você?

— Sim, querida, sou eu, o seu marido.

— Como vai?

— Vou muito bem.

— Está feliz?

— Sim, muito.

— Mais do que quando estava comigo?

— Sim, bem mais.

— Então me diga, como é o céu?

— E quem lhe disse que estou no céu?

8
-4
12

Telefone Público

O caipira quer telefonar no único telefone público que tem na cidade, mas um sujeitinho da cidade grande, muito folgado, não larga de jeito nenhum do aparelho.

— O senhor me adescurpe! — disse o caipira, cutucando as costas do cara — Já tem pra mais de meia hora que o senhor tá aí com esse telefone na mão e num diz uma palavra!

— Pois é — disse o sujeito, tampando o fone — Estou falando com a minha mulher!

29
23
6

Comportamento Violento

No tribunal, depois de 15 anos de casado, o sujeito alega que não pode mais viver com a esposa e pede o divórcio.

— E qual a razão? — pergunta o juiz.

— É que a minha esposa é muito violenta!

— Explique-se melhor.

— É que por qualquer discussãozinha à toa, ela pega o que encontra pela frente e atira na minha cabeça.

— Há quanto tempo ela vem tendo este tipo de comportamento?

— Há mais de 10 anos.

— E por que só agora o senhor resolveu se separar?

— É que só agora a pontaria dela ficou boa!

18
9
9

Homem Chorando

O coveiro de um cemitério está andando pelo seu local de trabalho quando se depara com a triste cena de um homem chorando copiosamente sobre um túmulo.

— Por que você tinha que morrer? — grita ele, inconsolável — Por quê?

O coveiro fica muito penalizado e tenta consolá-lo:

— Essa dor vai passar, senhor... É duro perder um ente querido, mas um dia vai passar...

— Ente querido? — exclama o sujeito, enxugando as lágrimas — Eu nem conhecia o cara!

— Ué! — estranha o coveiro — Então por que tanto choro?

— É que ele foi o primeiro marido da minha esposa!

61
39
22

Namorado Índio

Mariazinha arrumou um namorado da tribo dos Pataxós, e resolve levá-lo em casa para apresentar aos pais.

— Sabe meu rapaz — diz o pai da menina — minha filha está acostumada a ter do bom e do melhor. Ela gosta de casa grande, sabia?

— Sem problema. Mim compra mansão!

— E adora carros!

— Sem problema. Mim compra carro!

— E gosta muito de velejar.

— Sem problema. Mim compra transatlântico!

— Ah, tem mais...ela gosta de um pênis de 20 centímetros!

— Sem problema. Mim corta!

36
26
10

Povoar a Terra

Depois de uns dias, o Senhor chamou Adão e disse:

— É tempo de você e Eva começarem o processo de povoar a Terra. Portanto, quero que você a beije.

— Sim, Senhor — concorda Adão — Mas o que é um beijo?

Então o Senhor deu a Adão uma breve descrição do que é um beijo. E Adão tomou a mão de Eva e a levou atrás de um arbusto.

Alguns minutos depois, Adão voltou e disse:

— Obrigado, Senhor. É muito bom!

E o Senhor respondeu:

— Eu sei, Adão. Eu imaginei que você iria gostar. Agora eu quero que você faça umas carícias em Eva.

— Mas o que é uma carícia, Senhor? — perguntou Adão.

O Senhor deu a Adão uma breve descrição do que é uma carícia e Adão voltou atrás do arbusto com Eva. Alguns minutos depois, Adão voltou com um sorriso nos lábios e disse:

— Senhor, isso é muito melhor que beijo.

— Você está indo muito bem, Adão — respondeu o Senhor — Agora eu quero que você faça amor com Eva.

— O que é fazer amor, Senhor?

Então o Senhor deu a Adão uma breve descrição do que é fazer amor e Adão levou de novo Eva para atrás do arbusto. Só que desta vez ele voltou depois de poucos segundos.

— Senhor, o que é dor de cabeça?

29
25
4

Tática Errada

O sujeito comenta com o amigo:

— Eu não sei mais o que fazer! As poucas vezes que volto tarde em casa, tiro os sapatos antes de entrar, subo sem fazer um barulho, tiro a roupa no banheiro e entro no quarto bem devagarinho, mas mesmo assim minha mulher sempre acorda e me dá uma bronca daquelas!

— É que você está usando a tática errada! Eu já chego cantando pneu, dou aquela brecada escandalosa, bato a porta, subo a escada pisando forte, tiro a roupa e os sapatos e jogo tudo contra a porta do armário, pulo na cama e pergunto pra minha mulher: "Que tal uma transadinha?", e ela continua fingindo que está dormindo.

20
16
4

Lugar Vazio

Um sujeito estava sentado na primeira fila de um daqueles espetáculos majestosos e caríssimos da Broadway onde, normalmente, os ingressos são vendidos com vários meses de antecedência, quando um rapaz, ao ver uma poltrona vazia entre eles, comenta:

— Que coisa esquisita! Um lugar desses vazio? Você pode acreditar que alguém paga uma fortuna por um lugar desses e não aparece no espetáculo?

O homem responde:

— Na realidade, esse lugar era da minha mulher, mas ela faleceu!

— Oh, meus pêsames — desculpa-se o vizinho. — Mas os senhor não poderia ter dado o ingresso para um amigo ou um parente?

— Infelizmente não! Estão todos no enterro!

22
17
5

Constância

O juiz que está julgando o divórcio pergunta ao homem:

— Você traiu sua mulher com constância?

— Olha, doutor... Essa tal de Constância eu não conheci. Mas se o senhor perguntasse da Camila, da Fernanda, da Tatiana...

16
12
4

Kit de Cosméticos

Depois de usar um completíssimo kit de cosméticos que garantem alguns anos a menos na aparência, a mulher, beirando os quarenta, vira-se para o maridão e diz:

— Querido, me fale honestamente: que idade você me dá agora?

— Hum, deixe-me ver — responde ele, analisando a esposa — Olhando para o seu rosto, te dou 20! A sua pele... 18! O seu cabelo, hum... 25...

— Ai, bem! Você é um amor!

E o marido continua:

— Calma, ainda nem terminei de somar tudo!

16
9
7

Perdido no Hipermercado

O sujeito perdeu-se da mulher num hipermercado, até que resolve abordar um dos repositores:

— Moço, você não viu uma mulher alta, loira, de olhos azuis passando por aqui?

— Como ela estava vestida?

— Estava com uma blusa branca, decotada, meio transparente e uma saia bem curtinha azul.

— Não! Infelizmente não vi, não! Mas o senhor pode ficar empilhando essas latas de óleo pra mim que eu vou atrás dela!