Piadas de Casal

14
6
8

Briga do Casal

No meio de uma briga, a mulher gritava:

— Você acha que é mais inteligente do que eu, que o seu emprego é melhor que o meu, que o seu passado é melhor que o meu, que sua educação é melhor que a minha, que tudo seu é melhor que o meu!

— Que bobagem, meu amor... Quer um exemplo? Eu gosto muito mais de sua sogra do que da minha!

31
26
5

Presente para o Namorado

O tio já estava há muito tempo desconfiado de seu sobrinho. O rapaz tinha um jeitinho meio afeminado. Um dia ele chegou e disse ao tio:

— Tio, amanhã é aniversário do Jorjão e eu nem sei o que dar para ele!

— Ah, dá uma garrafa de licor!

— Ai, tio... ele não bebe!

— Então dá uma camiseta!

— Deus me livre, tio! Aquela coisinha só usa roupa social!

O tio irritado não resistiu, e disse:

— Então dá o cu pra ele!

— Presente repetido não vale né, tio?

14
12
2

Cinto de Castidade

Dois amigos:

— Francamente, João — diz o primeiro. — Não entendo por que você insiste em colocar cinto de castidade em sua mulher cada vez que viaja. Me desculpe, mas com aquela cara e aquele corpo, quem é que vai querer comê-la?

— É que quando volto para casa, sempre dou a desculpa de que perdi a chave!

24
18
6

Dormindo com o Namorado

A mãe vira-se para filha adolescente e comenta:

— Minha filha, as vizinhas andam dizendo que você está indo pra cama com o seu namorado, é verdade?

— Imagina, mãe! Essas mulheres são umas fofoqueiras, isto sim! Só por que a gente vai pra cama com um fulano qualquer, já começam a dizer que é namorado!

22
18
4

Casal Moderno

— Nós somos um casal moderno — anunciava o rapaz recém-casado — Dividimos todas as tarefas de casa. Eu lavo a louça, a roupa, o banheiro...

— Espera aí! — interrompe o amigo. — E a sua mulher?

— Minha mulher, não! Ela se lava sozinha.

12
6
6

Dor de Cabeça

No dia do seu casamento, a noiva reclamou o dia inteiro para a mãe que estava com uma terrível dor de cabeça.

Após a festa, assim que os convidados foram embora, os recém-casados foram para o quarto.

Pouco depois, a mãe, preocupadíssima, bate à porta:

— A cabeça já passou, minha filha?

— A cabeça? Já entrou foi tudo!!

7
1
6

Dias Sem Voz

O sujeito encontra-se com um amigo:

— Desculpa por não ter te ligado na semana passada. Eu estava com uma inflamação na garganta e fiquei cinco dias completamente sem voz.

— E a sua mulher? O que fez?

— A minha mulher? Você acredita que ela nem percebeu?

8
-2
10

Vida de Luxos

Um cara pobre se casou com uma loira linda que vivia cobrando luxos que ele não podia dar.

A situação financeira só piorava... Mas como pra tudo tem um jeito, o homem foi tentar a sorte nos Estados Unidos, com um amigo que tinha uma fábrica de lingeries e deixou a loira sozinha por aqui.

Passaram-se alguns meses e o cara mandou um e-mail para a mulher contando as novidades:

"Meu amorzinho, queria contar que estou me dando bem, logo voltarei ao Brasil e teremos uma vida de luxo, pois estou ganhando muito dinheiro vendendo calcinhas e sutiãs".

A loira responde:

"Amor, também estou vivendo muito bem e já tenho uma vida de luxo, só que no meu caso eu trabalho sem calcinha e sutiã".

100
93
7

Lembrança para a Namorada

O namorado está em Nova Iorque e resolve mandar uma lembrança para a namorada. Entra em uma loja e escolhe um finíssimo par de luvas. Pede para a balconista embrulhar enquanto vai ao caixa. Descuidadamente, a balconista entrega-lhe outro embrulho, com uma calcinha de nylon.

Sem saber do engano, o namorado envia o presente com um bilhete:

"Querida: para mostrar que, mesmo estando longe, não me esqueço de você, envio-lhe esta surpresa; mesmo sabendo que você não usa, pois sempre que saímos juntos, nunca vi. Gostaria de estar aí para ajudá-la a vestir. Fiquei em dúvida quanto à cor, mas a balconista disse que esta não descora nem mancha. Ela experimentou para eu ver e ficou muito bem, apenas um pouco larga na frente, mas ela disse que é para os dedos mexerem mais à vontade e a mão entrar mais facilmente. Depois de usá-la, vire pelo avesso e ponha talco para evitar o mau cheiro. Espero que fique satisfeita tanto quanto eu, pois ela vai cobrir aquilo que em breve lhe pedirei."

39
25
14

Depois do Casamento

O marido reclama para a mulher:

— Sandra! Por que você não me faz mais aquelas loucuras sexuais que você fazia antes do casamento? Aquelas posições loucas, aquelas coisas inacreditáveis...

E ela se defende:

— Você já ouviu falar de algum pescador que continue a dar isca para o peixe depois de ter conseguido pescá-lo?

28
24
4

Senha do Casal

Os recém-casados eram tão tímidos que precisaram combinar uma senha para um dizer ao outro que estava com vontade de fazer amor. A senha era: "Vamos escrever uma carta no computador?"

Um dia, o rapaz voltou do trabalho e disse para sua amada:

— Vamos escrever uma carta no computador?

E ela respondeu:

— Hoje não, meu bem! Estou com dor de cabeça!

Pouco depois, porém, ela mudou de idéia:

— Amorzinho... se você quiser escrever agora uma cartinha no computador, eu topo...

— Agora não precisa mais! Já escrevi a mão mesmo!

22
15
7

Culpa do Gato

Depois de passar a noite com sua amante, o sujeito entra em casa e percebe que está com um arranhão no rosto.

Vendo o gato esparramado no sofá, ele tem a brilhante idéia de dar um tapa no bichano, que sai gritando:

— Miauuuuu!

A esposa acorda assustada e pergunta:

— Que barulho foi esse?

— Foi esse gato filho da puta! — responde o marido, fazendo a maior cena — Entrei em casa e ele me deu esse baita arranhão no rosto!

— É verdade! — concorda a esposa — Esse gato está impossível! Olha só a chupada que ele deu no meu pescoço!

9
-5
14

Código da Lua-de-Mel

A menina vai se casar e a mãe, toda preocupada, quer ir junto:

— Pelo amor de Deus, mãe. Não dá para a senhora ir na minha lua-de-mel!

— Então manda um telegrama dizendo como foi.

— Também não dá, mãe! Como eu vou chegar no correio e dizer aquelas coisas todas? Vou ficar com vergonha!

— Então faça o seguinte: se tudo correr bem, você manda um telegrama dizendo "Consumatum est". É latim e ninguém vai saber do que se trata.

No dia seguinte à lua-de-mel a mãe recebe um telegrama com os seguintes dizeres:"Consumatum est... e oeste."

29
20
9

Condição Financeira

O sujeito foi pedir a mão da moça em casamento.

— O senhor tem recursos para sustentar a minha filha? — pergunta-lhe o pai, um bem sucedido empresário da região.

— Tenho sim, senhor! — responde o noivo, timidamente.

— Quanto o senhor ganha por mês?

— 120 reais!

— O quê? 120 reais por mês? O senhor fique sabendo que esse dinheiro não dá pra pagar o papel higiênico que minha filha consome.

Com a cabeça baixa, o sujeito vai indo embora.

— E aí, amor? — pergunta-lhe a namorada, já no portão — Como foi?

— Sai pra lá, sua cagona!

41
38
3

Seus Parentes

Um jovem casal viajava por uma estrada do interior e devido a uma rotineira discussão, ficaram sem se falar por algumas horas...

Nenhum dos dois queria dar o braço a torcer até que quando eles passavam por uma fazenda onde haviam alguns porcos e uma vaca pastando, o marido resolve quebrar o gelo:

— São parentes seus?

E ela, mantendo o nível:

— Sim... São meus cunhados e minha sogra!

29
19
10

Resgatando o Interesse

Depois de 25 anos de casamento a mulher resolveu tentar resgatar o interesse do marido e vestiu a mesma camisola que usou na noite de Núpcias.

— Amo-or! — sussurrou ela, com voz lânguida — Lembra dessa camisola?

O marido tirou o olho do jornal e disse:

— Sim. É a camisola que você usou na nossa lua de mel! Por quê?

— E você lembra do que você me disse naquela noite, quando me viu com essa camisola?

— Sim, me lembro! — respondeu o marido — Eu disse "Você está maravilhosa nessa camisola, Clarice! Quero chupar os seus peitos até deixá-los secos! Depois quero transar com você até te deixar acabada!"

— E agora, depois de tantos anos, o que você tem a dizer?

O marido olhou a esposa de cima a baixo e disse:

— Missão cumprida!

20
14
6

Pedido de Casamento

Duas garotas conversando.

— Ontem fez duas semanas que eu conheci o Juvenal e ele já me pediu em casamento — diz a primeira.

— Eu não acredito! Pois há um mês atrás ele me fez o mesmo pedido.

— É mesmo? Pois ele me disse que antes de me conhecer havia cometido uma série de tolices.

15
13
2

Meia-Irmã

Apaixonado, o rapaz anuncia ao seu pai que vai se casar.

— Que ótimo, meu filho! — entusiasma-se o pai. — Quem é a felizarda?

— É a Jéssica, papai... Filha do seu amigo Alfredo.

— Fi... filha do Alfredo? — gaguejou o pai, estupefato. — Mas você não pode se casar com esta moça!

— Por que não?

— Sabe o que é? É que logo que eu casei com a sua mãe, toda vez que o Alfredo viajava, a sua mulher dormia aqui em casa e uma vez... bem, você sabe o que aconteceu, né?

— Quer dizer que a Jéssica é minha irmã?

O pai confirma com a cabeça e o rapaz se tranca no quarto chorando, desesperado.

Pouco depois, a sua mãe vai consolá-lo:

— O que houve, meu filho?

— É que o papai me contou que não posso me casar com a Jéssica...

— Que bobagem, meu filho! Claro que você pode se casar com ela.

— Mas ela é minha irmã!

— Sabe o que é? É que logo que me casei com o seu pai, todas as vezes que ele viajava, eu ia dormir na casa do Alfredo...

11
6
5

Surpresa para a Esposa

Em época de crise o executivo vai até uma loja de shopping e pede à vendedora:

— Embrulhe esta saia para presente, por favor!

— Vai fazer uma surpresa para a sua esposa, senhor?

— Uma surpresa das grandes! — enfatiza o engravatado — Ela estava esperando um anel de brilhantes!

11
6
5

Discutindo no Cinema

No escurinho do cinema, no meio do novo filme do Schwarzennegger, um casal de meia idade insiste em discutir em voz alta.

— Eu nunca mais vou te trazer no cinema! — diz o marido, furioso.

— E quem disse eu eu quero a sua companhia? — desafia a mulher.

— Pois então, fique sabendo que...

— Escuta aqui, meu amigo! — interrompe o espectador da cadeira ao lado — Eu não estou conseguindo ouvir uma palavra!

— É mesmo? — exclama o sujeito, em tom irônico — E eu posso saber por que você quer ouvir a minha discussão?

10
5
5

Imaginando a Reação

O sujeito estava assistindo a um balé com a mulher, quando de repente começa a rir.

— Por que você está rindo? — pergunta a mulher.

— Estou imaginando qual seria a reação do público se de repente eu pulasse no palco e violentasse uma das bailarinas.

A mulher não faz nenhum comentário, mas pouco depois começa a rir.

— Por que você está rindo? — pergunta o sujeito.

— Estou imaginando o que você faria se o público pedisse bis!

12
7
5

Pequeno Pedido

— Amôooooor! — diz a mulher, toda dengosa pro marido.

— O que foi, Valquíria?

— Eu queria te pedir um coisinha... posso?

— O que é dessa vez, Valquíria?

— É uma coisinha bem pequena...

— Tá, fala logo, Valquíria...

— Compra um radinho pro seu docinho?

— Ah, só um radinho... — diz o marido, aliviado — E que tipo de radinho você quer, Valquíria?

— Ah... Pode ser um daqueles que tem um carro por fora!

10
7
3

Matando Moscas

A mulher chega em casa e vê o marido atarantado correndo pra lá e pra cá com um pano na mão.

— O que é isso, querido? Ficou maluco?

— Estou matando moscas, meu amor! Já matei cinco: duas machos e três fêmeas.

— Ué, e como é que você descobriu qual era macho e qual era fêmea?

— Foi fácil, duas estavam na garrafa de cerveja e três no telefone.

12
6
6

Roupas Novas

As vésperas de um jantar com os amigos do marido, a esposa resmunga:

— Ai, bem... Você precisa comprar umas roupas novas pra mim! Se os seus amigos me virem assim, vão pensar que eu sou a cozinheira da casa!

— Não se preocupe, querida! — consola o cônjuge — Depois do jantar, eles vão mudar de opinião!

13
5
8

Bons Modos

A mulher está fazendo o curso de etiqueta e, à noite, se irrita coma maneira um tanto abrupta com que o marido investe sobre ela.

— Olavo — diz ela, muito séria -, exijo bons modos na cama, assim como tenho o direito de exigi-los na mesa.

Surpreso e aborrecido, o marido se levanta, vai até o espelho, penteia os cabelos, passa um desodorante e volta para a cama.

— Tudo bem, agora? — pergunta.

— Está ótimo — responde a mulher.

— Então, quer fazer o favor de me passar a sua xoxota?

12
1
11

Mulher Desaparecida

O sujeito no supermercado chega para uma garota e diz:

— Não estou encontrando minha esposa. Poderia ficar conversando com você por alguns minutos?

— Claro — disse a garota — Mas por quê?

E o sujeito:

— É que sempre que estou conversando com um garota bonita, minha esposa aparece do nada!