Piadas de Casal

Um fazendeiro muito rigoroso e durão casou suas três filhas no mesmo dia.

A casa da fazenda era bem grande e o fazendeiro exigiu que as três filhas passassem a noite de núpcias nos quartos do casarão, que ficavam um ao lado do outro.

Depois do casamento as filhas se dirigiram para os quartos, com os seus respectivos maridos e o pai, muito curioso, foi ouvir o que acontecia nos quartos, através das portas.

Parou no primeiro quarto e escutou a voz da filha mais velha cantando bem alto.

Estranhou, mas prosseguiu. Parou no segundo quarto onde estava a filha do meio, que ria, ria sem parar. Novamente estranhou, mas continuou.

No quarto da filha mais nova ele não ouviu nada. Esperou alguns minutos, mas nada de barulho. Então ele resolveu dormir.

No dia seguinte, quando todos estavam tomando café, ele começou a conversar com as filhas e perguntou à primeira:

— Por que você estava cantarolando ontem, minha filha?

— Foi você quem me ensinou, papai! Você me disse que sempre que eu tivesse medo era para cantar!

— Muito bem, minha filha! E você — dirigindo-se para a filha do meio — Por que estava rindo tanto?

— Foi você quem me ensinou, papai! Você me disse que sempre que eu sentisse dor deveria rir!

— Muito bem! — respondeu ele — E você minha caçulinha querida, estava tão quieta ontem!

— Foi você quem me ensinou, papai! Você me disse que nunca se deve falar com a boca cheia!

123
108
15

O cara, casado há 5 anos, desabafa com o amigo solteiro:

— Antes do casamento eu falava muito e minha mulher só escutava... Nos primeiros meses de casados, minha mulher falava muito e eu só escutava... Agora os dois falam muito... e quem escuta são os vizinhos!

22
1
21

O marido chega para a mulher e diz:

— Querida, faça suas malas! De hoje em diante, você vai morar com o Carlos.

— Como assim?

— Simples: joguei você no jogo de cartas e perdi!

— Como você pôde fazer uma coisa dessas?

— Ué... roubando, oras bolas!

13
1
12

As duas amigas se encontram:

— Oi, Teresa, como vai?

— Ih, minha querida, estou muito mal! Acabei de descobrir que tenho uma doença incurável.

— Meu Deus!

— E o pior... só tenho mais alguns dias de vida!

— Ah, coitada! — e depois de refletir alguns segundos: — Já sei, vou te ajudar!

— Como?

— Vou mandar o meu marido passar esses dias com você!

— Por quê?

— Com ele, esses dias vão parecer uma eternidade!

18
5
13

O marido tenta se explicar:

— Juro, querida, essas crianças me chamam de "papai" simplesmente por carinho. Não há absolutamente nada além disso. Sem falar de que na minha idade...

— Não interessa! Você não vai me convencer, Noel!

38
-5
43

Depois de uma transa, o casal de namorados conversa, em uma cama de motel:

— Amor... Você ainda vai me amar quando a gente for casado? — murmura ela.

Ele pensa um pouco e diz:

— Acho que sim. Sempre tive uma queda por mulheres casadas.

18
5
13

Aquele casal estava jantando num restaurante finíssimo, quando de repente o homem desaparece para debaixo da mesa. Surpreso, o garçom se aproximou e perguntou com ar de preocupação:

— Perdão, senhora, mas o seu marido está passando mal?

— Não, não! Ele está ótimo! Acabou de entrar no restaurante!

23
8
15

Numa briga entre um casal, ela tenta ser conciliadora:

— Meu bem, como tudo na vida, no casamento também existe o lado bom e o lado ruim.

— Qual é o lado bom?

— O companheirismo, os filhos, a amizade, a cumplicidade e... quer que eu diga qual é o lado ruim também?

— Não, não é necessário, esse eu já conheço muito bem! Eu só não me lembrava mais do lado bom!

17
0
17

No cinema, o rapaz vira-se para a garota e diz:

— De quem são esses olhinhos?

E ela:

— São seus!

— De quem é esse narizinho?

— É seu!

— De quem é essa barriguinha?

— É sua!

— De quem é essa bocetinha?

Envergonhada, ela não respondeu.

— De quem é essa bocetinha? — ele repetiu um pouco mais alto. Ela continuou calada, e ele num tom bem mais alto:

— De quem é essa bocetinha?

Aí alguém lá atrás gritou:

— Epa! Acende a luz que acharam uma boceta!

31
22
9

Duas mulheres conversando:

De repente uma delas ouve o barulho de um automóvel estacionando em frente à sua casa, ela espia pela janela e comenta:

— É o meu marido! E o pior é que ele comprou flores!

— Nossa! Que romântico!

— Romântico? Se você soubesse... vou ter de passar o fim de semana inteiro com as pernas abertas!

E a outra, indignada:

— Ué, você não tem nenhum vaso em casa?

12
3
9