Piadas de Casal

A o completar dois anos de casado, o marido propõe à mulher:

— Benzinho! Vamos brincar de jogo da verdade? A gente conta nossos segredos e no final eu te perdôo e você me perdoa! Combinado?

— Tudo bem — concordou a mulher — Confessa você primeiro!

— Bem, vamos lá... Dois meses depois que nós nos casamos, eu tive um caso alucinante com a sua irmã...

— O quê? — interrompe ela, furiosa — Justo com a minha irmã?

— Amor, você prometeu que perdoaria...

— Tudo bem, tudo bem... eu te perdôo... Agora é a minha vez...

— Claro, amorzinho — diz ele, aliviado — que segredinho você tem pra me contar?

— Dois anos antes de me casar com você, eu era homem!

26
20
6

Um homem entra num restaurante e vê uma mulher muito bonita sozinha numa mesa. Ele se aproxima e pergunta:

— Estou vendo você sozinha nessa mesa. Posso sentar-me e fazer-lhe companhia?

Ao que a mulher responde bem alto:

— Trepar comigo? Você está pensando que eu sou o quê?

O rapaz ficou vermelho que nem um peru e saiu de fininho diante dos olhares gozadores de todos no restaurante.

Alguns minutos depois a mulher se levanta e vai até a mesa dele.

— Me desculpe pela forma como o tratei ainda há pouco! É que sou psicóloga e estou fazendo um trabalho sobre a reação das pessoas diante de situações inusitadas e...

— Mil Reais? — interrompe ele, gritando. — Você está maluca? Nenhuma puta vale isso!

85
72
13

A garota casa-se e vai viajar em Lua de Mel.

A mãe, preocupada com a felicidade sexual da filha, pede para ela lhe ligar sempre que possível para contar como o novo marido está se saindo.

— Mas, mamãe! E se ele estiver do meu lado?

— Não tem problema, minha filha! Vamos usar um código! Vamos falar em bifes. Cada transada é um bife, entendeu?

— Ok!

E a moça viajou. Dois dias depois, liga para a mãe:

— Ontem ele comeu um bife!

Na semana seguinte:

— Ele comeu só dois bifes essa semana!

Na outra semana:

— Essa semana ele comeu só um bifinho...

Inconformada, a mãe adverte:

— Não é possível, minha filha! Esse rapaz deve ter algum problema sério... Veja o seu pai: já estamos casados há mais de vinte anos e só ontem ele comeu três bifes, uma rabada e ainda lambeu a frigideira!

27
16
11

Morre o homem e, não demora muito, a viúva também vai para o céu.

Chegando no paraíso, ela encontra o marido.

— Querido! Querido! — diz ela, abraçando o ex. — Que bom te encontrar aqui! Agora nós vamos ficar juntos pra sempre!

— Opa, opa! Peraí... O trato foi: "Até que a morte nos separe!"

58
53
5

A moça morava com um sujeito que além de muito grosso, chegava bêbado todos os dias, batia nela e ainda lhe pedia dinheiro emprestado para gastar nos bares.

Um belo dia ela acaba ganhando sozinha na Sena Acumulada e a primeira coisa que faz é se livrar no canalha.

Mas o sujeito não se conforma e vai até a delegacia reclamar os seus direitos. Após ouvir sua história, o delegado olha bem para a cara do salafrário e sentencia:

— Mas você é um tremendo cara-de-pau, hein? É claro que você não tem direito a nada... nem casado com a moça você é...

— Mas doutor, eu ajudei ela a ganhar a grana!

— Ajudou? Como?

— O senhor não concorda que para ganhar na Sena sozinha a pessoa tem que ter um cu desse tamanho?

— Sim...

— Pois então... taí a minha colaboração, doutor!

9
-3
12

O cara ia a toda na sua motocicleta incrementada quando um guarda rodoviário faz sinal e pede para ele parar:

— Acabo de receber um chamado pelo rádio — começa o guarda. — A sua senhora caiu na estrada a uns dez quilômetros daqui!

— Mas, que boa notícia, seu guarda! Eu já estava achando que tinha ficado surdo!

16
5
11

Aquela viúva recente está rezando ajoelhada diante do túmulo do marido, em prantos, quando chega uma outra mulher e começa a fazer xixi sobre o túmulo.

— Mas o que é isso? — reclama ela, indignada. — Você perdeu o juízo? Fazendo xixi sobre o túmulo do meu marido?

Ao que a mulher se justificou:

— Cada um chora por onde tem saudade!

25
16
9

Um casal estava voltando de Angra dos Reis em um potente Jaguar a aproximadamente 120 Km/h.

Depois de passarem quase todo o trajeto sem conversar uma palavra sequer, a esposa resolveu quebrar o silêncio:

— Querido, nós estamos casados há 30 anos, já vivemos muitas alegrias juntos, já compartilhamos muitas coisas boas... mas eu quero o divórcio!

O marido permaneceu calado e aumentou a velocidade para 130 km/h.

Então a esposa continuou:

— Eu não quero que você me peça para mudar de idéia... Estou tendo um caso com o seu melhor amigo e estou convencida de que ele é o homem certo pra mim...

O marido, ainda calado, aumentou a velocidade para 140 km/h.

E ela continuou:

— Eu vou ficar com a casa...

Mais uma acelerada e a velocidade aumenta para 150 km/h.

— Eu quero ficar com as crianças...

160 km/h.

Eu quero o carro, a conta-corrente, todos os cartões de credito!

170 km/h.

E você, não vai dizer nada? Não vai dizer o que você quer?

— Não, querida... Eu tenho tudo o que eu preciso aqui mesmo, neste carro... Neste momento eu tenho a coisa mais importante do mundo do meu lado! — disse ele, começando a se emocionar.

Ela não entendeu o discurso do marido e perguntou:

— Ah, é? Posso saber o que de tão importante você tem do seu lado?

Então ele aumentou a velocidade para 220 Km/h e completou:

— O airbag fica do meu lado!

50
44
6

O sujeito foi a um psicólogo porque a mulher batia nele e toda a vizinhança o via como um frouxo.

— Mas é muito simples para você resolver isso — aconselhou-o o psicólogo — Toda vez que você estiver apanhando, basta ficar gritando: "Tome! Tome!", que todos os vizinhos vão associar o barulho dos socos e tapas com a sua voz e vão achar que é você que está batendo.

O cara gostou da idéia e na primeira oportunidade resolveu colocá-la em prática.

Chegou em casa tarde e assim que a mulher lhe deu a primeira pancada ele berrou: "Tome! Tome sua sem vergonha!". Ao ouvir isso, a mulher começou a bater cada vez mais e o cara gritava cada vez mais alto.

Até que uma hora ela se encheu e jogou-o pela janela, do 18º andar.

Antes de chegar ao chão, ele ainda gritou:

— E agora eu me vou embora e você nunca mais me procure!

44
35
9

Logo depois de comprar um carro novo, o sujeito leva uma loira sensacional para dar umas voltas. Ela adora velocidade e ele decide provocá-la:

— Se eu chegar a 200 km/h, você tira a roupa?

Ela olha assustada mas logo faz uma cara de safada e concorda.

Então ele chega a 100 km/h e ela tira os sapatos. Logo ele aumenta pra 130 Km/h e ela tira a blusa. Ele fica babando nos peitões da loira e acelera pra 150 km/h, até ela tirar o sutiã.

Ele começa a suar, mas não tira o pé do acelerador. Quando ele chega a 180 Km/h a loira solta o cabelo, tira a saia e joga para o banco de trás. Ele pisa ainda mais fundo e quando chega a 200 Km/h ela finalmente tira a calcinha! Que mulherão!

Ele fica olhando pro corpão da loira por alguns segundos, quando de repente ela dá um grito e eles perdem o controle. O carro capota, mas por um milagre eles sobrevivem. A loira fica ilesa, mas o sujeito fica preso nas ferragens e diz:

— Por favor, vá pedir ajuda! Eu estou entalado aqui dentro...

— Mas... eu não posso! Eu tô pelada — choraminga ela — Minha roupa sumiu!

Então ele olha ao seu redor e vê um dos seus sapatos.

— Ah, pega esse sapato e se cobre! Mas vai procurar ajuda... rápido!

A garota sai correndo nua pela estrada, segurando o sapato entre as pernas, até que chega em um posto de gasolina e pede ao frentista:

— Por favor, me ajuda! O meu namorado ficou entalado!

Ele olha para o corpão da loira, depois para o sapato e diz:

— Ih, dona... Não sei não... Acho que ele tá muito fundo!

20
10
10

Um casal, havia acabado de se separar. Eles tinham um filho somente, que amavam muito. Resolveram lutar pela guarda do filho.

No tribunal, a mulher se defende dizendo:

— Ele é fruto do meu ventre, eu devo ficar com a guarda do filho!

O homem questionou:

— Senhor juiz, quando eu coloco a moeda na máquina de refrigerantes, a Coca-Cola que sai é minha ou da máquina?

87
68
19

No tribunal o juiz interroga uma mulher que assassinou o marido com 57 tiros e 34 facadas.

— Qual foi o motivo do assassinato? — pergunta ele, enfático.

— Ah, ele me falou uma coisa que eu não gostei muito...

— Ah, é? O que foi que ele disse?

— Ele acordou e disse, meio sonolento: "Bom dia, Danizinha... Amor da minha vida!"

— Ué! Mas o que tem de errado nisso? — perguntou o juiz, inconformado.

— Meu nome é Jéssica, meritíssimo!

15
-5
20