Piadas de Casal

31
27
4

Pacotes de Camisinhas

Na farmácia, o garoto chega para a mãe e pergunta:

— Mamãe, pra que servem as camisinhas?

— É para usar na hora de fazer amor — responde ela baixinho.

Pouco depois, o garoto vem com outra:

— Por que é que vem em pacote de três?

— É para os garotos do colégio: uma para a sexta, outra para o sábado e outra para o domingo.

Pouco depois:

— E esses pacotes com seis?

— É para os rapazes da faculdade: duas para a sexta, duas para o sábado e as outras duas para o domingo.

Já na saída:

— E esse pacotão com doze?

— Esse é para os homens casados... uma para janeiro, outra para fevereiro...

30
24
6

Francesinha

Charles era um sujeito muito brincalhão. Certo dia a sua esposa estava indo para a França, em uma viagem de negócios e lhe perguntou:

— Você quer que eu traga uma lembrancinha?

— Ah, eu quero! — respondeu ele, em tom de brincadeira — Me traz uma francesinha!

A esposa, como sempre, não disse nada e embarcou para Londres. Um mês depois, ela volta e o marido dá as boas-vindas:

— Oi querida! Como foi de viagem? E a minha lembrança, você trouxe?

— Ah, a francesinha?

O marido acena com a cabeça, animado.

— Bem, eu fiz o que pude! — responde a esposa — Agora vamos ver se nasce menina!

32
19
13

Namorada no Motel

O rapaz leva a namorada para o motel. Chegando lá, ela tira a roupa, deita-se na cama, abre as pernas e sussurra com voz lânguida:

— Vem, me faz sentir mulher!

O rapaz tira as roupas, joga-as em cima da moça e diz:

— Toma, lava!

7
-7
14

Motivos para Separação

Dois amigos conversando:

— Pô, Osires... Acho que eu vou me separar!

— Que é isso, amigão? Se separar por quê?

— Eu não agüento mais a minha mulher!

— Não agüenta como? Ela tá muito gorda e você não agüenta carregar? Ué, então não carrega...

— Não, Osires! Não é nada disso!

— Já sei, você anda broxando! Toma um Viagra, cara! Mas não deixa isso te desanimar não...

— Não, Osires! Você não tá entendendo nada! Eu não agüento mais essa rotina do casamento! Casamento é um saco!

— Ah, não fala assim, amigão... Casamento é o porto onde dois navios se encontram e seguem navegando juntinhos... Não é lindo?

— Ah, agora entendi tudo!

— Entendeu tudo? Como assim?

— Olha só o azar que eu dei: encontrei um navio de guerra!

14
8
6

Casal em Paris

Um bem-sucedido empresário brasileiro que sempre ia sozinho a Paris em suas viagens de negócios, um dia, atendendo aos apelos da mulher, concorda em levá-la.

Assim que chegaram, a mulher quis conhecer os famosos cabarés.

— Não! — protestou o marido. — De jeito nenhum! Eu não gosto dessas coisas e não fica bem para uma mulher direita...

O protesto foi em vão. Todo mundo sabe que quando uma mulher quer, dois não brigam.

Ao entrar no cabaré, o porteiro o cumprimentou:

— Boa noite, Senhor Pedro, seja bem-vindo!

A mulher olhou-o carrancuda.

Em seguida foi a vez do garçom:

— A mesa de sempre, Senhor Pedro?

A mulher ficou furiosa, mas ele conseguiu contornar a situação.Pouco depois, uma moça entrou no palco e começou a fazer um strip-tease. No meio do espetáculo ela vira-se para a platéia e diz com voz sussurante:

— Alguém quer me ajudar a tirar a minha calcinha?

— Eu! Eu! Eu! — gritava a platéia.

— E o senhor, Senhor Pedro? Não vai querer? — perguntou ela.

Ao ouvir aquilo, a mulher dele partiu para a agressão:

— Seu cretino duma figa — e começou a esmurrá-lo.

Alguns segundos depois, o dono da boate foi apartar a briga:

— Senho Pedro, se essa vagabunda estiver incomodando-o, eu mando botá-la para fora!

17
10
7

Dentista e Ginecologista

Aquela senhora, sempre muito discreta, entra no consultório do dentista, levanta a saia, tira a calcinha e senta-se na cadeira com as pernas escancaradas.

Indignado, o dentista consegue balbuciar:

— Desculpe, a senhora se enganou! O ginecologista fica no prédio ao lado!

— Não me enganei coisíssima nenhuma — se defende a mulher.

— Na semana passada estive aqui com o meu marido e...

— Eu sei, eu sei... eu coloquei uma dentadura nele...

— Pois então, trate de encontrá-la!

13
9
4

Alisando a Garrafa

Em uma descontraída mesa de bar, o sujeito bebe uma cerveja com sua mais nova namorada, que curiosamente fica alisando a parte mais larga da garrafa e suspirando.

— Vera Lúcia! — interrompe ele — Eu posso saber por que você tanto alisa essa garrafa?

— Ah, Inácio... — sussurra ela, desligada — É que eu estava pensando no meu ex-namorado.

— No Pedrão? — pergunta ele, enciumado — E em mim, você nunca pensa?

Ela sobe a mão da parte mais grossa para o gargalo da garrafa, começa a alisar e diz:

— Às vezes...

29
27
2

Foto na Carteira

O marido vai pegar uns trocados na carteira da mulher quando dá de cara com uma foto sua.

— Ei, querida! Você carrega a minha foto na carteira o tempo todo?

— Sim. Sempre que tenho um problema, por mais difícil que seja, eu olho para a tua foto e ele desaparece como que por milagre!

— Puxa, que legal! Eu não sabia que tinha tanto poder!

— Pois tem! Eu olho para tua foto e me pergunto: "Afinal, o que de pior pode me acontecer?"

10
6
4

Briga do Casal

A moça recém-casada liga desesperada para a mãe:

— Mamãe, mamãe! Eu briguei com o Marcos! — a moça grita, aos prantos.

— Mas minha filha! — a mãe tenta consolá-la — Isso é normal... daqui a pouco você vai se sentir bem de novo!

— Sim, eu sei! — a filha responde — Mas o que eu faço com o cadáver?

35
15
20

Última Homenagem

Velório na igreja, caixão fechado, família reunida. E o padre começa a prestar a última homenagem ao falecido:

— O finado era um excelente cristão... Ia à igreja todos os domingos, era muito fervoroso...

— Era também um pai exemplar! Nunca deixava faltar nada para seus filhos...

— E, acima de tudo, um ótimo marido... Sempre cumpria com as suas obrigações, cuidava bem de sua esposa, era fiel, chegava em casa na hora certa...

— Seu padre! — interrompe a viúva — Desculpe atrapalhar, mas... Eu gostaria que abrissem o caixão! Não é possível que o senhor esteja falando do meu marido!

23
11
12

Pescaria no Pantanal

Aquele grupo de empresários todo o ano ia pescar no Pantanal e, para as férias ficarem completas, cada um levava uma destas mocinhas pouco apegadas aos preceitos morais e muito apegadas ao dinheiro.

E essa rotina se repetiu durante vários anos consecutivos até que um belo dia as esposas dos empresários decidiram acompanhá-los e não houve Cristo que as fizessem mudar de idéia.

Como de costume, assim que chegaram na Pousada, o gerente veio recepcioná-los.

— Caramba! Desta vez vocês arranjaram umas putas feias pra cacete!

7
1
6

Apimentando a Relação

Aborrecido com a indiferença da mulher, o marido procura um conselheiro matrimonial, que lhe sugere maior agressividade nas relações sexuais.

— Em vez de comportar-se como um marido entediado, aja como um amante romântico. Por exemplo, hoje, ao chegar em casa, agarre-a e faça o amor onde ela estiver. Nem que seja na sala!

Na consulta seguinte, o marido conta que pôs o conselho em prática.

— E qual foi à reação dela? — pergunta o conselheiro, curioso.

— Pra falar a verdade, a mesma de sempre. Mas as visitas até que ficaram um pouco excitadas.

6
1
5

Melhores Toalhas

Depois de mandar a empregada embora, a mulher reclama com o marido durante o jantar.

— Querido, você viu o que aquela safada fez?

— Quem, a sua mãe?

— Não, meu bem! Aquela desgraçada da Maria! Ela foi embora e levou duas toalhas nossas.

— Levou pra onde?

— Levou embora! Que sem-vergonha! Justamente nossas melhores toalhas.

— Não fique nervosa, eu comprarei outras!

— Comprar outras? De que jeito? Foram aquelas toalhas que eu roubei daquele hotel em Paris!

23
20
3

Encontro no Ar

O casal resolve ir ao motel, naquela velha tentativa de mudar um pouco a monotonia sexual. Chegando no quarto, o marido fala:

— Querida, eu trouxe você aqui porque quero fazer algo diferente. O negócio é o seguinte: você vem correndo daquela ponta, eu saio correndo dessa outra ponta, a gente engata no ar e depois cai na cama!

— Que loucura! Você planeja cada uma! Vai ser uma noite inesquecível! — animou-se a mulher.

— Então vamos nessa! É um! É dois! E é...

Eles saem correndo cada um de um lado, saltam, mas na hora dos dois se encontrarem no ar, eles passam direto um pelo outro e o cara sai voando pela janela e acaba caindo na piscina.

Vinha passando um funcionário e o homem na piscina pediu:

— Ei, meu amigo, me arranja uma toalha pra eu sair daqui!

— Pode sair, não tem problema — o outro respondeu.

O marido ficou puto e reclamou:

— Porra, mas eu tô pelado! Me ajuda aqui!

— Pode sair assim mesmo, não tem ninguém aqui! Tá todo mundo lá no 103 vendo uma mulher que ficou enganchada na maçaneta!

21
14
7

Intenção de Divórcio

Três meses depois de casada com um homem muito rico, a filha comenta com a mãe que quer se divorciar.

— Mas, minha filha — protesta a mãe. — O seu marido te dá todas as mordomias, você mora numa casa belíssima, tem três empregados, gasta o quanto quiser. Além do mais, ele sempre me pareceu um bom sujeito.

— É porque você não conhece esse animal! Imagina, mamãe que todos os dias ele quer fazer sexo anal comigo. Todos os dias, sem descanso. Eu já não aguento mais! Quando eu me casei o meu cu era do tamanho de uma moeda de cinco centavos e hoje está do tamanho de uma moeda de um real.

— Mas, minha filha! Vai me dizer que você está pensando em se separar do seu marido só por causa de noventa e cinco centavos?

7
2
5

Primeiros Dias

Ao ver o amigo casado há tanto tempo, o sujeito, indignado, lhe pergunta o segredo.

— Ora, meu caro, é muito simples! Nos primeiros quinze dias do mês, eu deixo a minha mulher fazer o que ela quiser.

— E nos outros quinze?

— Aí, eu faço o que ela quiser!

16
12
4

Homens Iguais

Depois de algumas horas na praia, a namorada se emputece com os olhares do namorado para o corpo de toda garota que passa na frente do casal.

— É impressionante! — resmunga ela — Vocês homens são mesmo todos iguais!

— Querida, não é que nós somos todos iguais... O problema são vocês, mulheres, que são todas diferentes!

20
13
7

Chegando Tarde

O dia já estava nascendo, quase seis da manhã, quando batem na porta. A mulher atende e vê o marido com aquela cara de que a noite foi boa: completamente bêbado, o cabelo bagunçado, a roupa amassada, cheio de marcas de batom e com um cheiro forte de perfume feminino.

Muito louca da vida, a mulher grita:

— Vai, canalha, fala! Agora eu quero ver você me dar um, pelo menos um motivo pra chegar as seis da manhã em casa!

Ele responde, sem pensar duas vezes:

— Ué, o café da manhã, oras!

11
4
7

Sempre ao Lado

Jacó está no seu leito de morte e Sara ao seu lado segura a sua mão.

— Sara, eu estou morrendo... — diz ele com voz rouca.

— Calma Jacó, eu estou aqui do seu lado, como sempre!

— Sara, me diz uma coisa, quando nós vivíamos na Polônia e os camponeses da vila vizinha invadiram e queimaram a nossa casa, você estava comigo?

— Mas claro, Jacó! Eu estava com você sim!

— Sara, e em 42, em Paris, quando aqueles bandidos nos capturaram, você estava comigo?

— Claro que sim, Jacó! Eu sempre estive ao seu lado!

— E quando fomos levados para Auschwitz, você estava comigo?

— Estava sim!

— Puta que o pariu, Sara! Como você é pé-fria!

8
3
5

Pedido de Divórcio

No Tribunal, o Juiz entrevista o casal que quer se divorciar.

— Por que é que o senhor quer o divórcio?

— Sua Excelência, a minha mulher é preguiçosa e péssima dona de casa! Estou farto de chegar em casa e ver a nossa cama cheia de parasitas.

— Isso não me parece ser motivo suficiente para o divórcio! — exclama o Juiz — e a senhora, o que tem a dizer?

— Senhor Juiz, o meu marido é um ordinário! Ouviu como ele chamou os meus amigos?

9
3
6

Condição Cardíaca

Um pai estava preocupado, porque a sua filha não havia revelado a precária condição cardíaca para o noivo.

Na primeira chance que teve, chamou o futuro genro para uma conversa particular:

— Não sei se você sabe Luís, mas minha filha tem angina profunda.

— Tem razão, seu Mário. E o ânus também.

13
7
6

A Dança Proibida

O rapaz chega ao hospital todo arrebentado.

— Como é que você conseguiu se machucar dessa maneira?— pergunta a enfermeira, curiosa.

— Pois é, eu estava dançando lambada com a minha namorada e o pai dela apareceu na sala. Na mesma hora, o homem pegou a bengala e me encheu de porrada.

— Nossa! Ele é maluco?

— Não, ele é surdo...

40
36
4

Sensibilidade Masculina

Estava num clima meio ruim com o maridão e resolvi fazer uma surpresa... Comprei 250 velas de tamanhos diferentes, 10 dúzias de rosas vermelhas, espumante, queijos e frutas e decorei toda a Casa. Nosso quarto fica no segundo andar e eu fiz um caminho de velas desde a porta de entrada até o quarto. As escadas iluminadas, tudo lindo!

Depois de tudo preparado, chamei um casal de amigos para acender as 250 velas antes de chegarmos em casa. A cama estava coberta com pétalas de flores e com arranjos maravilhosos de antúrios, além do espumante no gelo e as frutas, queijos e frios completavam o clima do quarto.

Guardamos o carro na garagem e pedi pro marido ir à frente que eu já estava saindo do carro.

Enquanto ele abria a porta eu tratei de tirar o vestido. Fiquei só de lingerie e cinta-liga. Quando meu maridão abriu a porta eu desci do carro. Semi-nua, claro! Quando olhei a cara do meu marido percebi que ele estava branco. Virou pra mim, sem perceber "meu modelito", e gritou:

— A casa está pegando fogo!

Eu, calmamente, disse para ele olhar novamente. Fiz até uma cara "sexy" para dizer isso...

Ele abriu a porta mais uma vez e gritou, mais branco ainda:

— Puta que pariu, não é incêndio! É macumba!!!

10
3
7

Primeira Vez

Depois de certo tempo de namoro, o casal vai pro motel para a tão esperada primeira vez. Aí a moça diz:

— Olha, você deve estar fazendo uma idéia errada, eu não sou desse tipo.

— Não esquenta, nunca pensei mal de você.

— Vou te confessar uma coisa... sabe que você é o primeiro?

— Primeiro a transar?

— Não, o primeiro a não pensar mal de mim!

39
27
12

Número de Homens

Depois de um mês de casamento, o marido pergunta à esposa:

— Amorzinho, me diga a verdade... Com quantos homens você já se deitou?

— Ah, querido, não vamos falar disso agora...

— Pode falar, amor... Eu não vou ficar chateado.

— Você Jura?

— Claro, meu bem. Fale a verdade pra mim!

— Tudo bem — diz a mulher, contando nos dedos — Vamos lá... Tem o meu primeiro homem, depois aquele gordinho, aqueles dois amigos da faculdade, o filho do meu chefe, depois aquele jogador de futebol, aquele pagodeiro, os dois vizinhos da Eunice... Bom, acho que foram nove!

— Ah, então eu sou o seu décimo homem? — perguntou o marido, decepcionado.

— Não, seu bobo... Você foi o primeiro!

14
5
9

Boa de Cama

Depois de uma briga horrível, o marido sai para o trabalho gritando:

— E tem mais: nem boa de cama você é!

Depois de algum tempo, ele se arrepende e liga pra casa, pra se desculpar.

O telefone toca uma, duas, três, quatro vezes e nada. Sete, oito, nove vezes, aí a mulher finalmente atende.

— Por que você demorou tanto para atender? — pergunta o marido.

— Eu estava na cama — responde ela.

— Na cama? O que você estava fazendo na cama numa hora dessas?

— Nada demais — responde a mulher. — Eu tava só pegando uma segunda opinião!