Piadas de Casal

No tribunal o juiz interroga uma mulher que assassinou o marido com 57 tiros e 34 facadas.

— Qual foi o motivo do assassinato? — pergunta ele, enfático.

— Ah, ele me falou uma coisa que eu não gostei muito...

— Ah, é? O que foi que ele disse?

— Ele acordou e disse, meio sonolento: "Bom dia, Danizinha... Amor da minha vida!"

— Ué! Mas o que tem de errado nisso? — perguntou o juiz, inconformado.

— Meu nome é Jéssica, meritíssimo!

15
-6
21

O sujeito, muito tímido, finalmente consegue levar a namorada pro motel e, chegando lá, já começa a tirar a roupa.

— Calma, amorzinho! — diz ela, toda dengosa — Você não vai me dizer nada neste momento tão especial?

Ele levanta a cabeça, olha para o corpo escultural da namorada e começa a abrir a braguilha, com um olhar malicioso.

— Nessas horas, se eu tenho algo pra dizer, eu digo com isso! — diz ele, tirando seu órgão sexual pra fora.

A namorada olha indignada e grita:

— É só isso que você tem pra me dizer?

27
21
6

O açougueiro querendo ser simpático com a cliente:

— Conheci o seu primeiro marido, minha senhora! Ele era um homem extraordinário, tinha um caráter admirável. Pena que morreu tão cedo!

— É mesmo — suspira a freguesa. — Meu segundo marido vive dizendo a mesma coisa!

10
-2
12

Três secretárias se encontram durante o almoço:

— Estou saindo com o diretor da empresa — diz a primeira. — Que maravilha! O homem realmente sabe o que quer. Sempre muito seguro! Só tem um defeito: está sempre apressado.

E a segunda:

— Estou saindo com o gerente! O homem tem energia pra dar e vender! Só tem um defeito: toda hora fica me perguntando se eu atingi o objetivo!

E diz a terceira:

— Estou saindo com o consultor!

— Aquele bonitão? E aí, como ele é? — perguntam as outras.

— Uma merda! Preciso sempre mostrar várias vezes o que é pra fazer e acabo fazendo eu mesma!

11
3
8

Depois de cumprir cinco anos de prisão por um crime que não cometeu, o sujeito volta pra casa e é recebido de braços e pernas abertas pela esposa:

— Amor, eu sei que você sofreu muito na cadeia, por isso, nesta noite, farei qualquer coisa pra te satisfazer!

— Legal, então eu queria duas coisinhas... — pediu o ex-detento.

A mulher aceitou, um pouco curiosa.

— Primeiro eu quero que você fique de quatro no chão da sala!

Ela ficou um pouco assustada, mas resolveu atender o pedido do marido.

— Pronto! — disse ela, posicionada — E agora? Qual o seu próximo desejo?

— Você se importa se eu te chamar de Jorjão?

17
10
7

Uma mulher é transferida para trabalhar em outra cidade. Depois de poucos dias manda um telegrama ao marido que dizia:

"Suplico enviar papéis do divórcio, encontrei companheiro ideal, reúne as condições do novo modelo da Chevrolet".

O marido estranha e vai até a concessionária Chevrolet mais próxima e pede as características do novo modelo.

O vendedor lhe diz:

— Tem motor maior e mais potente, é mais comprido e mais largo, sobe de rotação mais rápido e mantém rotações altas por mais tempo, o exterior é todo mais bonito, a suspensão é mais dura, tem menor peso, está sempre pronto para ser usado em qualquer terreno e bebe pouco.

O marido compreende os motivos da mulher e decide buscar também uma nova companheira.
Depois de poucas semanas, o marido manda o seguinte telegrama:

"Mandei papéis do divórcio, encontrei companheira que reúne as condições do novo Jeep".

A esposa, um tanto confusa, vai até a concessionária e pede as características do novo Jeep.

Diz o vendedor:

— É mais resistente, suporta maior peso, tem lubrificação permanente, a carroceria é mais lisa e cheia de curvas, o interior é mais confortável e macio, tem duplo air bag, o escapamento é mais silencioso, não vaza óleo, tem tração na frente e atrás, não faz barulho se a marcha entra raspando e aceita engate na traseira.

31
25
6

A mulher desliga o telefone e o marido pergunta assustado:

— Você está bem, meu bem?

— Ué... Estou... — responde ela — Mas... Por que a pergunta?

— Você ligou pra Beth e só ficou vinte minutos no telefone! Eu vou chamar um médico!

— Não, meu amor... Não era a Beth...

— Não? Mas... Você acabou de dizer que ia ligar pra Beth... E vocês costumam ficar horas penduradas no telefone!

— Sim, mas é que hoje eu disquei o número errado!

10
0
10

Encerrado o expediente, o sujeito quer relaxar e bater um papo com os colega de trabalho.

— E se a gente fosse à sua casa ver um jogo e tomar umas cervejas? — Sugere um deles ao rapaz.

— Bem...Por mim, pode ser. Mas preciso ver com a patroa...

O homem pega o celular e disca o número da sua casa. Quando atendem, ele pergunta:

— Querida, o que você acha de eu levar uns amigos para jantar em casa hoje à noite?

— Acho ótimo, meu amor. Ficarei felicíssima se os trouxer.

Os dois ficam mudos por alguns segundos. Até que o sujeito conclui:

— Desculpe... Devo ter ligado para o número errado.

34
15
19

Dizem as más línguas que o Bernardo Cabral conseguiu conquistar o coração da Zélia através da seguinte cantada, numa das festas na Casa da Dinda:

— Sabia que você é o melhor investimento dessa festa?

— Se você está procurando aplicações de curto prazo, pode reduzir seus gastos com as palavras. Sou uma mulher de renda fixa!

Bernardo Cabral percebeu então que deveria aumentar seu capital de risco:

— Gosto de mulheres assim. Oferecem mais segurança. Essas palavras só garantiram sua valorização!

Zélia, nervosa, remexeu uns papéis na bolsa e subscreveu um lote de desconfiança.

— Quer dizer que minha cotação não caiu?

Cabral sorriu, um sorriso cheio de superávit.

— Pelo contrário! Eu já não consigo conter a inflação dos meus sentimentos... juro!

— De quanto?

Ele cochichou-lhe qualquer coisa no ouvido e ela arregalou os olhos. Com certeza, há tempos não encontrava um homem oferecendo taxas tão altas. Insegura, oscilando como as variações da TR, ela permaneceu em silêncio e ele foi em frente, decidido a obter seu quinhão.

— Você parece triste, em déficit com a vida. Seu IBV médio está em baixa?

— É claro. Há um grande desequilíbrio entre a oferta e a procura — disse ela — os homens não parecem interessados em aplicações a longo prazo. Além disso, sofri uma queda e tive um corte no orçamento.

— Escuta. Por que não saimos daqui? Vamos lá para o meu apartamento? Acho que poderemos fazer um belo programa... de ajuste fiscal.

— Isso é muito commodities pra você!

— Ora vamos! Prometo não lhe envolver em ações ordinárias.

Enquanto ela fazia a conversão da dívida, ele aumentou os incentivos:

— Percebo, pelas projeções dos meus desejos, que temos um grande mercado futuro pela frente. Podemos até adotar um redutor.

Era o que ela precisava ouvir para que a noite rendesse dividendos e bonificações. Ao chegarem a casa, ele, como bom investidor, não perdeu tempo e remunerou o ouvido dela com um pedido:

— Posso transferir alguns recursos líquidos?

Zélia o empurrou.

— Você está muito ativo. Respeite ao menos minha poupança interna.

Cabral, porém, não estava ali para ficar ouvindo sermões e pregões e, antes que ela resolvesse iniciar uma negociação que sabe-se lá quando terminaria, ele aproximou-se e disse baixinho:

— Sabe do que eu gostaria? De botar no teu fundão!

Ela transferiu suas ações (preferenciais) para o fundo e entregou-se como cheque ao portador:

— Tudo bem, mas desde que o seu PIB pare de crescer!

5
-7
12

O rapaz conhece a garota num barzinho e depois de meia hora de bate-papo ele a arrasta para um canto mais escuro e após o primeiro beijo, declara:

— A sua boca foi feita para mim!

E ela:

— Puxa, você é tão romântico!

— Não, eu sou dentista!

13
8
5

A filha de pais separados faz 18 anos e o pai está todo feliz por emitir o último cheque da pensão que paga à ex-mulher.

Então ele encontra com a filha, faz o cheque e pede que ela lhe conte a cara da mãe, ao dizer-lhe que é o último cheque que ela verá da parte dele.

A filha entrega o cheque a mãe e volta a casa do pai para lhe dar a resposta.

— Diga filha, qual foi a reação dela? — pergunta ele, curioso.

— Ela mandou dizer que você não é o meu pai.

30
25
5

O sujeito sofre um terrível acidente e o seu pênis é tragicamente dilacerado. Seu médico garante que há condições de fazer um implante, mas o plano de saúde não cobriria este tipo de cirurgia.

— Então quanto eu preciso pagar, Doutor?

— Bem, o tamanho pequeno sai por R$ 35.000,00. O médio sai por R$ 65.000,00 e o grande custa R$ 90.000,00...

Ele imediatamente aceita, mas fica apenas em dúvida se implantará um médio ou grande.

— Se eu fosse você ligaria para a sua esposa pedindo a opinião dela!

Ele rapidamente liga para a esposa e explica a situação.

O Doutor logo pergunta:

— E então, o que você e sua esposa resolveram?

— Doutor, o senhor não vai acreditar... Ela prefere reformar a cozinha...

6
-3
9

Na Lua de Mel, um tanto quanto decepcionado pela jovem esposa não ser mais virgem, o sujeito pergunta:

— Com quantos homens você já foi para a cama?

Ela fica em silêncio.

— Tudo bem, Aninha! Pode dizer, eu vou tentar entender!

Ela continua calada e ele perde a paciência:

— Pô, Aninha! Quer fazer o favor de me dizer com quantos homens você já transou?

— Calma! Estou contando!

56
37
19

Vítima da rotina proporcionada por vinte anos de vida em comum, aquele casal já estava fazendo aniversário de abstinência sexual.

Todas as noites, o marido sentava-se na cama, com um livro apoiado nos joelhos e ficava horas e horas lendo.

Até que um dia, a esposa não agüentou mais. Comprou uma langerie extremamente sensual, produziu-se toda, perfumou-se, deitou-se ao lado dele e com voz lânguida, sussurrou:

— Meu bem, hoje estou tão molhadinha...

Imediatamente ele esticou o braço em direção ao sexo da mulher e acariciou-a durante alguns segundos para logo em seguida voltar à leitura.

— Ué, por que você parou? — reclamou a mulher, indignada.

— Parou o quê?

— Parou de me acariciar.

— E quem disse que eu estava te acariciando? Eu só queria molhar o dedo para virar a página.

48
35
13