Piadas de Casal

De um dia para o outro, Josevaldo fica muito mal do estômago, mas muito mal mesmo e, com a certeza de que está nas últimas, diz à mulher:

— Querida, estou muito mal, acho que de hoje eu não passo, então tenho que lhe fazer uma confissão...

— Não precisa, meu bem...

— Precisa sim! Não irei tranqüilo se não dizer... Eu tenho um caso com a...

— Com a Vilma, minha amiga! — completa a mulher — Eu sei de tudo, meu amor! Fique tranqüilo...

— Você sabe? — pergunta o marido, surpreso.

— Claro! Por que você acha que coloquei veneno na sopa que te dei ontem à noite?

21
17
4

Ela (fazendo beicinho):

— Você não gosta mais de mim!

Ele (sem tirar os olhos do jornal):

— Deixa de bobagens, querida! Acho que você está um pouco deprimida. Por que não vai até o shopping e compra alguma coisa? Tenho certeza de que vai se sentir melhor!

Ela (fazendo birra):

— Não, não quero comprar nada! Já tenho tudo!

Ele (virando a página do jornal):

— Quer que eu troque o seu carro?

Ela (com voz chorosa):

— Não! A minha Mercedes ainda não tem nem cinco mil quilômetros!

Ele (depois de uma breve reflexão):

— Por que não passa uns dias na Europa?

Ela (séria):

— Outra vez? Eu não agüento mais aquela gente!

Ele (perdendo a paciência):

— O que você quer, então?

Ela (ensaiando um sorriso):

— O divórcio!

Ele (desapontado):

— Eu não estava pensando em gastar tanto!

8
2
6

— Meus parabéns, meu rapaz! — diz o tio ao sobrinho que vai se casar no dia seguinte. — Tenho certeza de que daqui uns anos, você lembrará do dia de hoje como o mais feliz de sua vida!

— Mas eu só estou casando amanhã — responde o sobrinho.

— Pois é — explica o tio. — É exatamente isso que eu quis dizer!

34
30
4

O sujeito chega apressado no banco e fala para a gerente:

— Acabei de ser assaltado!

— Você veio ao lugar errado! Isto é um banco e não uma delegacia!

— Não, eu queria cancelar o meu talão de cheque, cartão instantâneo... Pode ser?

— Ah, claro... — diz ela, constrangida — Só um minuto, por favor...

Depois de consultar o banco de dados no computador, ela pergunta:

— O senhor também tinha cartão de crédito?

— Sim, eu tinha... Mas não vou querer cancelar... Não vai valer à pena...

— Não vai valer à pena? –— exclama a gerente — Mas como assim?

— Eu consultei os extratos e vi que estão gastando menos do que a minha mulher!

19
14
5

Aquela mulher havia se casado com o maior preguiçoso existente na face da terra. Depois de anos seguidos vendo-o sentado no sofá, tomando cerveja e vendo televisão o dia inteiro, ela não agüenta mais e começa a chorar.

— O que foi? Por que essa choradeira? — pergunta o marido.

— Oh, Osvaldo, eu estou com tanta vergonha!

— Vergonha de quê?

— Estamos casados há mais de três anos e é o meu pai que paga o nosso aluguel, minha mãe que nos dá o que comer, minha irmã que paga o nosso plano de saúde... Que vergonha! Que vergonha!

E o marido:

— É pra ter vergonha mesmo! Em três anos, aquele imprestável do seu irmão nunca nos deu nem um centavo!

23
16
7

Depois de alguns meses de namoro, o pai da garota chama o rapaz para uma conversa particular:

— Reginaldo! Eu queria saber se as suas intenções com a minha filha são sérias ou não!

— Que legal! — disse o genro — Eu não sabia que podia escolher!

6
-7
13

A garota já não sabia o que fazer para induzir o namorado tímido a tomar certas liberdades. Num momento de inspiração, ela propõe:

— Amorzinho... Quer que eu lhe mostre onde fiz a operação de apendicite?

— Não, não, por favor! — diz ele, se contorcendo.

— Ué, por quê?

— Eu odeio hospitais!

10
2
8

Jorge e sua mulher foram visitar a família de João. As mulheres foram para a cozinha preparar um lanche e os homens ficaram conversando. Jorge falou para João:

— Estou fazendo um curso para melhorar a memória. É uma beleza! Você não sabe como melhorei.

— É mesmo? Como é o nome do curso?

Jorge, atrapalhado, pergunta ao amigo:

— Como é o nome daquela flor bonita que tem espinhos?

— É a rosa!

Jorge grita, então, para a mulher na cozinha:

— Rosa, como é mesmo o nome do curso que estou fazendo?

15
11
4

Um homem está entrando no chuveiro enquanto sua mulher acaba de sair dele e está se enxugando. A campainha da porta toca. Depois de alguns segundos de discussão para ver quem iria atender a porta, a mulher desiste, se enrola na toalha e desce às escadas. Quando ela abre a porta, vê o vizinho Bob em pé na soleira.

Antes que ela possa dizer qualquer coisa, Bob diz:

— Eu lhe dou 800 dólares se você deixar cair esta toalha!

Depois de pensar por alguns segundos, a mulher deixa a toalha cair e fica nua. Bob então entrega a ela 800 dólares prometidos e vai embora. Confusa, mas excitada com sua sorte, a mulher se enrola de novo na toalha e volta para o quarto. Quando ela entra no quarto, o marido grita do chuveiro:

— Quem era?

— Era o Bob, o vizinho da casa ao lado. — diz ela.

— Ótimo! Ele lhe deu os 800 dólares que ele estava me devendo?

39
33
6

Prezado Pedro, meu futuro genro.

Não consigo dormir desde que prejudiquei o seu namoro com minha filha...

Estou escrevendo esta carta na esperança de que você esqueça o que eu disse e me perdoe.

Quando o vi pela primeira vez, fiquei surpreso com suas tatuagens e piercings, mas hoje vejo que isso não é assim tão importante.

Vejo, também, que andar de moto em alta velocidade e sem capacete não é assim tão perigoso, desde que seja tomado cuidado com os demais veículos do trânsito.

Vejo, também, que a minha reação ao fato de você nunca ter trabalhado foi bastante inadequada e demasiadamente radical e injusta.

Estou bastante convicto de que muita gente boa e capacitada também deve viver sob pontes e dormindo nos parques.

Agora entendo, também, que o fato de minha filha ter apenas 17 anos e querer se casar com você, em vez de estudar em uma boa Universidade é simplesmente uma alternativa para a sua formação, já que nem tudo na vida se aprende nos livros e na escola.

Às vezes eu percebo quão retrógrado eu posso estar sendo quando interfiro em assuntos dessa natureza e reconheço que estava errado.

Fui um tolo em ser contra o namoro de vocês e gostaria de me redimir dizendo que o abençôo para se casar com minha filha.

Um forte abraço!

Seu futuro sogro.

P.S.: Parabéns pelo acerto na Mega-Sena!

18
10
8

Em uma segunda-feira como outra qualquer, a morena chega ao escritório desanimada e uma colega de trabalho loira pergunta:

— O que foi, amiga? Por que essa cara?

— Ah, é que sexta-feira o meu marido chegou em casa com um buquê de flores...

— Ué! — estranha a loira — E isso não é bom?

— Bom nada! Por causa desse maldito buquê eu tive que passar o fim de semana inteiro de pernas abertas!

— Sério? — pergunta a loira, assustada — Mas será possível que não tem nenhum vaso na sua casa?

6
-2
8

Depois de 6 meses viajando, o marinheiro desembarca no porto. Louco pra afogar o ganso ele vai até um forró animado que tem ali perto. Encontra uma morena fenomenal, puxa ela pra dançar e, no meio da música, diz no ouvido dela:

— Vamos dar uma trepada?

A moça dá o maior tapa na cara do marinheiro que vai desabafar pro barman. Ele aconselha:

— Olha cara, aqui é um baile decente, você não pode chegar desse jeito. Você tem que ser educado, tem que ir devagarinho, começar a conversar, paquerar...

— Pô! Mas eu vou falar o quê?

— Ué, você não é marinheiro? Fala das viagens que você fez, dos lugares que conheceu...

O marinheiro agradece os conselhos e tira outra garota pra dançar.

No meio da dança ele pergunta:

— Você conhece a África?

— Não... — responde a moça.

— Que pena... Mas então, vamos dar uma trepada.

8
3
5