Piadas de Casal

12
4
8

Três Secretárias

Três secretárias se encontram durante o almoço:

— Estou saindo com o diretor da empresa — diz a primeira. — Que maravilha! O homem realmente sabe o que quer. Sempre muito seguro! Só tem um defeito: está sempre apressado.

E a segunda:

— Estou saindo com o gerente! O homem tem energia pra dar e vender! Só tem um defeito: toda hora fica me perguntando se eu atingi o objetivo!

E diz a terceira:

— Estou saindo com o consultor!

— Aquele bonitão? E aí, como ele é? — perguntam as outras.

— Uma merda! Preciso sempre mostrar várias vezes o que é pra fazer e acabo fazendo eu mesma!

11
-2
13

Primeiro Marido

O açougueiro querendo ser simpático com a cliente:

— Conheci o seu primeiro marido, minha senhora! Ele era um homem extraordinário, tinha um caráter admirável. Pena que morreu tão cedo!

— É mesmo — suspira a freguesa. — Meu segundo marido vive dizendo a mesma coisa!

15
10
5

Boca para Mim

O rapaz conhece a garota num barzinho e depois de meia hora de bate-papo ele a arrasta para um canto mais escuro e após o primeiro beijo, declara:

— A sua boca foi feita para mim!

E ela:

— Puxa, você é tão romântico!

— Não, eu sou dentista!

18
-3
21

Motivo do Assassinato

No tribunal o juiz interroga uma mulher que assassinou o marido com 57 tiros e 34 facadas.

— Qual foi o motivo do assassinato? — pergunta ele, enfático.

— Ah, ele me falou uma coisa que eu não gostei muito...

— Ah, é? O que foi que ele disse?

— Ele acordou e disse, meio sonolento: "Bom dia, Danizinha... Amor da minha vida!"

— Ué! Mas o que tem de errado nisso? — perguntou o juiz, inconformado.

— Meu nome é Jéssica, meritíssimo!

12
2
10

Ligação Curta

A mulher desliga o telefone e o marido pergunta assustado:

— Você está bem, meu bem?

— Ué... Estou... — responde ela — Mas... Por que a pergunta?

— Você ligou pra Beth e só ficou vinte minutos no telefone! Eu vou chamar um médico!

— Não, meu amor... Não era a Beth...

— Não? Mas... Você acabou de dizer que ia ligar pra Beth... E vocês costumam ficar horas penduradas no telefone!

— Sim, mas é que hoje eu disquei o número errado!

74
61
13

Peido da Garota

O cara finalmente conseguiu convencer a garota mais gostosa do bairro a sair com ele. Quando eles entraram no carro, a gata foi colocar o cinto de segurança e deixou escapar um sonoro peido.

— Me desculpe. — disse ela, constrangida — Eu espero que isso fique só entre nós dois...

— Não sei não! — disse o rapaz, abrindo a janela — Se você não se importa, eu prefiro que se espalhe um pouco!

32
14
18

Duas Trepadas

Depois de uma visita ao médico, o sujeito chega em casa cabisbaixo.

— Que cara de enterro é essa, Genésio? — vai logo perguntando a mulher.

— É que o doutor disse que sou vítima de uma doença rara e que eu só tenho duas trepadas em estoque.

— Só duas? Mas não fica triste assim não Genésio, vem cá que nós vamos fazer estas duas bem caprichadas!

— Cê tá maluca, mulher? Eu não vou gastar estas duas contigo não!

11
2
9

Implante de Pênis

O sujeito sofre um terrível acidente e o seu pênis é tragicamente dilacerado. Seu médico garante que há condições de fazer um implante, mas o plano de saúde não cobriria este tipo de cirurgia.

— Então quanto eu preciso pagar, Doutor?

— Bem, o tamanho pequeno sai por R$ 35.000,00. O médio sai por R$ 65.000,00 e o grande custa R$ 90.000,00...

Ele imediatamente aceita, mas fica apenas em dúvida se implantará um médio ou grande.

— Se eu fosse você ligaria para a sua esposa pedindo a opinião dela!

Ele rapidamente liga para a esposa e explica a situação.

O Doutor logo pergunta:

— E então, o que você e sua esposa resolveram?

— Doutor, o senhor não vai acreditar... Ela prefere reformar a cozinha...

23
8
15

Sueca no Brasil

Certa vez um brasileiro foi para a Suécia e se apaixonou uma loira espetacular. Depois de alguns meses lá eles casaram-se e vieram morar no Brasil. Ela não sabia falar porra nenhuma, desculpe, nenhuma palavra de português. O maior problema era quando ela tinha que fazer compras.

Um dia ela foi à feira para comprar pés de porco. Não sabendo como fazer, ela teve que tirar os sapatos, apontar para os pés e roncar ao mesmo tempo. E assim levou os pés de porco pra casa.

No dia seguinte ela queria comprar peito de galinha. Dessa vez ela teve que desabotoar a blusa e mostrar o peito enquanto cacarejava. O pessoal da feira adorou! E assim ela levou o peito de galinha pra casa.

No terceiro dia ela tinha que comprar lingüiça e aí não teve outro jeito... Teve que levar o marido junto! Aí você já sabe o que ele teve que fazer, né?

Pois é, teve de falar! Que mente poluída! Esqueceu que ele fala português?

23
7
16

Pó para Ereção

Um sujeito não conseguia mais ter ereções. É, o bonequinho não levantava mais nem a base de batida de catuaba com amendoim. Se é que isso ajuda a levantar o boneco de alguém...

Então, ele segue o conselho do Pelé e vai procurar um médico. O doutor avalia o caso e lhe receita vários remédios, mas nenhum deles faz efeito.

Depois de seis meses de tentativas, o médico desiste e o encaminha para um psicólogo.

Mais seis meses de análise e nenhuma melhoria acontece, a não ser na conta do psicólogo. O analista, com dó do rapaz, indica uma bruxa. A última esperança do boneco de gelatina...

A bruxa, depois de entender qual é o problema, diz:

— Tenho o que o senhor precisa! — e, pegando um vidrinho cheio de pó, continua — Tome o conteúdo deste vidro e diga: "Um-dois-três".

O cara olha a velha com dúvida, então ela continua:

— Em questão de segundos, o senhor terá o mais belo e rígido membro. Mas cuidado! Isso só funciona uma vez por ano. Infelizmente, é a única coisa que posso lhe oferecer... Por módicos mil reais...

O sujeito esperava mais, pagando menos, mas... Como fazia mais de um ano que ele não descabelava o palhaço, o acordo foi feito. Antes de sair, o cara pergunta:

— E como é que eu faço para meu boneco ficar mole de novo?

— Fácil! É só repetir novamente: "Um, dois, três".

Quando o sujeito volta para casa, ele toma o pó. E uma vez na cama, ao lado da mulher ele diz "Um, dois, três" e, quase que imediatamente, o membro fica mais duro que nunca.

Ele sorri até as orelhas, vira-se para a mulher... Nessa hora ela pergunta para ele, sorrindo:

— Meu bem, porque você disse "Um, dois, três"?

135
119
16

Mulher Carinhosa

O cara acorda morrendo de ressaca e encontra no criado mudo um copo de água e duas aspirinas. Olha em volta e vê sua roupa passada e pendurada. O quarto está em perfeita ordem. Há um bilhete de sua mulher:

"Querido, deixei teu café pronto na copa. Fui ao super-mercado. Beijos!"

Ele desce, encontra o café esperando por ele, não entende o fato de estar tudo tão perfeito e pergunta ao filho:

— Filhão! O que aconteceu ontem?

— Foi normal, pai... Você chegou às 3 da madrugada, completamente bêbado, vomitou no tapete da sala, quebrou alguns móveis, mijou no guarda-roupa e machucou teu olho ao bater na porta do quarto.

— E por que está tudo arrumado, café preparado, roupa passada, aspirinas para a ressaca e um bilhete amoroso da tua mãe?

— Ah, é que quando você chegou a mamãe te arrastou até a cama e quando estava tirando tuas calças, você disse: "Não faça isso moça, eu sou casado!"

10
3
7

Mais Jovem

Pela manhã, o marido senta-se à mesa para tomar o café:

— Ah! Nada como tomar um banho e fazer a barba! Me sinto dez anos mais jovem!

E a mulher:

— É mesmo, querido? Então por que você não experimenta tomar banho e fazer a barba antes de ir se deitar.

22
17
5

Encontrando o Ex-marido

Sábado à noite o sujeito resolve levar a mulher para tomar umas cervejas num barzinho. Quando eles estão na segunda rodada, ela diz, assustada:

— Amor! Você está vendo aquele cara ali naquela mesa, enchendo a cara de uísque?

— Estou, por quê? O que tem esse babaca?

— É o meu ex-marido! Eu me separei dele há sete anos e até hoje ele não conseguiu parar de beber!

— Não fala besteira! — discorda o marido — Ninguém consegue comemorar tanto tempo assim!

5
-7
12

Cantada Econômica

Dizem as más línguas que o Bernardo Cabral conseguiu conquistar o coração da Zélia através da seguinte cantada, numa das festas na Casa da Dinda:

— Sabia que você é o melhor investimento dessa festa?

— Se você está procurando aplicações de curto prazo, pode reduzir seus gastos com as palavras. Sou uma mulher de renda fixa!

Bernardo Cabral percebeu então que deveria aumentar seu capital de risco:

— Gosto de mulheres assim. Oferecem mais segurança. Essas palavras só garantiram sua valorização!

Zélia, nervosa, remexeu uns papéis na bolsa e subscreveu um lote de desconfiança.

— Quer dizer que minha cotação não caiu?

Cabral sorriu, um sorriso cheio de superávit.

— Pelo contrário! Eu já não consigo conter a inflação dos meus sentimentos... juro!

— De quanto?

Ele cochichou-lhe qualquer coisa no ouvido e ela arregalou os olhos. Com certeza, há tempos não encontrava um homem oferecendo taxas tão altas. Insegura, oscilando como as variações da TR, ela permaneceu em silêncio e ele foi em frente, decidido a obter seu quinhão.

— Você parece triste, em déficit com a vida. Seu IBV médio está em baixa?

— É claro. Há um grande desequilíbrio entre a oferta e a procura — disse ela — os homens não parecem interessados em aplicações a longo prazo. Além disso, sofri uma queda e tive um corte no orçamento.

— Escuta. Por que não saimos daqui? Vamos lá para o meu apartamento? Acho que poderemos fazer um belo programa... de ajuste fiscal.

— Isso é muito commodities pra você!

— Ora vamos! Prometo não lhe envolver em ações ordinárias.

Enquanto ela fazia a conversão da dívida, ele aumentou os incentivos:

— Percebo, pelas projeções dos meus desejos, que temos um grande mercado futuro pela frente. Podemos até adotar um redutor.

Era o que ela precisava ouvir para que a noite rendesse dividendos e bonificações. Ao chegarem a casa, ele, como bom investidor, não perdeu tempo e remunerou o ouvido dela com um pedido:

— Posso transferir alguns recursos líquidos?

Zélia o empurrou.

— Você está muito ativo. Respeite ao menos minha poupança interna.

Cabral, porém, não estava ali para ficar ouvindo sermões e pregões e, antes que ela resolvesse iniciar uma negociação que sabe-se lá quando terminaria, ele aproximou-se e disse baixinho:

— Sabe do que eu gostaria? De botar no teu fundão!

Ela transferiu suas ações (preferenciais) para o fundo e entregou-se como cheque ao portador:

— Tudo bem, mas desde que o seu PIB pare de crescer!

20
13
7

Consulta no Dia Seguinte

Na cama, o sujeito começa a acariciar a mulher, mas ela o repele:

— Sinto muito, querido, mas amanhã eu tenho uma consulta no ginecologista e...

— Já entendi — diz o marido, contrariado. E depois de uma pequena pausa: — Você tem consulta no dentista também?

17
11
6

Namorado Burro

O sujeito chama a filha para uma conversa séria:

— Minha filha, lamento dizer, mas não gostei muito do seu namorado, não. Ele é um rapaz simpático e educado, mas me pareceu que ele não é muito inteligente, não...

— Impressão sua! — responde a menina. — O Carlos é muito mais inteligente do que você pensa: faz apenas nove semanas que estamos saindo e ele já me curou daquele sangramento que eu tinha todo mês...

24
9
15

Todas as Decisões

O casal discute:

— Eu já estou cheia, Zé Eduardo! — reclama ela. — Tudo nesta casa sou eu quem tem de decidir...

— Mas, Solange...

— Se a empregada vai embora, eu tenho de arranjar outra, se as crianças vão mal na escola, eu tenho de descobrir o motivo, falar com os professores...

— Mas, Solange...

— Se a pia entope, eu tenho que arranjar um encanador...

— Mas, Solange...

— Se sobra dinheiro, tenho que procurar o melhor investimento...

— Mas, Solange...

— Se falta dinheiro, tenho que saber onde economizar... Pra mim chega!

— Tá bom, meu bem! Você tem toda razão! — e depois de uma pequena pausa. — O que você acha que nós devemos fazer?

22
16
6

Presente para a Esposa

No dia em que completa Bodas de Prata, o sujeito acorda a esposa e diz:

— Querida, hoje nós fazemos 25 anos de casados e eu vou te dar um presente especial...

— É mesmo? — pergunta ela, feliz da vida — Qual é este presente, meu bem?

— Uma passagem de avião para a Austrália!

— Uau! Que chique! — diz ela, abraçando o marido — Se nas Bodas de Prata eu vou ganhar um presente tão maravilhoso, o que será que você vai me dar quando fizermos Bodas de Ouro?

— Simples. Eu vou te dar uma passagem de volta!

9
-3
12

Jovens Sem Educação

Um sujeito de aproximadamente cinqüenta anos está viajando no ônibus e comenta com a moça sentada ao seu lado:

— Os jovens de hoje estão perdidos! Eles não têm educação! Veja só, ninguém mais cede o assento no ônibus para as damas e idosos! — o sujeito se indigna.

— Mas o senhor não pode reclamar! — a moça comenta — O rapaz que estava sentado aqui se levantou e deixou o lugar para o senhor!

— Sim! Mas minha esposa está grávida e ainda ninguém levantou para ela sentar!

13
7
6

Bife à Parmegiana

A mulher, péssima cozinheira, choraminga para o marido:

— Querido, aquele bife à... sniff... à parmegiana que eu fiz para você... sniff...

— O que aconteceu com ele, meu bem?

— O cachorro... sniff... comeu! Buáááá...

— Meu bem, não fica triste não! Não precisa chorar só por causa disso. Amanhã, eu compro outro cachorro para você!

22
15
7

Morte do Sócio

A filha entra no escritório do pai, de mãos dadas com o com o marido e vai logo perguntando:

— Papai, é verdade que o seu sócio acabou de morrer?

— É sim, filha. Por que?

— É o seguinte. Por que o senhor não coloca o meu marido no lugar dele.

— Olhe querida, converse com o pessoal da funerária. Por mim, tudo bem...

22
18
4

Leito de Morte

De um dia para o outro, Josevaldo fica muito mal do estômago, mas muito mal mesmo e, com a certeza de que está nas últimas, diz à mulher:

— Querida, estou muito mal, acho que de hoje eu não passo, então tenho que lhe fazer uma confissão...

— Não precisa, meu bem...

— Precisa sim! Não irei tranqüilo se não dizer... Eu tenho um caso com a...

— Com a Vilma, minha amiga! — completa a mulher — Eu sei de tudo, meu amor! Fique tranqüilo...

— Você sabe? — pergunta o marido, surpreso.

— Claro! Por que você acha que coloquei veneno na sopa que te dei ontem à noite?

23
15
8

Fazendo Sanduíche

O casal de namorados estava assistindo à televisão, sentado no sofá ao lado do pai da moça. Assim que o pai cochilou, a moça arrastou o namorado para o seu quarto e ficaram lá na maior esfregação, até que ouviram o pai chamando o nome da moça.

— Onde vocês estavam? — perguntou o pai, rispidamente, logo que eles voltaram.

— Estávamos na cozinha fazendo um sanduíche! — explicou a moça, tentando parecer convincente.

— Ah, é? E esse negócio branco escorrendo pela sua perna... é maionese?

14
10
4

Cabelo no Paletó

O marido chega de viagem e a sua ciumenta mulher lhe pergunta:

— O que significa este cabelo loiro no seu paletó?

E o marido, tentando se safar, responde:

— Significa que você não manda lavar meus ternos desde quando pintava seus cabelos, querida.

35
31
4

Dia do Casamento

— Meus parabéns, meu rapaz! — diz o tio ao sobrinho que vai se casar no dia seguinte. — Tenho certeza de que daqui uns anos, você lembrará do dia de hoje como o mais feliz de sua vida!

— Mas eu só estou casando amanhã — responde o sobrinho.

— Pois é — explica o tio. — É exatamente isso que eu quis dizer!

17
9
8

Espingarda para o Marido

A mulher entra na loja de armas e pede ao atendente que a ajude a escolher uma boa espingarda.

— É para o seu marido? — pergunta o vendedor.

— É sim... — diz ela, discretamente.

— Ele disse de que calibre prefere? — torna o funcionário.

— Você tá louco? — diz a mulher — Ele nem sabe que vou matá-lo!

20
15
5

Cancelamento no Banco

O sujeito chega apressado no banco e fala para a gerente:

— Acabei de ser assaltado!

— Você veio ao lugar errado! Isto é um banco e não uma delegacia!

— Não, eu queria cancelar o meu talão de cheque, cartão instantâneo... Pode ser?

— Ah, claro... — diz ela, constrangida — Só um minuto, por favor...

Depois de consultar o banco de dados no computador, ela pergunta:

— O senhor também tinha cartão de crédito?

— Sim, eu tinha... Mas não vou querer cancelar... Não vai valer à pena...

— Não vai valer à pena? –— exclama a gerente — Mas como assim?

— Eu consultei os extratos e vi que estão gastando menos do que a minha mulher!