Piadas de Casal

8
4
4

Pura Formalidade

O rapaz vai jantar na casa dos pais da namorada:

— Sei que é pura formalidade, senhor, mas gostaria de pedir a mão de sua filha em casamento.

— Mas quem disse que é pura formalidade ? — indigna-se o pai da garota.

— O ginecologista dela!

25
18
7

Homem Preguiçoso

Aquela mulher havia se casado com o maior preguiçoso existente na face da terra. Depois de anos seguidos vendo-o sentado no sofá, tomando cerveja e vendo televisão o dia inteiro, ela não agüenta mais e começa a chorar.

— O que foi? Por que essa choradeira? — pergunta o marido.

— Oh, Osvaldo, eu estou com tanta vergonha!

— Vergonha de quê?

— Estamos casados há mais de três anos e é o meu pai que paga o nosso aluguel, minha mãe que nos dá o que comer, minha irmã que paga o nosso plano de saúde... Que vergonha! Que vergonha!

E o marido:

— É pra ter vergonha mesmo! Em três anos, aquele imprestável do seu irmão nunca nos deu nem um centavo!

9
-3
12

Tirar o Atraso

Depois de dois meses de viagem, o marido volta pra casa morrendo de vontade de tirar o atraso.

Assim que ele entra, cheio de más intenções, a esposa diz:

— Que bom que você chegou, Carlos! Subiu o preço da carne, do telefone, da luz... Será possível que tudo sobe? Eu queria ver alguma coisa descer!

O marido abaixa as calças e diz:

— Seu desejo é uma ordem!

19
0
19

Chulé e Mau Hálito

Um homem com um chulé horrível namorava com uma moça que tinha um hálito terrível. Ele nunca tirava os sapatos e ela não parava de chupar balas.

Até que um dia eles decidiram se casar.

Na lua de mel a mulher resolveu abrir o jogo, afinal um dia ele ia descobrir mesmo. Então ela foi falar com ele, sem nenhuma bala na boca:

— Querido, eu tenho que te contar um segredo...

E ele:

— Já sei! Você engoliu minhas meias!

8
2
6

Gastos com a Mulher

Ela (fazendo beicinho):

— Você não gosta mais de mim!

Ele (sem tirar os olhos do jornal):

— Deixa de bobagens, querida! Acho que você está um pouco deprimida. Por que não vai até o shopping e compra alguma coisa? Tenho certeza de que vai se sentir melhor!

Ela (fazendo birra):

— Não, não quero comprar nada! Já tenho tudo!

Ele (virando a página do jornal):

— Quer que eu troque o seu carro?

Ela (com voz chorosa):

— Não! A minha Mercedes ainda não tem nem cinco mil quilômetros!

Ele (depois de uma breve reflexão):

— Por que não passa uns dias na Europa?

Ela (séria):

— Outra vez? Eu não agüento mais aquela gente!

Ele (perdendo a paciência):

— O que você quer, então?

Ela (ensaiando um sorriso):

— O divórcio!

Ele (desapontado):

— Eu não estava pensando em gastar tanto!

14
-15
29

Separando do Marido

A brasileira se encontra com a amiga judia.

— E aí, Suely? Tudo bem? — pergunta a judia.

— Que bem, que nada, Rachel! Estou me separando do meu marido!

— É mesmo? Por quê?

— Inapetência sexual. Você sabe que durante todos esses anos ele nunca comprou uma caixa de Viagra?

— Puxa, que pena.

— E você, como vai com o Jacó?

— Também estamos nos separando!

— Mas por quê?

— Incompetência financeira. Você sabe que em todos esses anos ele nunca comprou ações da Pfizer?

6
-7
13

Pai da Garota

Depois de alguns meses de namoro, o pai da garota chama o rapaz para uma conversa particular:

— Reginaldo! Eu queria saber se as suas intenções com a minha filha são sérias ou não!

— Que legal! — disse o genro — Eu não sabia que podia escolher!

15
11
4

Curso para Memória

Jorge e sua mulher foram visitar a família de João. As mulheres foram para a cozinha preparar um lanche e os homens ficaram conversando. Jorge falou para João:

— Estou fazendo um curso para melhorar a memória. É uma beleza! Você não sabe como melhorei.

— É mesmo? Como é o nome do curso?

Jorge, atrapalhado, pergunta ao amigo:

— Como é o nome daquela flor bonita que tem espinhos?

— É a rosa!

Jorge grita, então, para a mulher na cozinha:

— Rosa, como é mesmo o nome do curso que estou fazendo?

39
33
6

Esposa Esperta

Um homem está entrando no chuveiro enquanto sua mulher acaba de sair dele e está se enxugando. A campainha da porta toca. Depois de alguns segundos de discussão para ver quem iria atender a porta, a mulher desiste, se enrola na toalha e desce às escadas. Quando ela abre a porta, vê o vizinho Bob em pé na soleira.

Antes que ela possa dizer qualquer coisa, Bob diz:

— Eu lhe dou 800 dólares se você deixar cair esta toalha!

Depois de pensar por alguns segundos, a mulher deixa a toalha cair e fica nua. Bob então entrega a ela 800 dólares prometidos e vai embora. Confusa, mas excitada com sua sorte, a mulher se enrola de novo na toalha e volta para o quarto. Quando ela entra no quarto, o marido grita do chuveiro:

— Quem era?

— Era o Bob, o vizinho da casa ao lado. — diz ela.

— Ótimo! Ele lhe deu os 800 dólares que ele estava me devendo?

10
1
9

Apendicite

A garota já não sabia o que fazer para induzir o namorado tímido a tomar certas liberdades. Num momento de inspiração, ela propõe:

— Amorzinho... Quer que eu lhe mostre onde fiz a operação de apendicite?

— Não, não, por favor! — diz ele, se contorcendo.

— Ué, por quê?

— Eu odeio hospitais!

19
11
8

Mudança de Idéia

Prezado Pedro, meu futuro genro.

Não consigo dormir desde que prejudiquei o seu namoro com minha filha...

Estou escrevendo esta carta na esperança de que você esqueça o que eu disse e me perdoe.

Quando o vi pela primeira vez, fiquei surpreso com suas tatuagens e piercings, mas hoje vejo que isso não é assim tão importante.

Vejo, também, que andar de moto em alta velocidade e sem capacete não é assim tão perigoso, desde que seja tomado cuidado com os demais veículos do trânsito.

Vejo, também, que a minha reação ao fato de você nunca ter trabalhado foi bastante inadequada e demasiadamente radical e injusta.

Estou bastante convicto de que muita gente boa e capacitada também deve viver sob pontes e dormindo nos parques.

Agora entendo, também, que o fato de minha filha ter apenas 17 anos e querer se casar com você, em vez de estudar em uma boa Universidade é simplesmente uma alternativa para a sua formação, já que nem tudo na vida se aprende nos livros e na escola.

Às vezes eu percebo quão retrógrado eu posso estar sendo quando interfiro em assuntos dessa natureza e reconheço que estava errado.

Fui um tolo em ser contra o namoro de vocês e gostaria de me redimir dizendo que o abençôo para se casar com minha filha.

Um forte abraço!

Seu futuro sogro.

P.S.: Parabéns pelo acerto na Mega-Sena!

6
-2
8

Buquê de Flores

Em uma segunda-feira como outra qualquer, a morena chega ao escritório desanimada e uma colega de trabalho loira pergunta:

— O que foi, amiga? Por que essa cara?

— Ah, é que sexta-feira o meu marido chegou em casa com um buquê de flores...

— Ué! — estranha a loira — E isso não é bom?

— Bom nada! Por causa desse maldito buquê eu tive que passar o fim de semana inteiro de pernas abertas!

— Sério? — pergunta a loira, assustada — Mas será possível que não tem nenhum vaso na sua casa?

40
35
5

Secretária Grávida

O homem estava tendo um caso com a secretária. Após um tempo, ela lhe disse que estava grávida. Não querendo que sua mulher soubesse, deu dinheiro à secretária, mandou que ela fosse para a Itália e tivesse o bebê por lá.

— Mas como vou avisar você quando o bebê nascer? — ela perguntou.

- Apenas mande um postal e escreva "espaguete". Cuidarei de todas as despesas da criança.

Sem alternativa, ela pegou o dinheiro e voou para a Itália. Alguns meses se passaram e uma noite, quando o homem chegou em casa, a esposa disse:

— Querido, você recebeu um cartão-postal da Europa pelo correio hoje, e eu não consigo entender o significado da mensagem.

O homem leu o cartão, caiu no chão com um violento ataque cardíaco, e foi transportado imediatamente à emergência do hospital. O chefe do plantão perguntou à esposa:

— Aconteceu algo que possa ter causado o ataque cardíaco?

— Ele apenas leu este cartão postal onde está escrito: "Espaguete, espaguete, espaguete, espaguete e espaguete. Três com linguiça, e dois sem."

26
20
6

Precisando Cagar

Três sujeitos estavam no andaime lavando os vidros de um grande edifício, quando um deles deu um gemido, virou para os outros dois e disse:

— Ai, preciso cagar e vou cagar aqui mesmo!

— Você é louco? Vai sujar todo mundo lá embaixo! — disse o mais precavido.

— Não tô agüentando mais, não dá tempo de descer!

— Então bate na janela e peça pra alguém deixar você usar o banheiro. — aconselhou novamente o amigo.

Assim ele fez e quando abriram a janela, ele voou pro banheiro!

Quando ele estava tranqüilo batendo aquele barro quando ouviu uma gritaria danada. Ao sair, viu que o andaime tinha quebrado e seus dois colegas se espatifaram.

Dia seguinte, no velório, estavam os amigos, o sobrevivente, sua esposa e as viúvas inconsoladas, quando chega o dono da Empresa e diz às viúvas:

— Sei que foi uma perda irreparável, mas posso pelo menos tentar aliviar o sofrimento das senhoras. Sei que vocês pagam aluguel e por este motivo darei uma casa pra cada uma. Sei também que vocês dependem de ônibus, por isso darei um carro para cada uma. Quanto aos estudos de seus filhos, não se preocupem mais: será por conta da Empresa até a faculdade.

A mulher do felizardo não se contendo mais falou no ouvido do marido:

— E o bonitão cagando, né?

16
11
5

Paquerando Outra

No ônibus, a namorada diz ao namorado:

— Não estou gostando de ver você paquerando aquela loura que está ali no banco da frente!

— Quem? — pergunta ele. — Aquela gata, de minissaia verde, blusa marrom, meias pretas e casaco de camurça?

— É essa mesma!

— Besteira, amor! Eu nem tinha reparado nela...

8
3
5

Direto ao Assunto

Depois de 6 meses viajando, o marinheiro desembarca no porto. Louco pra afogar o ganso ele vai até um forró animado que tem ali perto. Encontra uma morena fenomenal, puxa ela pra dançar e, no meio da música, diz no ouvido dela:

— Vamos dar uma trepada?

A moça dá o maior tapa na cara do marinheiro que vai desabafar pro barman. Ele aconselha:

— Olha cara, aqui é um baile decente, você não pode chegar desse jeito. Você tem que ser educado, tem que ir devagarinho, começar a conversar, paquerar...

— Pô! Mas eu vou falar o quê?

— Ué, você não é marinheiro? Fala das viagens que você fez, dos lugares que conheceu...

O marinheiro agradece os conselhos e tira outra garota pra dançar.

No meio da dança ele pergunta:

— Você conhece a África?

— Não... — responde a moça.

— Que pena... Mas então, vamos dar uma trepada.

26
20
6

Vivendo de Amor

O sujeito, apaixonadíssimo, pediu a garota em casamento.

— Mas... como vamos casar, se não temos nenhum recurso financeiro? — perguntou ela, preocupada.

— Vamos viver de amor, minha querida. O nosso amor é mais forte do que tudo e do que todos!

E assim fizeram.

No primeiro dia que o marido chega em casa do trabalho, depara-se com uma cena inusitada: a mulher estava totalmente nua, subindo as escadas e escorregando pelo corrimão. Ela subia as escadas e escorregava pelo corrimão. Subia e escorregava...

— O que é isso, querida? Você está maluca?

— Não, querido. Estou apenas esquentando a janta!

10
2
8

Tiro na Esposa

O cara estava caçando, em companhia da esposa, quando de repente viu um tiro passar de raspão pelo chapéu dela.

— Ei! — gritou ele, para o autor do disparo — Você quase acertou minha mulher!

— Poxa, desculpa, amigo... Faz o seguinte, tá vendo aquela mulher ali, debaixo daquela árvore?

— Tô...

— É a minha mulher! Toma a minha espingarda, tenta acertar nela também!

13
-1
14

Garotos de Programa

O sujeito está lendo jornal e uma notícia chama a sua atenção:

— Olha só, mulher! — diz ele para a esposa — Aqui tão dizendo que em Nova Iorque tá a maior onda de prostituição masculina! Os caras chegam a faturar quinhentos dólares por uma trepada com uma ricaça! Já pensou, ganhar 500 dólares cada vez que transar? Pô, até eu entrava nessa!

— Francamente, Robério! — desdenha a mulher — O que você iria fazer em Nova Iorque com quinhentos dólares por mês?

15
9
6

Caiu De Novo

— Ai, amorzinho... caiu de novo!

— De novo? Ai, meu Deus... O que está acontecendo?

— Você vem perguntar pra mim?

— Não estou gostando nada disso! — Você não quer tentar mais uma vez?

— Já estou tentando... Vamos lá...

— Tudo bem, amor... Deixa pra lá... Você quer uma cervejinha pra relaxar?

— Daqui a pouco, amor... Ah, agora vai, agora vai... Está quase, está quase!

— Ahhhhh... Caiu de novo... Vamos deixar pra amanhã, querido...

— Saco! Deve ser algum problema com o provedor...

37
30
7

Mão da Filha

O sujeito vai jantar na casa da namorada. Assim que a refeição é terminada e os pratos são retirados da mesa, ele vira-se para o pai da moça e diz:

— Senhor Gustavo, eu gostaria de pedir a boceta da sua filha em casamento?

Pigarros, tosses, risadinhas e o senhor Gustavo, extremamente cavalheiro, tenta consertar:

— O senhor quer dizer a mão da minha filha?

— Não, senhor Gustavo, eu quero dizer a boceta mesmo, porque de punheta eu já estou com o saco cheio!

12
5
7

Briga com a Mulher

Dois sujeitos se encontram no bar.

— Por que essa cara de enterro, rapaz? — pergunta o primeiro.

— Ih, rapaz! Briguei com a minha mulher e ela jurou ficar sem conversar comigo durante um mês inteiro.

— Agora eu entendo por que você está tão triste!

— É que o prazo acaba hoje!

9
2
7

Namorado Criativo

O sujeito estava doido para que a nova namorada lhe fizesse sexo oral e resolve ser criativo.

— Meu amor — diz ele, logo que chegaram ao motel. — Hoje eu comprei umas camisinhas com sabor... você gostaria de experimentar?

Ela concorda com a cabeça. Mais que depressa ele tira a roupa e se atira na cama.

— Humm... que delícia — diz a garota. — Essa é de queijo com cebola!

— Calma, amor! Eu ainda nem coloquei!

21
19
2

Reduzir Despesas

No jantar, o marido explica à mulher que os negócios vão mal e eles precisam reduzir as despesas da casa.

— Você bem que poderia fazer um curso de culinária e passar a fazer as nossas refeições. Seria muito mais saudável e ainda economizaríamos o salário da empregada.

— Tudo bem — responde a mulher irritada, — você bem que poderia aprender a trepar, assim poderíamos dispensar também o motorista!

19
14
5

Casal da Frente

À noite, enquanto o marido lê o jornal, a esposa comenta:

— Você já percebeu como vive o casal que mora aí em frente? Parecem dois namorados! Todos os dias, quando chega em casa, ele traz flores para ela, abraça-a e os dois ficam se beijando apaixonadamente. Por que você não faz o mesmo?

— Mas querida, eu mal conheço essa mulher!

7
-1
8

Desconfiada do Tarzan

Jane andava meio desconfiada do Tarzan. Ele estava saindo muito e chegando cada vez mais tarde em casa...

Um dia ela resolveu conferir. Mal ele chegou, Jane deu uma olhada geral no marido e descobriu um fio de cabelo louro no ombro:

— De quem é esse cabelo louro? — perguntou, louca da vida.

E o Tarzan, dando uma desmunhecada, respondeu:

— Do leão, meu amor!

27
21
6

Revelando a Amante

Marido e mulher estão jantando num restaurante finíssimo, quando de repente, uma loura maravilhosa se aproxima da mesa, tasca um tremendo beijo na boca do marido e vai embora, sem dizer uma palavra.

— O que é isso, Juvenal? Quem é essa mulher!

E o sujeito, constrangido:

— Bem, querida... eu ia te contar...

— Então conte já!

— Essa é minha amante!

— Amante? Ora essa! Mas que desaforado! Quero o divórcio imediatamente!

— Tudo bem... mas é ela que financia nossas férias na Europa, as roupas que você usa, as festas que a gente dá...

Ela fica em silêncio e continua comendo. De repente, um amigo do casal passa exibindo uma morena estonteante.

— Quem é essa mulher que está com o Toninho, Juvenal?

— É a amante dele!

— A nossa é muito melhor, você não acha?