Os Vigaristas

Centopeia de Estimação

22
7
15

Um cara vivia sozinho, até que decidiu que sua vida seria melhor se ele tivesse um animalzinho de estimação como companhia. Assim ele foi até a loja, falou ao dono da loja que queria um bichinho que fosse incomum. Depois de um tempo, chegaram a conclusão que ele deveria ficar com uma centopéia. Um bichinho tão pequeno, com 100 pés... é realmente incomum!

A centopeia veio dentro de uma caixinha branca, que seria usada para ser a sua casinha. Bem... ele levou a caixinha para casa, achou um um lugar para colocar tão pequenina caixinha, e achou que o melhor começo para sua nova companhia seria levá-la até o bar, para tomarem uma cervejinha. Assim, ele perguntou à centopeia, que estava dentro da caixinha:

— Gostaria de ir comigo ao bar tomar uma cerveja?

Mas não houve resposta da sua nova amiguinha. Isto deixou-o meio chateado. Esperou um pouco e perguntou de novo:

— Que tal ir comigo até o bar tomar uma cervejinha, hein?

Mas, de novo, nada de resposta da nova amiguinha. E de novo ele esperou mais um pouco, pensando e pensando sobre o que estava acontecendo. Decidiu perguntar de novo, mas desta vez, chegou o rosto bem perto da caixinha e gritou:

— Ei, você aí! Quer ir comigo até o bar tomar uma cerveja?

Uma vozinha veio de lá de dentro da caixinha:

— Ei, não precisa insistir! Eu já ouvi desde a primeira vez! Eu estou calçando os sapatos!