Piadas de Chefe

No tempo da Segunda Guerra Mundial o chefe do campo de concentração estava ficando desesperado com as derrotas do exército alemão e resolveu falar para os judeus:

— Atenção! Eu terr um bomm notícia e um mau notícia. Qual vocês quererr ouvirr primeirra?

Cansados de más notícias, os judeus pediram:

— A boa notícia primeiro!

O alemão disse:

— Metade de vocês vai voltar pro casa hoje.

Os judeus começaram a comemorar, até que se lembraram de perguntar:

— E a má notícia? Qual é?

E o alemão.

— O mau notícia é que é só a parte de cima.

22
-2
24

A Irmã Gertrudes, uma freira muito dedicada, morre e, surpreendentemente, vai parar no Inferno.

— Só pode ser um erro! — dizia ela para o chifrudo — Como eu faço pra entrar em contato com o céu?

— Ah, o telefone deles é 7777-7777... Mas só usamos pra passar trote!

— Deixa eu ligar, senhor diabo? Serei rápida...

— Há, há, há! Eu sou o ser mais maléfico que existe! Acha que vou deixar uma freirinha indefesa e desesperada ligar pro paraíso? Eu quero mais é que você queime aqui comigo! Há, há, há!

A freira começou a ficar desesperada, mas lembrou que ainda estava com o seu celular! Então foi dar uma volta pelo Inferno e ligou para o céu. Ela chegou a conclusão que tudo foi um grande equívoco de São Pedro.

— Me dê 24 horas! — disse o porteiro do céu — Vou mandar um anjo para buscá-la.

A Irmã aguardou ansiosa, perambulando horrorizada pelo Inferno. No outro dia, São Pedro ainda não havia mandado ninguém. Então ela ligou novamente:

— São Pedro! Marcaram uma orgia sexual para hoje à noite aqui no Inferno. E todos vão ter que participar! Pelo amor do seu chefe! Mande alguém logo para me buscar!

— Tudo bem! — disse São Pedro — Vou mandar um anjo hoje... Sem falta!

Mas São Pedro é meio desorganizado e se esquece mais uma vez da freira.

No dia seguinte o telefone toca e ele se lembra. "Vou tomar uma bronca daquelas!" pensa ele. E atende o telefone:

— Alôuuu — diz uma voz doce, do outro lado da linha — Pedrinhô! Aqui é a Gegê, lembra de mim?

— Gegê? – pergunta ele, confuso.

— É, a Gertrudes... A freira... Eu só liguei pra te avisar... Sabe aquele negócio de mandar alguém pra me buscar? Pode esquecer, tá?

16
8
8

Depois de um mês de casamento, o marido pergunta à esposa:

— Amorzinho, me diga a verdade... Com quantos homens você já se deitou?

— Ah, querido, não vamos falar disso agora...

— Pode falar, amor... Eu não vou ficar chateado.

— Você Jura?

— Claro, meu bem. Fale a verdade pra mim!

— Tudo bem — diz a mulher, contando nos dedos — Vamos lá... Tem o meu primeiro homem, depois aquele gordinho, aqueles dois amigos da faculdade, o filho do meu chefe, depois aquele jogador de futebol, aquele pagodeiro, os dois vizinhos da Eunice... Bom, acho que foram nove!

— Ah, então eu sou o seu décimo homem? — perguntou o marido, decepcionado.

— Não, seu bobo... Você foi o primeiro!

38
27
11

Aquela secretária loira, que todos chamavam injustamente de burra, foi ao gabinete do chefe pela manhã e viu que ele estava iniciando o seu computador. Muito esperta, segundo ela mesma, ela resolveu espiar, tentando descobrir a senha do patrão, que todos tanto queriam saber.

— Se eu descobrir, o pessoal do escritório nunca mais vai me chamar de burra! — pensou ela.

Depois de alguns instantes puxando assunto com o chefe, ele escreveu a tão esperada senha e ela saiu em disparada da sala do chefe, gritando pra todos os colegas:

— Descobri, descobri! Agora eu sei a senha do chefinho!

— Nossa, não acredito que você conseguiu! — exclamou uma amiga. — mas então fala logo pra gente! Qual é a senha do chefe?

E a loira, toda confiante, de peito estufado, responde:

— Asterisco, asterisco, asterisco, asterisco e asterisco!

32
22
10

Um bravo indiozinho, filho do chefe Grande Cabeça Negra e Grossa, aproximou-se do pai numa manhã de radioso Sol e perguntou-lhe:

— Meu pai, por que é que os nomes dos índios são tão compridos, e não são como os dos caras-pálidas que se chamam Zé, Mané ou João?

— Meu Filho, os nossos nomes são um símbolo da beleza natural de tudo o que acontece e representam a riqueza da nossa cultura na sua forma de expressão.

— Como assim?

— Por exemplo, a tua irmã chama-se Lua Cheia no Grande Lago porque foi feita numa noite em que eu e a tua mãe andávamos a passear à beira dele numa noite de luar, nos abraçamos, beijamos e o amor gerou a vida dela.

— Humm...

— Olha, o teu irmão chama-se Grande Corcel das Pradarias Imensas porque um dia vinha com a tua mãe a regressar à aldeia pela pradaria, fora estava muito sol, resolvemos descansar, abraçamo-nos, beijamo-nos e ele foi gerado.

— Ah!

— O que queres tu saber mais, meu pequeno Camisinha de Merda Furada Vinda da China?

82
64
18

Três europeus são capturados por uma tribo de canibais. Antes de os sacrificar, o chefe concede-lhes um desejo.

O inglês pede:

— Quero beber um chá das 5 pela última vez.

O francês pede:

— Quero comer croissants pela última vez.

E o português:

— Quero comer morangos pela última vez.

— Mas nesta época não há morangos. — Diz o chefe.

— Ah, então eu espero!

19
13
6

Uma empresa colocou um anúncio para uma vaga aberta e deram preferência para deficientes físicos.

Acabaram contratando um sujeito que não tinha os testículos, perdidos em um acidente. O novo empregado sentou-se com o chefe para decidir horário e salário:

— Seu horário aqui vai ser das 8:00 ao meio-dia.

— Mas por quê? Eu quero ser igual a todo mundo, só porque eu sou deficiente vou trabalhar menos? Não! Quero trabalhar até às seis horas! — reclamou o empregado.

— Não! — retrucou o chefe — Só até o meio-dia é suficiente!

— Tá vendo? Isso é preconceito com os deficientes! — indignou-se o rapaz.

— Não é, não! — explicou o chefe — é que do meio-dia às seis, o pessoal só fica coçando o saco!

28
21
7

Numa certa época implantaram a pena de morte em Portugal. Matavam os criminosos na cadeira elétrica.

Um dia na altura de matar um assassino faltou a luz!

Após alguns minutos ouvem-se gritos altíssimos. O diretor da cadeia não entende o que se passa e pergunta:

— O que é que se passa? Por que a gritaria?

— É que estamos a matá-lo com a vela, chefe!

19
8
11

Duas funcionárias de uma fábrica estavam conversando:

— Conheço uma maneira de conseguir uns dias de folga! — disse a morena.

— E como você acha que conseguirá? — pergunta a loira.

Ela respondeu a pergunta demonstrando. Subiu pelas vigas e pendurou-se de cabeça para baixo. Nesse momento o chefe entrou, viu a funcionária morena pendurada lá em cima e perguntou:

— Que diabos você está fazendo?

— Sou uma lâmpada — respondeu.

— Hummm... acho que você precisa de uns dias de folga — comentou o chefe.

Ouvindo isso, a morena desceu da viga e se dirigiu para a porta.

A loira foi saindo também, e o chefe puxou-a pelo braço e perguntou:

— Onde você pensa que vai?

— Para casa. Não consigo trabalhar no escuro.

87
76
11

Nasce uma criança branca numa aldeia da África. O chefe da tribo manda chamar o missionário que era o único homem branco por ali:

— Calma chefe, tudo nesse mundo tem explicação...

E o chefe:

— Acho bom explicar mesmo, porque chefe estar muito puto.

E o missionário começou em sentido alegórico:

— O chefe está vendo aquele rebanho de ovelhas ali? Todas são brancas, menos uma. Como o senhor explica isso?

O chefe leva um susto, olha pra um lado, pro outro e fala baixinho pro missionário:

— Entendi. Chefe livra cara de missionário, missionário livra cara de chefe.

31
25
6

Depois de um tempo desempregado, Manoel consegui emprego na companhia de energia elétrica. Seu serviço não era difícil: Fazia um buraco na calçada e "plantava" os postes de iluminação. No primeiro dia, todos os funcionários em fila para a avaliação com o chefe:

— Você, quantos postes colocou?

— Quinze, senhor!

— Muito bem, e você?

— Dezoito postes, senhor!

— Ótimo! E você, Manoel quantos postes colocou?

— Três postes, chefe!

— Três? Você não fica envergonhado? Um colega seu colocou quinze postes, outro dezoito e você só três?

— É, mas eu fui o único que fez o serviço direito! Os postes que eles colocaram ficaram quase todos pra fora!

31
21
10

Um homem passa pela sua colega de escritório e diz que o cabelo dela cheira muito bem. A mulher vai, imediatamente, ao gabinete do chefe e diz que quer fazer uma queixa de assédio sexual. O gerente fica admirado e diz:

— Qual é o mal de um colega lhe dizer que o seu cabelo cheira bem?

A mulher responde:

— É que ele é anão!

101
50
51

O chefe de departamento de pessoal da empresa justificando para o jovem solteiro porque não vai contratá-lo.

— Desculpe, mas nossa empresa só trabalha com homens casados.

— Por quê? Por acaso são mais inteligentes e competentes que os solteiros?

— Não, mas estão mais acostumados a obedecer.

159
83
76

Uma loira chegou pro médico e disse:

— Doutor eu não consigo fazer sexo com meu marido.

— Bom, me conte como é seu dia.

— Bem de manhã quando estou indo para o trabalho não passa ônibus onde eu moro e eu não gosto de ir a pé então eu chamo um táxi. O taxista me cobra R$15,00 e ele fala "ou paga ou o quê?" aí eu escolho "o quê?".

Quando chego no trabalho meu chefe olha que eu cheguei atrasada e diz "ou hora extra ou o quê" aí outra vez eu escolho o que.

E quando chego em casa não consigo fazer sexo com meu marido.

— É vamos ter que contar isso para seu marido, ou o quê?

71
1
70

E dizem que o político estava fazendo comício numa tribo indígena.

— Se eu for eleito, vou fazer com que sejam preservadas as Reservas Indígenas!

— Huzzanga! — gritavam os índios.

— Se eu for eleito, os índios vão ter direito a saúde gratuita!

— Huzzanga!

— Se eu for eleito, os índios vão ser muito mais respeitados!

— Huzzanga!

Assim que encerrou o discurso, pede para ter uma audiência em particular com o Chefe da Tribo e é conduzido por um indiozinho bastante jovem.

— Vamos por aqui, senhor. — Aconselha-o o guia. — Esse caminho é menos acidentado, mas tome cuidado para não pisar na huzzanga das vacas.

31
9
22