Cinco Pães

29
22
7

O padre estreou nervoso seu primeiro sermão na paróquia, preocupado com um bêbado sentado no primeiro banco.

O bêbado acompanhava, atento, cada palavra do sermão. Vez ou outra, o bêbado soltava aquele soluço típico. O padre fazia seu sermão:

— Então, Jesus matou a fome de seus cinco seguidores com apenas cinco mil pães.

Prontamente o padre percebeu seu erro, mas não tentou consertá-lo para não chamar a atenção de seus fiéis, todos meio sonolentos e aparentemente distraídos. O bêbado, muito atento, disse em alto e bom som:

— Cinco mil pães para cinco pessoas? Assim é moleza!

Na semana seguinte, chegou o momento de repetir o tal sermão e lá estava o bêbado sentado no mesmo lugar. O padre, desta vez mais seguro, começou:

— E então, Jesus com somente cinco pães, saciou a fome de cinco mil seguidores.

Olhou vitorioso para o bêbado que comentou em voz bem alta:

— Não vejo vantagem nenhuma... Com a sobra da semana passada, até eu!