Piadas de Crianças

Duas mulheres discutiam no meio da rua.

— Seu filho é um sem-vergonha. — dizia uma. — Ele transou com a minha filha de onze anos!

— De jeito nenhum! — defendeu-se a outra, ao lado do menino. — Elesó tem doze anos e ainda não é capaz de fazer uma coisa dessas.

Tentando ser mais convincente ela abaixa as calças do garoto,segura na sua ferramenta e continua:

— Olha só pra isso. Você acha que um negocinho desse tamanho é capaz de...

— Mãe! Mãe! — interrompe o menino. — É melhor a senhora tirar a mão daí ou vamos perder essa causa!

37
22
15

O garoto está indo para a escola. No caminho, encontra uma colega de classe, que não conseguiu segurar o riso:

— Interessantes estas meias que você está usando, Ricardinho... uma amarela e outra azul...

— Verdade. Gozado‚ que lá em casa eu tenho outro par igualzinho!

24
-2
26

Todo dia um amiguinho chegava para o outro e perguntava:

— Ô Zezinho você conhece o João?

Que João? — perguntava Zezinho

Aquele que comeu seu butão! — respondia seu amigo

Zezinho cansado dessa vida, contou para seu pai que todo dia que chego a escola meu amiguinho pergunta se eu conheço o João, e eu pergunto "Que João?", e ele me responde: Aquele que comeu seu butão!

O pai disse à ele então:

— Na hora que você chegar na escola, pergunte ao seu amiguinho se ele conhece o Mário, então ele vai perguntar "Que Mário?" e você responde: Aquele que te comeu atrás do armário!

Zezinho todo feliz chegando à escola viu seu amiguinho e o perguntou:

Você conhece o Mário?

Claro! O irmão do João, não é? — responde o amiguinho

Que João? — pergunta Zezinho.

Seu amiguinho responde:

Aquele que comeu seu butão!

44
19
25

O garotinho chega pra mãe e pergunta:

— Mãe, posso fazer uma pergunta?

A mãe responde:

— Faça meu filho!

— Mãe, porque todo mundo da nossa família morre de repente?

— Mãe... mãe... mãe!

O garoto corre para o telefone, e liga para os bombeiros.

— Alô, é do corpo de bombeiros?

— Sim. — responde o bombeiro!

— Socorro, minha mãe morreu de repente!

O bombeiro pergunta:

— Qual o seu endereço?

— Garoto... ei garoto... garoto!

27
-8
35

Jesus e Pedro estavam indo para missa e no caminho encontraram um grande pé de goiaba. Jesus pediu a sandália de Pedro para subir no pé.

— Por que você não usa a sua? — pergunta Pedro.

— Por que a minha está toda acabada — responde Jesus.

Jesus pega a sandália de Pedro, sobe no pé e fica comendo goiaba lá mesmo, se esquecendo totalmente do amigo.

Pedro irritado começa a gritar:

— Jesus, Jesus desse daí com minha sandália!

Um padre que passava por perto chega perto de Pedro e fala:

— Jesus subiu para nunca mais voltar.

E Pedro já revoltado fala:

— E aquele filho de uma égua foi com minha sandália.

42
11
31

O garotinho pergunta ao pai:

— Papai o que é política?

O pai responde:

— Bom meu filho, vou te dar como exemplo a nossa casa: eu ponho dinheiro dentro de casa, então sou o poder econômico; sua mãe administra tudo, ela é o governo; a nossa empregada é a classe trabalhadora; você, que é comandado por nós, é o povo; e seu irmãozinho é o futuro do país.

O garotinho pensa, coça a cabeça e diz:

— É papai, acho que não entendi.

Após a conversa foram dormir. De madrugada o garotinho acorda com os berros do seu irmãozinho e ao olhar percebe que o bebê está todo cagado. Vai ao quarto dos pais e só encontra a mãe que dormia com sono bem pesado, vai ao quarto da empregada que estava trancado e ao olhar pela fechadura vê o seu pai em cima da empregada. Depois de tudo, o garoto foi dormir.

No dia seguinte, no café da manhã o garoto diz ao pai:

— Papai, eu entendi o que é política.

E o pai empolgado:

— Então me conta filho.

E o garoto:

— Enquanto o poder econômico fode a classe trabalhadora, o governo dorme profundamente, ninguém escuta o povo e o futuro do país tá na merda.

346
293
53

Ao chegar em casa, a mãe encontrou a filha com a testa quebrada:

— Que foi isso, minha filha?

A pequena, com receio de apanhar, disse:

— Fui eu que me mordi!

— Como você poderia morder a testa, se a sua boca está embaixo, filha?

— É que eu trepei numa cadeira, mamãe!

33
-21
54

Diálogo de dois garotos na volta das férias:

— Meu irmão acabou o noivado com a Sílvia.

— Mas por que? Ela não era uma gata bonita e cheia de graça?

— Sim, mas ele descobriu que ela é bissexual.

— É, isso deve ser um problema.

— Bota problema nisso! Já pensou a gente se casar e só poder transar duas vezes por ano?

28
-5
33

O bebezinho da casa do Juquinha chorava o dia inteiro . Um dia, não aguentando mais aquele berreiro, o amigo de Juquinha disse para ele :

— Seu irmão é chato hein? Ê diacho de menino chorão, pô!

— Pois eu acho que ele tá certo.

— Certo como?

— Queria ver o que você faria se não soubesse falar, fosse banguela, careca e não conseguisse ficar de pé!

32
2
30

Aquele adolescente não queria saber de nada na vida: não trabalhava, não estudava, dormia durante o dia.
Aquilo era demais!

— Meu filho, estou muito preocupado. Você já tem 15 anos! O que você quer da vida? Você sabe o que Abraham Lincoln fazia quando tinha a sua idade?

E o filho:

— Na minha idade eu não sei. Mas na sua, ele era o presidente dos EUA.

19
3
16

Garoto de memória prodigiosa era aquele. Quando a professora pediu que cada aluno contasse a primeira coisa de que lembrava na vida, teve um que falou da festa do primeiro aniversário; outro, da chupeta que largou aos seis meses de vida; um terceiro, das cores de sua primeira roupinha, ainda no berçário. E chegou a vez dele:

— A primeira coisa que eu lembro é que fui a um piquenique com meu pai e voltei com a minha mãe.

16
2
14