Piadas de Crianças

A garotinha de treze anos comenta com a mãe sobre o seu primeiro namorado:

— O Paulinho é um gato, mamãe! Carinhoso, gentil, bonito, forte e inteligente! Tem tudo o que uma mulher pode querer de um homem! Ele só tem um defeito!

— Qual? — pergunta a mãe curiosa.

— Ele é um pouco atrevido! Imagina que logo na primeira vez que nós saímos ele me pediu um beijo!

— No duro?

— Não, mãe! Na boca!

26
16
10

Último dia de aula, os alunos resolvem presentear a professora.

O filho do dono de uma doceria entrega-lhe uma caixa. Ela dá uma sacudidinha:

— São bombons?

— Acertou, professora!

A filha do dono da livraria entrega-lhe o seu embrulho.

— Esse está pesado. Acho que é um livro...

— Acertou, professora!

O filho do dono do bar entrega-lhe o seu presente. Ela nota um pequeno vazamento na embalagem, passa o dedo, apanha uma gota, experimenta e arrisca:

— É um vinho?

— Não, professora.

Ela experimenta mais uma gota.

— É um uísque?

— Também, não...

— Desisto! O que você me deu?

E o menino:

— Um cachorrinho...

36
28
8

O sujeito pergunta para a filha o que ela quer de presente de aniversário:

— Eu quero uma boneca de pano! — a menina exclama.

— Uma boneca de pano? — o pai pergunta, surpreso — Eu pensei que você só gostava de bonecas da Barbie!

— Sim, pai! — responde a menina — Mas já tenho cinco Barbies e elas precisam de uma empregada!

31
23
8

O professor de ciências explica o fenômeno da circulação sanguínea:

— Se eu ficar de cabeça para baixo, todo o sangue vai descer para minha cabeça e meu rosto vai ficar vermelho, não é mesmo?

— Sim, professor! — concorda a classe.

— Agora, alguém sabe me dizer por que é que os meus pés não ficam vermelhos quando estão no chão?

— Eu sei, professor — diz um aluno, levantando-se. — É porque os seus pés não são vazios.

15
4
11

O garotinho estava andando de bicicleta quando passou em frente a um motel e viu uma cena curiosa. Um homem parou o seu carro e perguntou para uma bonita mulher que estava ao seu lado:

— E aí, vai dar ou não vai dar?

E ela, ríspida, respondeu:

— Não! Eu não vou dar!

— Então desça já do carro e vá a pé! — esbravejou o homem.

E a mulher saiu andando pela rua, irritadíssima.

O garoto achou a cena interessante e no dia seguinte pegou sua bicicleta, chamou a sua amiga Mariazinha para andar com ele na garupa e passou em frente ao mesmo motel.

Lá ele parou, se virou para Mariazinha e perguntou:

— E aí, vai dar ou não vai dar?

Mariazinha pensou um pouco e disse, convicta:

— Vou dar, sim!

Então o garotinho ficou surpreso, fez uma careta e gritou:

— Então pode ficar com a minha bicicleta que eu vou a pé!

33
26
7

No auge dos 15 anos, o garoto dava uns amassos em uma menina de 13, na última fila do cinema. O negócio estava esquentando até que ele pegou na mão dela e, bem devagar começou a puxá-la para a cadeira dele, até fazer a menina pegar em suas partes baixas.

Assustada e com um ar de inocência ela pergunta:

— Nossa, mas que coisa dura é essa?

— Nada, não — responde ele, com um sorriso malicioso — É só um pacotinho de drops!

— Ah, que pena! Eu ia te pedir um, mas já que tá no finalzinho, pode ficar pra você...

39
35
4

Três garotinhos discutem qual deles tem familiares mais importantes.

— Eu tenho um tio que é padre — diz o primeiro. — Ele é tão bom, mas tão bom que todo mundo chama ele de Santo!

— Isto não é nada — desafia o segundo. — Eu tenho um tio que é Cardeal. Ele é tão bom, mas tão bom que todo mundo diz que ele vai ser o próximo Papa.

— Isto não é nada — diz o terceiro. — Eu tenho um tio que tem um pau tão grande, mas tão grande que todo mundo quando olha, diz: "Meu Deus".

32
27
5

Um garotinho andava pelo circo quando de repente viu um homem escondido atrás da arquibancada.

— Ei, tio! — gritou ele — Que coisa plateada é essa que você tá comendo?

— Er, não é nada não, garoto — disse ele, escondendo a comida misteriosa — Vai lá com a sua mãe, vai!

— Nada disso! Eu vi! E também quelo! Me dá um pedaço, senão eu chamo a minha mãe!

— Shiu, não faz isso, garoto! Você não pode comer o que eu tenho aqui!

— Por que não? — gritou o garoto — Eu quelo! Eu quelo!

— Shiu! Não faz barulho, garoto... Tudo bem, eu digo o que eu tenho aqui. São giletes, daquelas de fazer a barba! Você quer comer, quer?

— Blargh! Você come gilete? — pergutou o garoto, assustado — E por que você tá comendo gilete aqui no circo?

— Eu trabalho aqui! Eu sou engolidor de espadas!

— Engolidor de espada? E por que tá comendo gilete?

— Porque eu tô de regime!

12
1
11

Uma senhora encontrou três garotos chorando no meio da rua, e foi logo perguntando o que aconteceu. Logo o 1º garoto disse:

— O meu cachorro foi morto!

Depois o segundo:

— O meu cachorro também foi morto!

A senhora rapidamente olhou para o terceiro garoto que era o mais triste dos três e perguntou:

— O seu cachorro também foi morto?

O terceiro garoto disse:

— O meu cachorro morreu engasgado!

A senhora com dúvida perguntou:

— Se engasgou com o quê?

Rapidamente o garoto respondeu:

— Com os cachorros deles!

23
16
7

Ao ver a mãe nua pela primeira vez, o garotinho pergunta:

— Mãe! O que é isso que a senhora tem no meio das pernas?

Toda encabulada, a jovem mãe tenta se explicar:

— Sabe o que é, meu filho? Quando eu era pequena, eu estava atravessando a rua correndo, de repente tropecei e caí em cima de uma garrafa quebrada. Fez esse cortão que você está vendo!

— Porra, mãe! Que azar, hein? Bem em cima da boceta!

42
35
7

O garoto volta da escola, joga a pasta com os cadernos num canto e reclama com a mãe:

— Mamãe, os outros meninos ficam me gozando na escola.

— São uns mal-educados — diz a mãe. — Mas o que eles fazem com você?

— Me chamam de "filhote de Drácula" e dizem que eu tenho dentes de vampiro.

— Mas, meu bem, você sabe que isso não é verdade!

— É, eu sei. Mas eles me chamam — insiste o menino, choroso.

— Veja bem — diz a mãe, consoladora, tentando pegar no queixo do filho, que ele mantém encostado ao peito. — e vê se levanta essa bendita cabeça! Não vê que está furando a camisa?

21
12
9

O garoto chega da escola e a mãe pergunta:

— Filho, que nota você tirou na escola?

— Tirei 10, mãe!

— Nossa, filho! — diz a mãe, abraçando o garoto — Que alegria ouvir isso!

— Obrigado, mãe, obrigado...

— Mas hoje você viu o resultado das prova de português e matemática, né filho? Você tirou dez nas duas?

— Não, mãe... Tirei 1 em uma e 0 na outra...

25
13
12

Um certo advogado telefona para a casa de um sujeito que tinha emitido um cheque sem fundos. Quando o telefone toca, atende uma criança de apenas 5 anos de idade:

— Alô!

— Seu pai está aí?

— Painho foi para o Supermercado.

— E sua mãe está?

— Mainha foi para o Supermercado com Painho.

— Você está sozinho em casa?

— Não, estou eu e minha irmâ.

— Chame sua irmã — já que queria deixar um recado.

Depois de muito tempo, volta a mesma criança:

— Alô!

— Cadê sua irmã?

E a criança respondeu:

— Eu não pude tirar ela do berço não, porque ela estava cheia de xixi e cocô.

19
8
11

Em uma sala de pré-primário, o garotinho reclama:

— Pofessola, eu não tem lápis!

— Não é assim que se fala — corrige ela, pacientemente — O correto é "Eu não TENHO lápis", "Tu não TENS lápis", "Ele não TEM lápis", "Nós não TEMOS lápis", "Vós não TENDES lápis" e "Eles não TÊM lápis"... entendeu?

— Não! — responde o garoto, confuso — Onde é que foram parar todos esses lápis?

22
17
5