Diagnóstico

24
14
10

O português reclama de fortes dores ao seu médico:

— Ai doutore, cá estou eu com dores fortes pelo corpo todo; eu ponho a mão aqui no peito... Ai! A mão nas costas... Ui! Até na minha cabeça dói... Iau!

Depois de um rápido exame o portuga, já nervoso, lhe pergunta preocupado:

— E então doutoire, é grave?

— Não, não é grave, não. O senhor só está com o dedo quebrado.