Dores

15
10
5

A Maria vai ao médico:

— Ai doutoire! Eu não consigo dormire. Se durmo virada para cima, sou atacada por forte doire de cabeça. Se viro para um lado, atacam-me os rins. Se viro para o outro ataca-me uma doire no baço. O que e que eu faço, o doutoire?

— Porque a senhora não experimenta dormir de bruços?

— Porque, aí me ataca o Manuel!