Os Vigaristas

Empréstimo do Turco

134
112
22

O turco Salim chega ao banco e fala para o gerente:

— Eu quer fazê uma embréstimo!

Surpreso, o gerente pergunta para Salim:

— Você, Salim, querendo um empréstimo? De quanto?

— Uma real.

— Um real? Ah, isso eu mesmo te dou.

— Não, não! Eu querer embrestado da banco mesmo! Uma real!

— Bem, são 12% de juros, para 30 dias...

— Zem broblema! Vai dar uma real e doze zentavos. Onde eu assina?

— Um momento, Salim. O banco precisa de uma garantia. Sabe como é, são as normas.

— Bode begá meu Mercedes zerinha, que tá lá fora e deixá guardado no Garagem da banco, até eu bagá a embréstimo. Tá bom azim?

— Feito!

Chegando em casa, Salim diz para Jamile:

— Bronto, nóis já bode viajá bra Turquia zem breogubazon. Conzegui dexar a Mercedes num garagem do Banco do Brasil bor 30 dias, e eu só vai bagá doze zentavos.