Piadas de Escola

Durante um grande comício em Salvador, certo candidato a governador do Estado empolga-se e começa a prometer mundos e fundos:

- Se eleito for, prometo construir outro HGE, farei mais um aeroporto, construirei novas estradas, instalarei uma dezena de novas fábricas, barragens, aguadas, prometo mais duas universidades federais, mais cem escolas de ensino médio e duzentas de ensino fundamental. E sabem o que isso significa, meu povo? Trabalho! Sim, isso mesmo! Trabalho e mais trabalho, empregos e mais empregos para todos os baianos...

Num canto da praça um dos ouvintes que assistia ao comício, desesperado, iniciou uma macumba das fortes com toda sorte de produtos infalíveis e dentro jogou inúmeros santinhos daquele candidato contra a sua vitória!

- Mas o que é isso rapaz, não gosta do candidato? - inquiriu alguém que passava perto.

- Gostar eu gosto, mas vai que esse desgraçado ganha.... Melhor prevenir do que remediar!

157
-71
228

O filho chega da escola e repara que sua mãe está um pouco mais barriguda e a mãe explica:

- É que seu pai me deu um bebê.

O menino sai correndo, encontra o pai e pergunta:

- Papai, você deu um bebê para a mamãe?

- Sim, meu filho.

- Pois saiba que ela o comeu.

371
224
147

A professora de Joãozinho passou como dever de casa a seguinte pergunta: "O que é a natureza?" Ele foi para casa e perguntou para a mãe dele:

- Mãe, o que é a natureza?

A mãe respondeu:

- Vá na casa da Dona Maria. Ela deve saber!

Joãozinho foi ate a casa da Dona Maria e fez a mesma pergunta:

- Dona Maria, o que é a natureza?

A Dona Maria disse:

- Pergunte para Tereza!

Joãozinho foi até a Tereza, mas a viu quando ela pelada. Assustado voltou correndo a Dona Maria e disse:

- Você não sabe o que eu vi la em cima!

E Dora Maria disse:

- Não se preocupe, aquilo é a natureza!

No outro dia na escola a professora foi direto ao Joãozinho:

- Joãozinho, o que é a natureza?

Joãozinho ele respondeu:

- É o periquita da Tereza!

354
9
345

Em pleno sábado de carnaval, o cara pulou de mau jeito, quebrou o pé e foi correndo (ou melhor, pulando com o outro pé) pro hospital.

Chegando lá o lugar estava deserto.

- Ei! Alô! Tem alguém aí? - gritou ele.

Então a atendente saiu do depósito com o segurança.

- Posso ajudar, senhor? - perguntou ela, ajeitando a saia.

- É, acho que sim! Eu quebrei o pé! Tem algum médico de plantão?

- Claro! Todos os doutores estão de plantão!

- Que bom! Eles podem me atender?

- Vai ser difícil, senhor. Porque na verdade eles estão fantasiados de plantão, na ala dos hortifrutigranjeiros da escola de samba.

82
-104
186

Por causa de sua preguiça de estudar, a professora estava sempre gritando com Tenóbio.

- Você me deixa louca, Tenóbio! Você não tem jeito!

Um dia, a mãe de Tenóbio foi até a escola para verificar como seu filho estava indo. A professora disse honestamente para a mãe que seu filho era um desastre, tinha notas muito baixas e que ela nunca viu um menino assim tão estúpido em toda sua vida profissional ensinando crianças. A mãe ficou tão chocada com esta sincera conversa que ela tirou seu filho da escola, saiu do interior e mudou-se para São Paulo.

Vinte cinco anos depois, esta mesma professora foi diagnosticada com uma grave enfermidade no coração quase incurável. Todos os médicos de sua região indicaram a ela que necessitava de uma cirurgia do coração, mas que este tipo de operação somente um médico em São Paulo era capaz de fazer. Deixada sem otimismo, a professora decidiu tentar esta última esperança.

Ela foi para São Paulo e num hospital de lá realizou com sucesso a tal operação. Quando ela abriu os olhos, voltando da cirurgia, ela viu um belo e jovem médico à sua frente, sorrindo para ela. Ela queria agradecer a ele, mas não pode falar. Sua face se tornou azul, ela levantou sua mão, tentou gritar sem conseguir e rapidamente ela morreu. O médico ficou chocado, tentando entender o que aconteceu de errado. Então, ele olhou para o lado e viu que o maldito faxineiro Tenóbio, que trabalhava no hospital, desligou os equipamentos de suporte à vida da tomada do quarto, para ligar seu aspirador de pó e limpar o corredor.

E você pensou que Tenóbio tinha se tornado um cirurgião cardiovascular? Não estude não, pra você ver!

597
462
135

Joãozinho estava passeando com o avô pela pracinha, em um sábado, até que o avô de Joãozinho avista a professora do garoto.

- João, se esconde, meu filho, sua professora está lá! - o avô diz.

- Na verdade, vovô, quem tem que se esconder é o senhor! - rebate o menino.

- Mas por que eu, se foi você que faltou na escola ontem? - pergunta o avô.

- Porque eu falei que eu fui no enterro do senhor.

1006
718
288

Um certo dia, Joãozinho estava chegando da escola e falou para sua mãe:

- Mãe, eu quero um cachorrinho!

Nas semanas seguintes Joãozinho ficou perturbando sua mãe até que ela pediu os 3 filhotinhos de cachorro que a vizinha estava dando. Ele então decidiu dar o nome o nome do primeiro de "Caguei", da segunda de "Bolinha" e da terceira de "Preta".

Tudo corria sem problemas, até que um certo dia Joãozinho voltou da escola e não encontrou seus cachorrinhos.

- Mãe, cadê meus cachorrinhos?

- Eu não sei, meu filho!

Então ele saiu pela rua gritando em busca dos cachorrinhos:

- Caguei Bolinha Preta, Caguei Bolinha Preta!

603
-118
721

Eu e minha vizinhança sofríamos de assaltos regularmente... eu já estava cheio disso! Então desativei meu sistema de alarme, deixei de pagar o guarda noturno e dispensei a vigilância do bairro.

No jardim de casa hasteei 3 bandeiras: Uma bandeira do Afeganistão, outra da Arábia Saudita e no meio a bandeira negra do Estado Islâmico. Agora, somos vigiados pela Polícia local, Federal, pela Segurança Pública, Interpol, etc. 24 horas por dia, 7 dias por semana e 365 dias por ano. Meus filhos são seguidos quando vão para a escola, minha esposa quando sai de casa, e me seguem quando vou e volto do trabalho. Ninguém mexe com a gente. Nunca me senti tão seguro. Já me disseram que se eu botar uma de Cuba ainda ganho um dinheirinho da Dilma.

779
575
204