Fazendo Estrada

14
7
7

O caipira estava sentado num barranco, pitando o seu cigarrinho de palha e apreciando a paisagem quando pára um carro e descem dois sujeitos com um monte de tralhas.

O caipira fica um tempão observando-os. Mede daqui, mede dali, torna a conferir, até que o caipira não resiste e pergunta:

— Me adescurpe a intromissão, mas o que é que ocêis tão fazeno cum estes trecos tudo aí?

Ao que um deles respondeu, todo educado:

— É que nós somos engenheiros! Estamos fazendo as medições para fazer uma estrada!

E o caipira:

— Ah! bão! É que aqui nóis num faiz istrada deste jeito não!

E o engenheiro, em tom desafiador:

— Ah, não? Então como é que vocês fazem estradas por aqui?

— A gente sórta um burro e vai seguindo ele, por onde o bicho passa é sempre o mió caminho pra se fazê a istrada...

— E se vocês não tiverem o burro?

— Bom... daí a gente chama um engenhero!