Fazer Xixi

31
18
13

A mulher estava na estação ferroviária, doida para descarregar a bexiga. Olhava para o relógio a todo instante e, pela hora, o trem já deveria ter chegado na plataforma há pelo menos dez minutos. Ela se contorcia daqui, se contorcia dali, até que não agüentou mais e foi ao banheiro. Quando voltou, o seu trem havia chegado, mas já havia partido.

— Oh, não! — fez ela, sentando-se no chão e derramando-se em lágrimas.

Nisto o mineiro, solidário, aproximou-se dela:

— Ô, Dona! Purquê esta choradera?

— É que eu fui mijar e o trem partiu! — explicou ela.

— Uai, mas a sinhora já num nasceu com o trem partido?