Os Vigaristas

Freira no Inferno

22
11
11

A Irmã Gertrudes, uma freira muito dedicada, morre e, surpreendentemente, vai parar no Inferno.

— Só pode ser um erro! — dizia ela para o chifrudo — Como eu faço pra entrar em contato com o céu?

— Ah, o telefone deles é 7777-7777... Mas só usamos pra passar trote!

— Deixa eu ligar, senhor diabo? Serei rápida...

— Há, há, há! Eu sou o ser mais maléfico que existe! Acha que vou deixar uma freirinha indefesa e desesperada ligar pro paraíso? Eu quero mais é que você queime aqui comigo! Há, há, há!

A freira começou a ficar desesperada, mas lembrou que ainda estava com o seu celular! Então foi dar uma volta pelo Inferno e ligou para o céu. Ela chegou a conclusão que tudo foi um grande equívoco de São Pedro.

— Me dê 24 horas! — disse o porteiro do céu — Vou mandar um anjo para buscá-la.

A Irmã aguardou ansiosa, perambulando horrorizada pelo Inferno. No outro dia, São Pedro ainda não havia mandado ninguém. Então ela ligou novamente:

— São Pedro! Marcaram uma orgia sexual para hoje à noite aqui no Inferno. E todos vão ter que participar! Pelo amor do seu chefe! Mande alguém logo para me buscar!

— Tudo bem! — disse São Pedro — Vou mandar um anjo hoje... Sem falta!

Mas São Pedro é meio desorganizado e se esquece mais uma vez da freira.

No dia seguinte o telefone toca e ele se lembra. "Vou tomar uma bronca daquelas!" pensa ele. E atende o telefone:

— Alôuuu — diz uma voz doce, do outro lado da linha — Pedrinhô! Aqui é a Gegê, lembra de mim?

— Gegê? – pergunta ele, confuso.

— É, a Gertrudes... A freira... Eu só liguei pra te avisar... Sabe aquele negócio de mandar alguém pra me buscar? Pode esquecer, tá?