Piadas de Garçom

A esposa diz para o marido:

- Quando você for para o bar, não é para você beber cerveja, você precisa beber leite para ser saudável.

O marido concordou. E ao chegar no bar disse para o garçom:

- O senhor tem leite de ratazana?

- Não!

- Tem leite de égua?

- Não!

- Tem leite de jumenta?

- Não!

Então o homem falou para o garçom:

- Então não tenho outra alternativa. Garçom, me traz uma cerveja bem gelada!

242
-76
318

Um homem chega em um bar e pede uma cerveja. O garçom que lhe serviu diz:

- Seu dia parece horrível!

- E foi mesmo, rapaz. Hoje cheguei em casa e descobri que meu irmão mais novo é gay.

O homem, entristecido, paga a conta e vai embora. No dia seguinte, lá está ele novamente. O garçom vai em sua mesa e lhe oferece uma cerveja e ele aceita. Novamente triste, diz para o garçom:

- Pois é, rapaz, descobri que meu irmão mais velho é gay.

- Puxa, que pena! - diz o garçom.

Novamente o cara toma a cerveja, paga a conta e vai embora. No dia seguinte lá está ele de novo.

- Você aqui de novo? - disse o garçom - me conte o que está acontecendo que eu vou pegar as cervejas.

- Não precisa pegar cerveja - disse o rapaz - eu voltei aqui, dessa vez, só para te ver!

174
73
101

Um homem e uma bonita mulher estavam jantando á luz de velas num restaurante de luxo. De repente o garçom notou que o homem escorregava lentamente para debaixo da mesa.

A mulher parecia não reparar que o companheiro tinha desaparecido.

- Perdão, senhora - disse o garçom, - mas eu acho que seu marido está debaixo da mesa.

- Não está não - disse a mulher, olhando calmamente para o garçom. - Meu marido acabou de entrar no restaurante.

212
115
97

Depois de comer, pede a sobremesa.

— O que vocês têm de sobremesa?

— A maçã especial da casa!

— Maçã? Não tem outra coisa?

— Mas a nossa maçã é especialíssima, é diferente de qualquer outra.

— Tudo bem, traz a maçã.

O garçom traz a maçã e o cara prova.

— Peraí, essa maçã é igual a todas as outras, tem gosto de maçã!

— Calma, meu senhor. Prova o outro lado.

O cara prova o outro lado da maçã, que tem um gosto maravilhoso.

— Uhhmmm! Que sabor delicioso. É morango?

— Exatamente. É a especialidade do nosso cozinheiro. E o senhor pode pedir o sabor que quiser.

— É mesmo? Então eu tenho um pedido especial: eu quero uma maçã com gosto de buceta!

— É pra já!

Alguns minutos depois volta o garçom com mais uma maçã especial da casa.

O sujeito prova e cospe tudo.

— Caramba, essa maçã tem gosto de cu!

E o garçom:

— Vai virando, vai virando!

41
14
27

Depois de ver a loira passar algumas horas tentando fincar o palito de dentes em uma azeitona, fazendo a dita cuja deslizar de um lado para o outro do prato, o garçom da Pizzaria Bella Bosttá resolve ajudá-la.

— A senhorita permite que eu tente pegar esta azeitona?

— Pode tentar... — diz a loira, exausta — Você não vai conseguir mesmo!

Então o garçom pega outro palito e, pimba, finca na primeira tentativa.

— Ah, não valeu! — resmunga ela — A azeitona já estava cansada!

173
85
88

O chinês entra em um restaurante grego, chama o garçon, também grego, e pede:

— Um "aloz a glega", pô favô!

O grego dá uma risada enorme, e, mesmo entendendo, pede para o repetir chinês algumas vezes, mas trás seu pedido.

No dia seguinte, o chinês volta e pede de novo:

— Um "aloz a glega", pô favô!

O grego tira onda com a cara do chinês e trás o pedido.

A cena se repete algumas vezes pelos dias seguintes. O chinês, já puto da vida com o garçon grego, resolve tomar aulas de dicção, e então volta ao restaurante. Chama o mesmo garçon e pede:

— Um arroz a grega, por favor!

O garçom, incrédulo do que acabara de ouvir, pergunta:

— Desculpe, o que mesmo o senhor disse?

— Um arroz a grega, seu glego escloto!

26
5
21

O sujeito reclama com o garçom:

— Poxa, eu pedi um frango a passarinho e o senhor me trouxe um frango ao raio X!

— Desculpe, senhor! Frango ao raio X? Não temos esse prato no cardápio...

— Pois deveriam! Deste frango só se veem os ossos!

40
17
23

Semana passada convidei uns amigos para o almoço em um restaurante próximo ao nosso escritório, e notei que o garçom que nos atendeu levava uma colher no bolso da camisa. Achei esquisito, mas tomei isso como um fato casual. No entanto, quando o encarregado da mesa trouxe a água, copos e talheres, notei que ele também tinha uma colher no bolso da camisa. Olhei em volta, no salão, e percebi que todos os garçons, garçonetes e atendentes também levavam uma colher no bolso da camisa. Quando o garçom voltou para tomar o pedido, perguntei:

— Por que a colher?

— Bom, — explicou — os donos do restaurante contrataram a consultora Andersen, experts em eficiência, com o objetivo de revisar e melhorar todos os nossos processos. Depois de muitos meses de análises estatísticas, eles concluíram que os clientes deixavam cair no chão a colher com 73% maior frequência do que os outros talheres.

Isso representava uma frequência de quedas de 3 colheres por hora por mesa. Se o nosso pessoal ficasse preparado para cobrir essa contingência, nós poderíamos reduzir o número de viagens à cozinha e, assim, poupar mais de 1,5 horas por homem por turno. No momento em que estávamos falando, escutou-se um som metálico na mesa atrás da gente. Rapidamente o garçom que nos atendia trocou a colher caída por aquela que ele levava no bolso, e me disse:

— Pegarei outra colher quando for a cozinha, assim não farei uma viagem extra para buscá-la agora.
Meus amigos e eu ficamos realmente muito impressionados. O garçom continuo a anotar o nosso pedido. Enquanto meus convidados ordenavam, continuei a observar ao meu redor. Foi, então, quando observei de relance uma cordinha fininha pendurada no zíper da calça do garçom.

Rapidamente, percorri com o olhar o salão para me certificar que todos os garçons levavam a mesma cordinha pendurada no zíper da calça. A minha curiosidade foi muito grande e, antes do garçom se retirar, perguntei:

— Desculpe, mas... por que tem essa cordinha justo aí?

— Oh, sim! — respondeu, e começou a falar em um tom mais baixo — Não tem muitas pessoas tão observadoras quanto o Sr. Essa consultora de eficiência da qual lhe falei, achou que nós também poderíamos poupar tempo na ida ao banheiro.

— Como é isso?

— Veja bem: amarrando esta cordinha na ponta do... bem, você já sabe, podemos sacá-lo para mijar sem tocá-lo e dessa forma, eliminando a necessidade de lavarmos as mãos, encurtando o tempo gasto no banheiro em 67% por homem.

— Que ótimo, isso tem muito sentido, mas... se a cordinha ajuda a sacar, como é que volta a guardar?

— Bem, eu não sei como fazem os outros, mas eu uso a colher.

41
30
11

Em Londres, marido e mulher se acomodam na mesa de um restaurante. O garçom pergunta:

— O que os senhores desejam?

— Eu quero um filé mal passado! — responde o homem.

— Senhor? Tem certeza? E a vaca louca?

— Sei lá, pergunta aí pra ela!

53
35
18

O sujeito entra num bar, senta-se à uma mesa e logo um garçom aparece para atendê-lo.

— Boa noite, o que o senhor toma?

— Eu tomo vitamina C pela manhã, o ônibus para ir ao serviço e uma aspirina quando tenho dor de cabeça.

— Desculpe, mas acho que não fui claro. Eu quis dizer o que é que o senhor gostaria?

— Ah! Tudo bem! Eu gostaria de ter uma Ferrari e mandar a minha sogra para o inferno.

— Não é nada disso, meu senhor! — continuou o garçom, ainda calmo.

— Eu só gostaria de saber o que o senhor deseja beber.

— Ah! é isso? Bem... o que é que você tem?

E o garçom:

— Eu? Nada, não! Só tô um pouco chateado porque o meu time perdeu pro São Caetano!

35
25
10

O sujeito entra num restaurante escoltado por um Pittbull, senta-se e pergunta para o garçom:

— Vocês servem advogados aqui?

— Mas, claro, meu senhor. - responde o garçom, desdobrando-se em gentilezas.

— Então traz um Spaghetti ao Sugo pra mim e um advogado para o meu cachorro!

44
0
44

No restaurante, o cliente reclama:

— Garçom! Tem uma mosca no meu bife!

O garçom se aproxima, olha para o prato do cliente e diz:

— Deixa ela... Logo, logo, ela se ferra. Olha só o tamanho da aranha que está saindo debaixo daquela folha de alface!

30
22
8