Piadas de Garçom

O papo com a garota que conhecera por anúncio de jornal ia tão chato que Garcia pede ao garçom, às escondidas, que anuncie que há um telefonema para ele. De volta à mesa, diz à moça, com ar funéreo:

— Tenho de ir... A minha avó acaba de morrer.

— Ainda bem — diz a moça. — Se demorasse mais um pouco, seria a minha.

30
15
15

Garçom, ofereça um drinque àquela moça — pediu o galante cavalheiro.

— Não adianta, é perda de tempo — ponderou o garçom.

Meia hora depois, ele volta à carga. O garçom reluta, hesita, mas o homem insiste. O garçom perde a paciência e resolve encerrar o assunto:

— Companheiro, não adianta, não vai dar em nada. Ela é lésbica.

— De que região da Lésbia?

12
0
12

Numa roda de amigos, no boteco, um deles pede ao garçom uma dose dupla e a entorna de um só gole.

— A coisa tá ficando preta — resmunga, com ar abatido. — Minha mulher decretou que só vamos transar duas vezes por semana.

O companheiro ao lado bate em suas costas e procura consolá-lo:

— Calma, calma, imagine que podia ser pior. Com alguns de nós, por exemplo, ela reduziu para uma!

21
0
21

O leão e o antílope entram num restaurante da selva e chamam o garçom, um veado:

— Quero uma salada mista de grama, relva e capim — diz o antílope.

— Pois não — diz o garçom. E dirigindo-se ao leão:

— E o senhor, que vai pedir?

— Nada, obrigado — grunhe, sacudindo a juba.

— Ele não está com fome ? — pergunta o garçom ao antílope.

— Escuta aqui, você acha mesmo que se ele estivesse com fome eu estaria aqui sentado?

28
9
19