Os Vigaristas

Herói do Português

41
-4
45

O português estava andando à noite num lugar muito perigoso, quando dois assaltantes encapuzados o abordaram e começaram a surrá-lo. Enquanto apanhava o português gritava:

— Socorro! Socooorrroooo! Alguém me ajude!

Eis que surge do nada um homem vestido de preto com uma máscara preta, chapéu preto e uma espada.

O homem luta com sua espada e faz uma marca de Z no peito de um dos bandidos. O outro bandido recebe uma marca de Z na sua testa. Eles fogem correndo. O português ainda no chão é ajudado pelo homem.

— Levanta Manoel!

Todo machucado, mas aliviado e salvo, Manoel agradece:

— Obrigado! Muito obrigado, Zuper-Homem!