Os Vigaristas

Interessado na Freira

66
59
7

Um bêbado entra em um ônibus e encontra uma freirinha. Ele embebido em álcool não se contém e começa a fazer elogios ao corpo escultural da freira.

— Freira gostosa, cheirosa, vou te fazer mulher, esquecer a religião.

A freira se manteve indiferente durante toda a viajem.

Quando a freira desceu, o trocador, que observara aquela situação, dirigindo-se ao bêbado, lhe disse:

— Ficou interessado na freira? Mulherão né? Eu também já fiquei apaixonado. Se quiser alguma coisa, ela desce aqui todos os dias, às 19:00 e vai para frente do cemitério esperar que Jesus se revele a ela.

O bêbado no dia seguinte não pensou duas vezes.

Se vestiu a caráter e foi para a frente do cemitério, às 19:00. Chegando lá, a freirinha já estava esperando Jesus.

O bêbado se aproximou e se identificou:

— Freirinha, seus dias de espera terminaram. Estou aqui para purificar de seus pecados.

— Não acredito. Depois de tanto tempo me resguardando para você, finalmente me aparece. Mas como vou saber que é você mesmo?

O bêbado, maliciosamente responde:

— Você se lembra daquele bêbado que ontem lhe importunava? Pois é, foi eu quem evitou que ele lhe fizesse mal.

A freirinha não conteve de emoção. Declarou seu amor ao Jesus e se entregou.

O bêbado, cheio de si, fez a festa. Se entrelaçaram por duas horas. Quando terminou não se agüentava de rir.

— Freirinha burra. Você é muito inocente. Você se lembra do bêbado de ontem à noite? Pois é. Sou eu. Fiquei te esperando vestido de Jesus e você acreditou.

A freirinha emendando a risada do bêbado respondeu:

— Burro é tu. Eu não sou freira. Eu sou o trocador.