Lápide Cara

71
46
25

Todos elogiaram a bondade e o respeito daquele genro que gastou uma nota preta para fazer uma rica lápide de mármore, para a sepultura da sogra.

Os elogios cessaram, no entanto, tão logo se conheceram os dizeres que ele mandou gravar:

"Aqui jaz e jaz bem. Descansa ela e eu também!".