Os Vigaristas

Leite Para a Mudinha

21
14
7

Um rapaz era novato em uma cidadezinha do interior e arranjou um emprego em uma padaria, a única do lugar, onde todos compravam itens para o café da manhã. Ele atendia e era caixa.

O dono da padaria, que podia fazer os pães agora sossegado, foi informando pro jovem no primeiro dia de emprego:

— Olhe rapaz, tem uma moça aqui na cidade que é mudinha. Todos os dias ela compra aqui. Quando precisa de pão, ela dá uma piscadinha. Quando precisa de leite, dá uma apertada nos seios. Portanto, saiba logo, ela não é uma safada.

Clientes vão indo e vindo, até que chega uma moça muito bonita. Chega, dá uma piscadinha e aperta os peitos.

O rapaz, com uma dúvida, pega no saco e sopra a mão em direção da muda. Indignada, dá um tapa no rapaz e sai correndo com medo sem levar nada. O dono da padaria vê a cena e vai reclamar para o rapaz:

— Safado! Te avisei! Espantou a cliente! Olha o que você fez...

O rapaz ainda com dúvidas, se defende:

— Calma, chefe! Ela pediu leite, aí eu peguei no saco e soprei a mão, porque eu não sabia se ela queria leite de saco ou leite em pó...