Martelo do Judeu

273
-30
303

Estava o turco pai concertando algumas coisinhas dentro de casa, quando vira para o filho e pede:

— Filhinho, vai lá na casa do nosso vizinho judeu e pede a ele o martelo emprestado.

Daí a pouco o turquinho retorna sem nada nas mãos.

— Mas o que foi que aconteceu, cadê o martelo?

— O judeu disse que não empresta porque vai gastar.

— Pô mas que coisa hein? Bem que brasileiro fala que Judeu é pão-duro, não emprestar o martelo porque vai gastar! Essa é demais... Então meu filho, pega o nosso mesmo.