Piadas de Médicos

26
-9
35

Comer Pelo Outro Lado

O rapaz vai ao médico:

— Doutor, sempre que vou tentar comer algo, não desce, não sei o que faço.

O doutor indica:

— Hum... acho que posso resolver seu problema. A partir de hoje você comerá tudo pelo cu, e daqui três meses, você volta aqui.

— Ok então, doutor.

Três meses se passaram. Chega o caro rapaz, todo sorridente, rebolando na porta do consultório. O doutor vendo aquela cena, fica curioso e pergunta:

— E aí? Resolveu o seu problema?

O rapaz responde:

— Que nada, doutor. Só estou mascando um chicletinho!

73
-17
90

Três Homens e a Guilhotina

Durante a Revolução Francesa milhares de pessoas foram guilhotinadas. Um dia três homens estão esperando sua execução, um advogado, um médico e um engenheiro. O advogado vai ser executado primeiro. Ele é levado à guilhotina, o padre o abençoa, e ele coloca o pescoço no cadafalso. O carrasco solta a lâmina, que cai e pára na metade do percurso. O padre, aproveitando a oportunidade, diz imediatamente:

— Senhores, Deus não quis que este homem morresse. Temos que libertá-lo.

O carrasco concorda e o advogado é solto. O médico é o segundo. Mesmo ritual, e quando a lâmina é solta, ela também pára na metade do percurso. O padre, mais do que depressa, pede para libertá-lo e o carrasco também o atende.

Enfim, a vez do engenheiro. O padre o abençoa mas o engenheiro, ao colocar a cabeça no cadafalso, dá uma olhada para cima e diz:

— Ah! Já descobri qual é o problema!

428
92
336

Problemas do Bebê

Nasceu o bebê e a mãe queria vê-lo, mas o médico estava receoso e então falou para ela:

— Seu filho nasceu sem um braço.

E a mãe:

— Oh meu Deus! Meu filho não tem um braço... Mas vou amá-lo assim mesmo, eu quero vê-lo.

E o médico disse:

— Bem... na verdade ele não tem os dois braços.

A mãe desesperada:

— Oh! Mas não tem problema, irei cuidar dele, irei dar comida na boca dele, brincar com ele, não é porque ele não tem os braços que vou deixar de amá-lo.

— Bem... — disse o médico — na verdade ele também não tem uma perna...

E a mãe:

— Mesmo assim doutor... Eu vou amar meu filho mesmo ele sendo perneta.

E o médico:

— Na verdade ele não tem nenhuma das pernas. Minha senhora, para encuntar a conversar, seu filho não tem o tronco.

E a mãe:

— Doutor, traga a cabeça... Quero ver a cabeça do meu filho...

— Minha senhora — falou o médico — Seu filho é somente uma orelha.

— Então traga a orelha... Quero vê-la. — disse a mãe.

O médico trouxer a orelha e a mãe começou a acaricia-la, e a falar:

— Meu filho... Meu querido filho... Mamãe te ama...

E o médico:

— Fala mais alto... Ele é surdo!

24
-17
41

Médico no Céu

No céu, os anjos separavam os recém-chegados conforme as profissões:

— O próximo!

— Marceneiro.

— Por aqui.

— Próximo!

— Advogado.

— Por aqui.

— Próximo!

— Médico.

— Por favor, fornecedor é pela porta dos fundos!

236
17
219

Jesus no Bar

Estavam um carioca, um paulista e um baiano no boteco do Mercado Modelo, quando o carioca diz aos outros:

— Mermão, esse cara que entrou aí é igual a Jesus Cristo.

— Tás brincando! – dizem os outros.

— Tô te falando! A barba, a túnica, o olhar...

O carioca levanta-se, dirige-se ao homem e pergunta:

— Mermão, digo, Senhor, tu é Jesus Cristo, não é verdade?

— Eu? Que idéia!

— Eu acho que sim. Aí, tu é Jesus Cristo!

— Já disse que não! Mas fale mais baixo.

— Pô, eu sei que tu é Jesus Cristo.

E tanto insiste, que o homem lhe diz baixinho:

— Sou efetivamente Jesus Cristo, mas fale baixo e não diga a ninguém, senão isto aqui vira um pandemônio.

— Mas eu tenho uma lesão no joelho desde pequeno. Me cura aí, brother, digo, Senhor!

— Milagres não, pelo amor de Papai. Tu vais contar aos teus amigos, e eu passo a tarde fazendo milagres.

O carioca tanto insiste, que Jesus Cristo põe a mão sobre o joelho dele e o cura.

— Valeu, viu! Ficarei eternamente grato!

— Sim, sim, mas não grite! Vá embora e não conte a ninguém.

Logo em seguida chega o paulista.

— Aí, ô meu! O meu amigo disse-me que és Jesus Cristo, e que o curaste. Tenho um olho de vidro, cura-me também!

— Não sou Jesus Cristo! Mas fale baixo.

O paulista tanto insistiu, que Jesus Cristo passou-lhe a mão pelos olhos e curou-o.

— Ô lôco, meu! Obrigado mesmo!

— Agora vá embora e não conte a ninguém.

Mas Jesus Cristo bem o viu contando a história aos outros dois, e ficou à espera de ver o baiano ir ter com ele. O tempo foi passando, e nada. Mordido pela curiosidade, dirigiu-se à mesa dos três amigos, e pondo a mão sobre o ombro do baiano, perguntou:

— E tu, não queres que...

O baiano levanta-se de um salto, afastando-se dele:

— Aê, meu rei! Tira as mãozinhas de mim, que eu ainda tenho seis meses de licença médica!

51
38
13

Hora de Se Aposentar

Um velho doutor que sempre trabalhara no meio rural, achou que tinha chegado a hora de se aposentar, após ter exercido a medicina por mais de 50 anos.

Ele encontrou um jovem médico para o seu lugar e sugeriu ao novo diplomado que o acompanhasse nas visitas domiciliares para que as pessoas se habituassem a ele progressivamente.

Na primeira casa uma mulher queixou-se que lhe doía muito o estômago.

O velho doutor respondeu-lhe:

— Sabe, a causa provável é que você abusou das frutas frescas... Por que não reduz a quantidade que consome?

Quando eles saíram da casa o jovem disse:

— O senhor nem sequer examinou aquela mulher... Como conseguiu chegar ao diagnóstico assim tão rápido?

— Oh, nem valia a pena examiná-la... Você notou que eu deixei cair o estetoscópio no chão? Quando me abaixei para apanhá-lo, notei que havia meia dúzia de cascas de mangas, um pouco verdes, no balde do lixo. É provável que isso tenha lhe causado as dores. Na próxima visita você se encarrega do exame.

— Humm! Que esperteza! Eu vou tentar empregar essa técnica.

Na casa seguinte, eles passam vários minutos a falar com uma mulher ainda jovem.

Ela queixava-se de uma grande fadiga:

— Eu me sinto completamente sem forças....

O jovem doutor disse-lhe então :

— Você deu provavelmente muito de si para a igreja... Se reduzir essa atividade, talvez recupere um pouco de sua energia.

Assim que deixaram aquela casa, o velho doutor questionou o novato:

— O seu diagnóstico surpreendeu-me... Como é que chegou à conclusão de que aquela mulher se dava de corpo e alma aos trabalhos religiosos?

— Eu apliquei a mesma técnica que o senhor me indicou: deixei cair o meu estetoscópio e, quando me abaixei para o apanhar, vi o padre debaixo da cama!

25
17
8

Cachorro Mais Esperto

Quatro homens estavam discutindo quem tinha o cachorro mais esperto. Um Engenheiro, um Contador, um Químico e um Funcionário Público.

Para se exibir, o engenheiro chama a sua cadelinha:

— Régua T, faça aquilo!

Prontamente, a cadela sobe numa mesa, pega papel, caneta e desenha um círculo, um quadrado e um triângulo. Todos, assustados, concordaram que era uma cadela bastante esperta. Mas o Contador disse que o seu fazia melhor. Chamou sua cadelinha e disse:

— Planilha, vai fundo!

A cadela entrou na cozinha e de lá saiu com 12 biscoitos, os quais dividiu em 3 pilhas de 4. Ainda mais assustados, todos concordaram que aquilo era surpreendente… Mas o Químico disse que a sua era melhor:

— Molécula, vai lá!

A cadela levantou-se, abriu a geladeira, pegou um litro de leite, um copo de 300 ml e colocou exatamente 200 ml de leite nele sem derramar uma gota sequer. Silêncio… Todo mundo ficou abismado. Num instante, alguém virou para o funcionário público e disse:

— E o seu cachorro, o que faz?

— Descanso, sua vez!

Descanso pulou do seu canto, comeu os biscoitos, tomou o leite, fez cocô no papel, transou com as 3 cadelas, alegou que machucou as costas ao fazer isso, protocolou um relatório de dispensa por falta de condições de trabalho e foi para casa o resto do dia por dispensa médica.

120
102
18

Caindo no Toco

O sujeito vai no médico, com o rabo todo regaçado, e o médico pergunta:

— O que aconteceu?

— Caí sentado num toco — responde o paciente.

— Isso aí não foi toco não, isso aí é pinto que faz!

— Que isso doutor, sou homem, isso foi toco! — responde o paciente irritado.

— Isso é pinto, e dos grandes — retruca o médico.

— É toco!

— É pinto!

— É toco!

— Vou te provar que isso é pinto: aqui tem dois remédios, um para pinto e outro para toco, se tomar o remédio errado você morre, qual você escolhe?

— Vou tomar o de pinto, mas que era toco era.

29
18
11

O Senhor Tem Sífilis

Dois velhos, ambos já bem surdos, vão a um médico pois um deles não estava bem. O médico constata:

— O problema do senhor é sífilis e deve tomar elixir 914!

O velho doente após sair do consultório pergunta:

— O que foi mesmo que ele disse?

O amigo responde:

— Ele disse que sua doença é chifre. E é desde 1914!

21
-5
26

Seis Meses de Vida

O rapaz resolve reunir toda a família para revelar uma informação de extrema importância. No dia combinado, chegam tios, tias, primos e avós que se espremem na sala, aguardando ansiosamente a notícia. Na hora H, ele aparece e diz:

— É o seguinte, gente! Vou ser curto e grosso: é que o meu médico falou que eu vou morrer daqui a seis meses!

Foi uma choradeira terrível, todos queriam abraçá-lo, beijá-lo e dizer o quanto o amavam, até que alguns minutos depois, outra revelação:

— Gente, calma! Era brincadeira! Eu só queria dizer que eu sou gay!

20
8
12

Nomes do Brasil

Num hospital lotado, o médico do SUS chama por um dos seus pacientes:

— Ulton da Silva!

Nada do paciente se manifestar...

— Ulton, por favor, Ulton, sua vez!

Nada ainda. Depois de uns 10 minutos, e já sem paciência, o médico grita irritado:

— Ulton da Silva!!!

De repente, levanta uma senhora e diz:

— Tem que falar o L doutor... U-ele-ton!

628
433
195

É Um Tesouro

Em um quarto hospital, o médico acaba de fazer o parto de uma criança. O pai é o primeiro a ver o recém nascido e pensa: "Puxa vida, mas que menino feio!"

A mãe ao ver o filho fala:

— Mas é um tesouro!

O pai retruca:

— Ótimo, então vamos enterrá-lo!

19
10
9

Recomendando Sexo

Uma velhinha de 82 anos, em uma consulta médica de retorno, ouve seu médico:

— A senhora precisa de mais atividade cardiovascular, mais atividades físicas, então eu recomendo que a senhora faça mais sexo, pelo menos 3 vezes por semana.

— Doutor, o senhor poderia dizer isso ao meu marido, ele está ali na sala de espera? Pergunta a velhinha.

— Claro que sim, mande-o entrar.

O velhinho de 85 anos foi chamado e, ao entrar no consultório ouve a explicação do médico:

— A sua senhora precisa de mais atividade cardiovascular e eu recomendo que ela faça sexo pelo menos 3 vezes por semana.

O velhinho pergunta:

— E quais seriam esses dias?

— Olha, eu acho que segunda, quarta e sexta-feira seria o ideal. Responde o médico.

O velhinho para, pensa um pouco e conclui:

— Olha doutor, na segunda e na quarta-feira eu posso trazê-la, agora na sexta ela vai ter que vir sozinha de ônibus.

147
3
144

Mudança para Copacabana

Tinha uma bicha campineira, que cansou de dar o rabo e foi até um médico amigo dela para pedir uma ajuda.

— Doutor, não quero mais ser bicha, como faço para parar de dar a bundinha?.

— Faça o seguinte, mude para o Rio de Janeiro, na praia de Copacabana e todas as manhãs você vai até o calçadão e fique olhando aquelas cariocas praticando cooper, mas só fique olhando para as mulheres, fique notando aquele bumbum arrebitado, aquele corpinho violão, e esquece homem, e se caso você tiver uma recaída ou algo parecido, eu tenho um amigo médico que mora lá e eu lhe dou o endereço — anotando o endereço num pedaço de papel.

Dito isto, lá foi a bicha morar no Rio de Janeiro, levantava todo dia cedo, ia até o calçadão e ficava vendo aquelas gostosas praticando cooper e assim foi esquecendo dos homens. Um certo dia ao acordar, notou que estava com uma dor terrível no saco, mais como o seu médico tinha recomendado um amigo dele, foi até o consultório e explicou que estava com uma puta dor no saco.

O médico como um primeiro diagnóstico:

— Você deve ter alguma coisa na próstata, vamos fazer um exame.

— Abaixe a calça — disse o médico, colocando aquela luvas de borracha na mão.

Ele abaixou as calças, sentiu um friozinho no cu e arrebitou a bundinha. O médico vai com o "pai de todos" e vai introduzindo devagarinho. Aí a bichinha

— Aaaaiiiii!

O médico vira o dedo lá dentro e a bicha:

— Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaiiiiiiiiii!

— Está doendo? — diz o médico.

— Nãããooooo... — diz a bicha.

Aí o médico tira o dedo, põe de novo, um pouco mais fundo e a bicha:

— Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiii que puta saudade de Campinas!

31
13
18

Pinto Crescendo Muito

Quando João percebeu que seu pinto estava crescendo a cada dia, ficou muito contente, bem como sua esposa. Mas algumas semanas depois seu pinto havia crescido quase meio metro. Preocupado, o casal
procurou um urologista.

Após um pré-exame, o médico explicou que, embora raro, o problema de João poderia ser curado com uma pequena cirurgia corretiva.

— Por quanto tempo meu amor ficar de muletas, doutor? — perguntou a mulher ansiosamente.

— Muletas? Por que ele iria precisar de muletas? — perguntou surpreso o médico.

— Ora, disse a mulher, o senhor vai aumentar as pernas dele, não vai?

253
124
129

Notícia do Acidente

Luiza estava fazendo compras no shopping. Na primeira loja em que entrou, achou um par de sapatos fantástico. Na segunda, um lindo vestido com 50% de desconto. Nesse momento, seu celular tocou: era a médica avisando que seu marido, João, tinha sofrido um acidente de carro e estava no CTI.

— Diga a ele onde estou e, assim que puder, vou para o hospital!

Ela foi ao estacionamento para pegar o carro, mas outra promoção chamou a sua atenção. Sem se dar conta, passou a tarde inteira no shopping. Ao chegar ao CTI, a médica gritou:

— Conseguiu fazer suas compras? Espero que tenha aproveitado bastante, porque seu marido piorou enquanto esperava você chegar. A partir de agora, vai precisar que você fique ao lado dele 24 horas por dia.

Cheia de remorso, Luiza se debulhou em lágrimas. A médica sorriu e disse:

— Calma, eu estava só brincando. Ele está morto. Agora vamos ver o que você comprou!

56
44
12

Fortes Dores de Estômago

Um homem vai ao médico reclamando de fortes dores de estômago. O médico pergunta:

— O que é que você acha que pode ter causado este problema?

O homem responde:

— Acho que foi o meu almoço de ontem.

O médico pergunta:

— O que você comeu?

— Ostras.

— E de que cor elas estavam quando você as abriu? — perguntou o médico.

O homem olhou para o médico assustado, e respondeu:

— Era pra abrir?

57
47
10

Problema no Pênis

Um senhor de 80 anos entra na sala de espera superlotada de um consultório médico.

Quando ele se aproxima da mesa da recepção, a mocinha indaga:

— Pois não, senhor, qual é o seu problema?

— Bem, tem alguma coisa errada com meu pênis...

A recepcionista se irrita:

— O senhor não devia dizer uma coisa dessas numa sala de espera tão cheia!

— Por quê não? Você me perguntou o que havia de errado e eu respondi!

— Mas desse jeito o senhor causa embaraço aos presentes! O senhor devia ter dito que está com um problema na orelha ou qualquer coisa assim e depois explicar para o médico, lá dentro do consultório.

O homem se retira da sala, espera alguns instantes e entra de novo.

A recepcionista sorri e pergunta:

— Qual é o seu problema?

— Tem alguma coisa errada com a minha orelha...

A recepcionista faz um aceno de aprovação e sorri triunfante, saboreando o momento:

— E o que está errado com a sua orelha, senhor?

— Não consigo mijar!

41
27
14

O Veterinário e o Médico

O veterinário precisou se consultar com um médico. Assim que chegou, após dizer sua profissão, foi logo falando:

— Eu, quando trato meus pacientes, sou obrigado a descobrir a doença sem fazer nenhuma pergunta. Experimente fazer o mesmo comigo.

O médico concordou e depois de um exame cuidadoso, sentou-se para redigir a receita, após o que falou ao veterinário:

— Tome esses remédios, se dentro de uma semana o senhor não tiver melhorado, sinto muito, mas vamos ter que sacrifica-lo.

118
40
78

Transplante de Ânus

— Doutor, estou sofrendo demais com estas constantes crises de hemorroidas. Fico privado das melhores iguarias da comida baiana, que adoro. Qualquer dose de whisky me faz mal. Nem caipirinha posso tomar. Estou desesperado.

Após o exame do médico:

— Seu caso realmente e bem grave. Não ha nenhuma esperança de resolve-lo com medicação. Só uma cirurgia de transplante resolveria em definitivo. O senhor estaria disposto a tentar? Existem 99% de chance de cura total.

— Faço qualquer coisa, doutor. Podemos fazer hoje mesmo?

— Hoje não. O transplante necessita de um doador jovem, pois de nada adiantaria o senhor receber um órgão já cansado e sujeito ao aparecimento das hemorroidas. Alem disto, o doador não pode ser uma pessoa viva, por motivos óbvios. Mas não se preocupe. Trabalho em um hospital onde eventualmente falecem jovens vitimas de acidentes e assim que eu encontrar um ânus em condições marco o transplante.

Alguns dias depois, nosso amigo foi chamado pelo médico e submetido ao transplante.

Três meses depois, apos um exame de controle de transplante.

— Acho que posso lhe dar alta. O resultado me parece magnífico. O senhor esta satisfeito?

— Ah doutor, que maravilha! A vida agora tem significado para mim. Tenho comido em restaurantes baianos quase todos os dias, muito vatapá, muita pimenta, muita cachaça, tenho mesmo abusado. Nunca mais tive qualquer problema de hemorroidas. O rabo esta novinho. Beleza pura!

— Mas, hummm, o senhor não esta estranhando nada? Esta tudo 100% mesmo?

— Bem, tem uma coisinha acontecendo, nem sei se vale a pena comentar.

— Fale.

— Bem, e que de vez em quando me da uma agonia, uma coceirinha estranha, uma vontade de dar...

— Eu tinha medo disto. Não quis lhe dizer antes, mas depois que fiz o transplante, soube que o rapaz que morreu naquele acidente e de quem aproveitamos o ânus era gay. Não pensei contudo que o fato iria ter qualquer influencia. Mas diga-me uma coisa, o que o senhor faz quando acontece essa coisa estranha?

— Ora doutor, já que o rabo não e meu mesmo, eu dou, né?

88
37
51

Os Loucos e o Milhão

Em um daqueles testes de sanidade, o doutor pergunta ao primeiro louco:

— O que o senhor faria se ganhasse 1 milhão de reais?

— Eu ajudaria minha mãe que está muito doente e compraria um bom sítio na Bahia!

O doutor libera o homem e analisa o segundo louco com a mesma pergunta, então o louco responde:

— E investiria nos meus estudos, compraria uma casa na praia e viajaria pelo mundo...

O médico libera o moço e observa que o terceiro louco está pelado olhando para baixo com um espelho entre as pernas. O doutor fica espantado mas mesmo assim faz a mesma pergunta:

— E o senhor, o que faria com 1 milhão de reais?

— Seu Doutor, eu compraria outro cu, porque o meu tá furado!

26
13
13

Velhinho Atrás das Mulheres

O velhinho entra no consultório e vai falando para o médico:

— Doutor, preciso de sua ajuda, doutor. O senhor sabe que eu já tenho noventa e cinco anos, não é? Acontece que eu não paro de correr atrás das mulheres.

— Mas isso é muito bom. Mostra que o senhor ainda gosta das boas coisas da vida. Não vejo mau nenhum nisso.

— O problema, doutor é que quando eu consigo uma mulher nem me lembro mais pra que é que ela serve.

18
2
16

Privando o Paciente

No hospital, o médico está assinando a alta do paciente. Vai assinando e falando:

— A partir de hoje, nada de mulheres, nada de uísque nem de vinhos importados. Nada de restaurantes caros, nada de carro novo, nada de viagens de férias...

— Até eu ficar totalmente curado, doutor?

— Não, não. É só até você terminar de pagar o que me deve.

45
35
10

Tenso Para a Cirurgia

O homem está no apartamento do hospital esperando a hora de entrar na sala de cirurgia. Sua mulher chega para conversar com ele. Ela sente que o marido está muito tenso.

— O que houve? — pergunta ela.

— Estou muito preocupado. É que o médico que vai fazer a cirurgia e a enfermeira-chefe estiveram aqui ainda há pouco. Durante todo tempo a enfermeira dizia coisas como "Não fique assim", "O que aconteceu de ruim das outras vezes não vai se repetir hoje", "Foi o destino que quis assim", "Essa cirurgia vai ser diferente", "Dessa vez vai dar tudo certo", "Faça pensamento positivo"...

— Você devia era agradecer a ela por estar lhe dando força, por demonstrar confiança.

— É, mas ela estava falando era com o médico.

25
17
8

Não Sai da Cama

A rica madame chama o médico para ver a empregada, muito bonitinha, que há uma semana não sai da cama. O médico examina a empregada e pergunta:

— O que você tá sentindo?

— Nada não, doutor. É que faz muito tempo que não me pagam o salário e eu só me levanto daqui quando
pagarem o atrasado.

— Então dá uma chegadinha pra lá pra eu me deitar aqui junto. Da outra vez que me chamaram também não me pagaram nada.

23
-3
26

Alguns Sintomas da Mulher

O médico-chefe da emergência está ao lado de uma mulher acidentada e vai falando para a enfermeira:

— Duas costelas quebradas, contusão no tórax, fratura na mão esquerda...

Nisso, a mulher recupera a consciência.

— Qual a sua idade? — pergunta o médico.

— Vinte e oito.

— Memória comprometida... — continua o médico.

19
9
10

Estado Médico da Esposa

Chamado às pressas no meio da noite, o médico chega todo esbaforido na casa de um empresário, cuja esposa estava acamada.

— Com licença — diz ele, expulsando todo mundo do quarto. — Preciso ficar só, com a paciente!

Apreensivo o marido fica do lado de fora do quarto! Ouve alguns barulhos estranhos e depois de alguns minutos enfia a cabeça pela porta e pergunta ao marido:

— O senhor tem um alicate?

O marido vai buscar um alicate. A porta torna a se fechar. Mais barulho estranhos e alguns minutos depois, novamente a cabeça do médico aparece na soleira da porta:

— O senhor tem uma chave de fenda?

Espantado o marido vai buscar a chave de fenda. Passam-se mais alguns minutos:

— O senhor tem um serrote?

E o marido, desesperado:

— Serrote? O caso dela é tão grave assim?

— Ainda não sei — sentencia o médico. — Não consigo abrir a minha maleta!