Piadas de Mulher

A gordinha estava em um banheiro de uma danceteria, pintando-se no espelho, quando de repente chega uma linda ruiva de olhos azuis. Ela tinha uma delicada cintura e usava uma calça justíssima de couro. Enquanto a gorda observava essa escultural criação divina, a ruiva se olha no espelho e diz:

— Obrigada Herbalife.

A gordinha ficou paralisada com o lápis labial na boca, enquanto vê sair a ruiva.

Continuou o que fazia, quando de repente entra uma maravilhosa loira duas vezes melhor que a ruiva, corpo escultural, cintura mínima, se olha no espelho e diz:

— Obrigada Coscarque.

A gordinha ficou paralisada com o tubo de rímel na mão enquanto vê sair a tremenda loira. Continua sua maquiagem quando entra uma linda morena três vezes melhor que a loira, corpo escultural, pele suave, cintura ultra fina, lindas pernas, uma Deusa! A garota se olha no espelho, observa o "corpão" e diz:

— Obrigada Diet Shake.

A gordinha termina de se pintar, se prepara para sair se olha no espelho e diz:

— McDonald's filho de uma puta!

95
45
50

Uma moça escreveu um e-mail para uma revista financeira pedindo dicas sobre "como arrumar um marido rico".

Contudo,mais inacreditável que o "pedido" da moça, foi a disposição de um rapaz que, muito inspirado, respondeu à mensagem, de forma muito bem fundamentada.

Segue:

Mensagem da moça:
"Sou uma garota linda (maravilhosamente linda) de 25 anos. Sou bem articulada e tenho classe.
Estou querendo me casar com alguém que ganhe no mínimo meio milhão de dólares por ano.
Tem algum homem que ganhe 500 mil ou mais neste site?
Ou alguma mulher casada com alguém que ganhe isso e que possa me dar algumas dicas?
Já namorei homens que ganham por volta de 200 a 250 mil, mas não consigo passar disso. E 250 mil por ano não vão me fazer morar em Central Park West.
Conheço uma mulher (da minha aula de ioga) que casou com um banqueiro e vive em Tribeca! E ela não é tão bonita quanto eu, nem é inteligente.
Então, o que ela fez que eu não fiz? Qual a estratégia correta? Como eu chego ao nível dela?" (Rafaela S.)

Mensagem/resposta do (inspiradíssimo) RAPAZ:
"Li sua consulta com grande interesse, pensei cuidadosamente no seu caso e fiz uma análise da situação.
Primeiramente, eu ganho mais de 500 mil por ano. Portanto, não estou tomando o seu tempo a toa...
Isto posto, considero os fatos da seguinte forma:
Visto da perspectiva de um homem como eu (que tenho os requisitos que você procura), o que você oferece é simplesmente um péssimo negócio.
Eis o porquê: deixando as firulas de lado, o que você sugere é uma negociação simples. Você entra com sua beleza física e eu entro com o dinheiro. Proposta clara, sem entrelinhas.
Mas tem um problema.
Com toda certeza, com o tempo a sua beleza vai diminuir e um dia acabar, ao contrário do meu dinheiro que, com o tempo, continuará aumentando.
Assim, em termos econômicos, você é um ativo sofrendo depreciação e eu sou um ativo rendendo dividendos.
E você não somente sofre depreciação, mas sofre uma depreciação progressiva, ou seja, sempre aumenta!
Explicando, você tem 25 anos hoje e deve continuar linda pelos próximos 5 ou 10 anos, mas sempre um pouco menos a cada ano. E no futuro, quando você se comparar com uma foto de hoje, verá que virou um caco.
Isto é, hoje você está em "alta", na época ideal de ser vendida, mas não de ser comprada.
Usando o linguajar de Wall Street , quem a tiver hoje deve mantê-la como "trading position" (posição para comercializar) e não como "buy and hold" (compre e retenha), que é para o quê você se oferece...
Portanto, ainda em termos comerciais, casar (que é um "buy and hold") com você não é um bom negócio a médio/longo prazo! Mas alugá-la, sim!
Assim, em termos sociais, um negócio razoável a se cogitar é namorar. Cogitar...
Mas, já cogitando, e para certificar-me do quão "articulada, com classe e maravilhosamente linda" seja você, eu, na condição de provável futuro locatário dessa "máquina", quero tão somente o que é de praxe: fazer um "test drive" antes de fechar o negócio... podemos marcar?"

28
11
17

A mulher chega ao hotel, faz o registro, apanha a chave e sobe para o apartamento. Daí a instantes, ela retorna à recepção revoltada, indignada. Diz que vai embora.

— Que hotelzinho de merda - diz ela muito irada. — Não tem nem papel higiênico no banheiro.

— E por que a senhora não avisou? A senhora não tem língua? — pergunta o gerente.

— Língua eu tenho. Não sou é contorcionista.

41
18
23

Duas amigas se encontram.

— Olá, queridinha. Como vai? Não te via há tanto tempo. Onde é que você esteve?

— Ah, você não soube? Eu passei uma semana em coma.

— Mesmo? Que bom! Você é que sabe viver, viajar. Faz mais de um ano que meu marido não me leva a lugar algum.

25
-10
35

O sujeito se casou com uma mulher que era teimosa que nem uma mula. Depois de dois anos de casamento, à beira de um ataque de nervos, ele finalmente conseguiu convencê-la a consultar um psicanalista.

Na volta da primeira consulta, ansioso, ele pergunta:

— E então, meu amor? Como foi a consulta? Tudo bem?

— Tudo bem, uma ova! Precisei gastar todo o meu horário para convencer o psicólogo que o divã ficava melhor no meio da sala!

30
-7
37

Aquela mulher feia, coitada, tão desengonçada que nunca tinha conseguido ter um namorado, vai pedir auxílio a uma vidente.

— Minha filha! Nessa vida, você não vai ser muito feliz no amor — prediz a mulher.

— Mas na próxima encarnação você será uma mulher lindíssima, muito cobiçada e todos os homens se arrastarão aos seus pés.

A mulher saiu dali muito feliz e ao passar por um viaduto, pensou: "Quando mais cedo eu morrer, mais cedo começa a minha outra vida!" e atirou-se lá de cima.

Mas, por essas incríveis coincidências que só acontecem em sites de humor, ela não morreu porque caiu de costas em cima de um camião carregado de bananas e perdeu os sentidos.

Assim que se recuperou, ainda atordoada e sem saber onde estava, começou a apalpar em volta de si e quando sentiu a protuberância das bananas, murmurou com um sorriso nos lábios:

— Um de cada vez... por favor! Um de cada vez!

52
43
9

Duas mortas conversam:

— Morri congelada.

— Ai que horror!

— Deve ter sido horrível!

— Como é morrer congelada?

— Bom, no começo é muito ruim: primeiro são os arrepios, depois as dores nos dedos das mãos e dos pés, tudo congelando...

Mas, depois veio um sono muito forte e eu perdi a consciência.

— E você, como morreu?

— Eu? Morri de ataque cardíaco.

— Eu estava desconfiada que meu marido estivesse me traindo. Então, um dia cheguei em casa mais cedo, corri até ao quarto e ele estava na cama, calmamente assistindo televisão. Ainda desconfiada, corri até o porão para ver se encontrava alguma mulher escondida, mas não encontrei ninguém. Depois, corri até o segundo andar, mas também não vi ninguém. Subi até o sótão e, ao subir as escadas, esbaforida, tive um ataque cardíaco e caí morta.

— Puxa que pena... Se você tivesse procurado no freezer, nós duas estaríamos vivas.

139
120
19

Quinta-feira:
Querido diário, hoje eu e meu namorado estávamos no parque. Começamos a nos beijar e nos acariciar e, de repente, ele me fez uma proposta indecente. Então, saí correndo e percebi que minhas pernas são minhas melhores amigas.

Sexta-feira:
Querido diário, hoje eu e meu namorado estávamos no cinema. Começamos a nos beijar e nos acariciar e, de repente, ele me fez um toque indecente... Então, saí correndo e percebi que minhas pernas são realmente minhas melhores amigas.

Sábado:
Querido diário, hoje eu e meu namorado estávamos no apartamento dele. Ele colocou um jazz, bebemos um bom vinho, e começamos a nos beijar e nos acariciar e, de repente, ele me agarrou. Então, percebi que até as melhores amigas um dia se separam...

106
72
34

A mulher é como o Mundo:

Aos 10 ela é como Taiwan:

— Cheia de brinquedos e em desenvolvimento.

Aos 20 ela é como a África:

— Semi-explorada.

Aos 30 ela é como a América:

— Tecnicamente perfeita.

Aos 40 ela é como a Índia:

— Quente, madura, misteriosa.

Aos 50 ela é como a Europa:

— Em ruínas.

Aos 60 ela é como a Sibéria:

— Todos sabem onde fica, mas ninguém quer ir lá.

73
51
22

A garota fez de tudo para se aproximar do cara mais bonito da escola. Depois de muita manha, armação e suborno, ficou cara a cara com ele na aula de Química. Jogou o cabelo pro lado e deu aquela encarada fatal no garanhão.

O rapaz olhou lá no fundo dos olhos da moça e perguntou, com aquele tom de galã:

— Você tem telefone?

A moça quase caiu pra trás de emoção.

— Tenho sim. — respondeu ela, com voz de gata no cio.

E o rapaz, implacável:

— Então, por que você não vende e faz uma plástica?

83
53
30

A mulher vai a um supermercado e compra: uma escova de dentes, um tubo de pasta de dentes, um pacote de cereal pequeno, um pacote de refeição congelada para uma pessoa.

Ao passar no caixa, o rapaz querendo puxar papo diz:

— Aposto que você é solteira!

E a mulher, com um cinismo acentuado:

— Ah é? Como foi que você adivinhou?

— É que você é feia pra caramba!

28
2
26

O técnico de televisão chega num apartamento para atender uma chamada de emergência. Uma morena de olhos verdes, 1.70 de altura e um corpo perfeito abre a porta, enrolada numa toalha.

O cara não consegue desgrudar os olhos dela, que fica ali, parada, de toalha mesmo, esperando ele terminar.

Depois de meia hora ele termina o serviço. A mulher agradece e se abaixa para preencher o cheque, deixando aparecer seus enormes seios. O cara está quase se descontrolando e agarrando a morena e ela diz:

— Olha, eu não sei como pedir isso pra você... É uma coisa um pouco fora do comum... É, eu gostaria que isso ficasse só entre nós dois...

— Claro, madame! — concordou o cara, excitadíssimo — Pode falar!

— É que o meu marido — continua a gostosona — é uma pessoa muito boa, mas é tão fraquinho, coitadinho... Enquanto você é um homem forte, másculo...

Então, quando eu vi você entrando, pensei...

— Fala, dona, fala! — disse o técnico, em ponto de bala.

— Você faria uma coisa por mim?

— Claro, dona! É só falar que eu faço!

Então ele levou o moço até o quarto dela e disse:

— Arrasta o armário pra mim?

38
26
12

A mulher já havia se casado e divorciado cinco vezes, mas sempre acontecia algo estranho nos seus relacionamentos. Então, ela decidiu colocar o seguinte anúncio no jornal: "Procuro homens que sejam bem-dotados, não me batam e não fujam de mim."

Alguns dias depois toca a campainha:

— Quem é? — pergunta ela.

— Eu vim por causa do anúncio no jornal!

A mulher abre a porta é vê um homem sem braços e sem pernas.

— Como eu posso saber que você está qualificado? — pergunta ela, pensativa.

— Eu não tenho braços, então não posso bater em você. Eu não tenho pernas, então não posso fugir de você...

— E como eu vou saber se você é bem-dotado?

— Como você acha que eu toquei a campainha?

103
87
16