Os Vigaristas

O Ganhador da Sena

20
13
7

Gervásio, dono de uma casa lotérica daquela cidadezinha, descobre que quem ganhou a Sena acumulada foi o Aparício, que além de ser pobre pra cacete, não podia ter emoções fortes porque era cardíaco. E por isso Gervásio pensou:

— Como é que eu vou dar essa notícia para o Aparício? Se eu disser que ele ganhou toda essa fortuna sozinha, ele vai morrer... Já sei! Vou falar pra ele que se ele por acaso ele ganhasse na loteria... é isso mesmo!

Chegou na casa do Aparício e ficou no papo furado...

— Ô Aparìcio... cê não tem móveis aqui, só esses caixotes velhos?

— É... eu sou pobre.

— Não tem luz aqui, não?

— Só lamparina. Eu não tenho dinheiro, sabe?

— Aparício... cê precisava ganhar na Sena, né?

— Que jeito? Eu só jogo uma vez por mês...

— Mas e daí? A sorte não escolhe cara. Ô, Aparício... vamos supor que se por acaaaaaaaaaaso... eu tô dizendo por acaso, cê ganhasse sozinho uma Sena acumulada. O que cê faria?

— Eu dava metade procê!

E o Gervásio caiu morto no chão!